Representantes da CAF visitam unidades da Rede
O Proinfra é o maior investimento em infraestrutura social em comunidades carentes já realizado na história da Cidade

Em agenda na capital cearense, representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) realizaram, na tarde desta terça-feira (02/08), visita a equipamentos da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. A equipe foi recebida pela secretária da Educação, Dalila Saldanha, que acompanhou a comitiva ao longo da programação. O secretário de Infraestrutura, Samuel Dias, também participou da agenda. Os compromissos do grupo seguem até esta quarta-feira (03/08).

A Escola Municipal de Tempo Integral (ETI) Expedito Parente, no bairro Siqueira; o Centro de Educação Infantil (CEI) Antônio Valdinar de Carvalho Custódio, no Conjunto Ceará; e a Escola Areninha da Granja Portugal receberam a delegação da instituição parceira no financiamento do Programa de Infraestrutura em Educação e Saneamento de Fortaleza (Proinfra), realizado pela Prefeitura.

Na parte da manhã, a comitiva se reuniu com prefeito José Sarto e depois seguiu para as visitas nos equipamentos da Rede Municipal. Sobre a agenda nas unidades escolares, o representante da CAF no Brasil, Jaime Holguín, comentou: “é gratificante para a CAF acompanhar o resultado do Proinfra, programa realizado em parceira com a Prefeitura. Conhecemos a qualidade das unidades escolares, o engajamento dos estudantes e como é possível melhorar a qualidade de vida das pessoas com as ações que a Prefeitura vem realizando”.

Durante a visita aos equipamentos, além de conhecer a infraestrutura, os representantes da CAF conheceram um pouco mais sobre a política educacional da Educação Infantil, incluindo a expansão das unidades e ampliação de matrículas, o currículo adotado, projetos e programas desenvolvidos. A política de Educação de Tempo Integral também foi explanada na agenda, com destaque para a proposta, currículos e indicadores das Escolas de Tempo Integral.

A secretária Dalila e a equipe do CAF ainda interagiram com os alunos e aproveitaram para conhecerem algumas salas de aula. “Recebemos esta equipe que veio de longe para conhecer equipamentos da Rede Municipal e todo investimento que vem sendo feito para proporcionar as melhores oportunidades para os alunos. Nossa responsabilidade é fazer como que os estudantes aprendam, tenham sucesso e realizem seus sonhos”, reforça a gestora municipal.

Representantes da CAF visitam unidades da Rede
A equipe foi recebida pelos secretários Dalila Saldanha e Samuel Dias, que acompanharam a comitiva ao longo da programação

Proinfra

O Programa de Infraestrutura em Educação e Saneamento de Fortaleza (Proinfra) é o maior investimento em infraestrutura social em comunidades carentes já realizado na história da Cidade. Com investimento de US$ 150 milhões, o projeto vem realizando obras de infraestrutura, com serviços de drenagem, saneamento, mobilidade, além da construção de novos equipamentos de Educação e Esporte. As obras, executadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), abrangem todas as regionais da cidade. A escolha das localidades se deve, principalmente, ao alto índice de vulnerabilidade social.

Estudo sobre ETIs de Fortaleza

No primeiro semestre deste ano, a CAF publicou um artigo sobre estudo que analisou como a ampliação da jornada escolar impacta positivamente a educação e o futuro dos estudantes, tendo como objeto as Escolas de Tempo Integral de Fortaleza. Intitulado “Que diferença faz um dia inteiro: evidências de novas escolas em Fortaleza”, o documento apontou que estudar em uma Escola de Tempo Integral aumenta a permanência nos estudos e o número de alunos que concluem o Ensino Fundamental.

Conforme o estudo, as matrículas em ETIs aumentam a probabilidade de progressão pontual para a 7ª série em 14 pontos percentuais. Para as séries 8º e 9º, esse aumento é de 16 e 9 pontos percentuais, respectivamente. Além disso, o estudo mostra que os alunos admitidos em uma ETI são 11 pontos percentuais mais propensos a se formar a tempo no ensino médio. Em uma comparação, 47% dos alunos regulares se formam no prazo.

Ainda segundo o artigo, essa maior probabilidade de se formar a tempo é em razão da menor taxa de evasão. Em termos de aprendizado, o artigo descobriu que os alunos das ETIs têm média 11 pontos maior (ou cerca de 0,22 desvios padrão (DP)) nas notas dos testes de matemática. Em contraste, não foi observado um efeito nas pontuações dos testes de alfabetização. O estudo afirma, ainda, que mais pesquisas são necessárias para entender melhor a complementaridade entre o tempo de instrução adicional e outros insumos escolares.

Publicado em Educação
Ginasta da Rede de Ensino
Participante do Projeto Sonho em Movimento, Vitória Evellen Ferreira competiu com 10 atletas da rede privada


Uma palavra de cinco sílabas vem ocupando cada vez mais espaço no vocabulário da Educação de Fortaleza: protagonismo. No mais recente palco do êxito estudantil, a estrela tem nome de Vitória Evellen Ferreira. Campeã geral da modalidade ginástica rítmica na etapa estadual dos Jogos Escolares 2022, a aluna da Escola Municipal Dom Aloisio Lorscheider, na Praia do Futuro, representará o Ceará nos Jogos Escolares Brasileiros, que ocorrem no Rio de Janeiro, entre 27 de outubro e 5 de novembro.

Com finalidade de promover ampla mobilização do segmento escolar, a fase estadual da competição desportiva foi realizada na última quinta-feira (21/07), no Centro de Formação Olímpica (CFO). Na ocasião, a estudante-atleta subiu três vezes ao pódio para ser condecorada com as medalhas de prata na bola, ouro no arco e ouro no individual geral (soma dos dois aparelhos). Participante do Projeto Sonho em Movimento, coordenado pela Célula de Inovação Educacional da Secretaria Municipal da Educação (SME), Vitória Evellen competiu com 10 ginastas de escolas particulares do estado.

“Eu fiquei nervosa quando entrei no tapete, mas me dediquei muito à série, então deu tudo certo. Foi muito animado, todo mundo bateu palmas para mim”, conta a ginasta, orgulhosa. Com 12 anos de idade e cinco de carreira, ela foi responsável por alçar a Escola Municipal Dom Aloisio Lorscheider ao posto de tricampeã dos Jogos Escolares.

Para conquistar feitos como este, a persistência e o esforço são somados a uma rotina regrada de treinos. Jordana Carneiro, professora da Rede Municipal, afirma que os resultados positivos da aluna têm explicação simples: “Ela é muito dedicada, não falta aos treinos e gosta muito do que faz”.

Ginasta e técnica da Rede
A ginasta conta com o acompanhamento especializado da técnica Jordana Carneiro


Técnica à frente do projeto Sonho em Movimento, Jordana evidencia o valor da iniciativa municipal como ferramenta de inclusão social. O projeto, além do treinamento e acompanhamento especializado, oferece todo suporte, incluindo financeiro, para participação dos estudantes em competições locais e nacionais.

“A ginástica rítmica é uma atividade esportiva bastante elitizada, difícil de chegar nas camadas menos favorecidas. Ter essa modalidade na escola pública é um privilégio. A Prefeitura entrega a essas jovens a oportunidade de ampliar os horizontes e sonhar com novas possibilidades, pois o esporte transforma a vida estudantil, não só na parte de prática, mas também na parte intelectual”, aponta a técnica, ressaltando que o progresso das participantes no esporte é comparado à evolução no cotidiano acadêmico.

Boas notas no histórico escolar é parte prioritária na agenda de novos talentos. A desenvoltura das atletas do projeto Sonho em Movimento é acompanhada de perto pela parceria entre treinadora, gestores e professores. Na visão de Vitória, este apoio da comunidade escolar é "muito importante! Os professores sempre ficam felizes por eu ganhar medalhas e me incentivam a tirar notas boas, ser uma boa aluna e continuar me dedicando ao esporte”, assegura.

Só neste semestre, além de garantir a vaga na fase nacional dos Jogos Escolares, a ginasta que escolhe “música animada do filme 'Os Caça-Fantasmas', tango e até rock” para embalar as apresentações, conquistou duas medalhas de ouro e uma de bronze na VI Copa da Associação de Ginástica de Natal e, ainda, duas de ouro e uma de prata no Torneio Estadual da Federação Cearense das Ginásticas. A expectativa é seguir, com técnica, criatividade e movimentos expressivos, a rotina de vitórias.

“Antes dos Jogos Escolares Brasileiros, eu vou participar do Campeonato Brasileiro, em São Paulo, que é no próximo mês. Meu sonho é ser uma grande ginasta, participar de todos os campeonatos que ainda não participei e ser reconhecida por isso”, deseja a estudante.

Jogos Escolares Brasileiros

Reconhecida como referência do esporte educacional, os Jogos Escolares Brasileiros integram jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país, em 17 modalidades. Para participar do evento, é necessário passar por seletivas municipais e estaduais até chegar à etapa nacional. Entre os dias 27 de outubro e 5 de novembro, o Parque Olímpico do Rio de Janeiro será palco para o início da jornada esportiva de quase seis mil estudantes-atletas de todas as unidades federativas brasileiras.

Publicado em Educação

A Universidade Federal do Ceará (UFC) lançou, nesta quarta-feira (13/07), edital específico para os servidores efetivos do magistério de Fortaleza, por meio do Programa Observatório da Educação. O processo seletivo disponibiliza 105 vagas em cursos de mestrado e 23 vagas em cursos de doutorado, em programas de pós-graduação da UFC, para ingresso nos semestres 2022.2 e 2023.1.

As inscrições ocorrerão no período de 18 julho a 01 de agosto. O candidato deverá acessar o site e preencher o formulário eletrônico disponível. Podem participar da seleção os profissionais que compõem o quadro efetivo do grupo magistério nas funções de professor, supervisor, orientador educacional e técnicos em educação que atuam nas diversas instâncias da SME.

Este é o terceiro edital lançado por instituições cearenses de ensino superior em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (SME), totalizando 237 vagas ofertadas neste ano. O primeiro edital foi divulgado no último mês de fevereiro, com a oferta de 89 vagas, em parceria com a Uece. Já o segundo ofertou, em abril, 20 vagas de mestrado no IFCE. Ao todo, os convênios possibilitarão a oferta de 397 vagas de mestrado e doutorado, até o final de 2024.

Acesse aqui o Edital

Observatório da Educação

O Observatório da Educação (Lei 11.207/2021) tem o objetivo de desenvolver pesquisas educacionais junto à Rede Municipal de Ensino e investigar como políticas, programas e projetos são implementados e de que forma eles repercutem no sistema educacional e no desempenho escolar dos alunos. A disponibilização das vagas é fruto de convênios assinados entre a Prefeitura e universidades cearenses.

O incentivo ao estudo e à qualificação permanente dos servidores também é prioridade dentro da política de valorização da categoria profissional da Educação. As vagas ofertadas por meio do Observatório da Educação fazem parte da ação da Prefeitura que deve criar 1000 vagas de mestrado e doutorado para os profissionais da Educação, conforme Plano de Governo do prefeito Sarto.

Serão ofertadas ainda, dentro deste montante, 700 vagas por meio do Programa de Financiamento de mestrado e doutorado (Lei nº 11.199/2021), onde a Prefeitura financia 90% da mensalidade até o limite de R$ 1.500,00 para cursos de mestrado e R$ 2.200,00 para cursos de doutorado. O acesso ao benefício já está disponível. Para isso, o profissional de magistério de Fortaleza deve entrar com um processo administrativo no SPU-Virtual.

Publicado em Educação

Chega ao fim neste domingo (10/07) o prazo para inscrição no concurso público para a contratação de 2 mil professores efetivos para a Rede Municipal de Ensino. O certame será realizado pelo Instituto de Desenvolvimento e Recursos Humanos do Município (Imparh). Para se inscrever, o candidato deve preencher o formulário de inscrição, exclusivamente pela internet, disponível no canal Concursos e Seleções da Prefeitura.

O certame será composto por três etapas: prova objetiva, prática de didática (aula) e entrega de títulos e comprovação profissional. A prova escrita, primeira etapa, será realizada no próximo dia 7 de agosto.

O concurso público, o maior realizado nos últimos anos para a área da Educação, oferta 944 vagas para professores de áreas específicas (Ciências, Língua Inglesa, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa/Literatura, Matemática, Artes e Ensino Religioso) e 1.056 para profissionais pedagogos.

Os profissionais aprovados no concurso público já devem ser incorporados ao quadro de docentes da Rede Municipal no próximo ano letivo. O vencimento inicial do profissional do magistério aprovado no concurso será de R$ 4.384,82, valor superior ao piso nacional.

Serviço:
Inscrições para o concurso público de professores da Rede Municipal
Período: até 10/07 (domingo)
Local de inscrição: canal Concursos e Seleções

Publicado em Educação
alunos desenvolvedores de jogos
Os alunos que participam do JD nas Férias compõem as 12 equipes selecionadas para a JD Feira Tech, competição de desenvolvedores de jogos - Game Jam

Julho é, sim, mês de férias para os alunos da Rede Municipal de Ensino, mas para os 49 estudantes que participam do programa Juventude Digital é, também, tempo de buscar novos conhecimentos na área de tecnologia e inovação participando do JD nas Férias, que ocorre nos dias 8, 11, 18 e 25 de julho, sempre de 15 às 17 horas, na Casa de Cultura Digital (Praia de Iracema).

Os alunos que participam do JD nas Férias compõem as 12 equipes selecionadas para a JD Feira Tech, iniciativa que aconteceu nos dias 30 de junho e 1º de julho, na Academia do Professor Darcy Ribeiro. Na oportunidade, os estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental participaram de uma competição de desenvolvedores de jogos - Game Jam, quando elaboraram o protótipo de um jogo, objetivando solucionar um problema do cotidiano da cidade.

Agora, nos encontros do JD nas Férias, os jogos desenvolvidos pelos alunos serão aperfeiçoados, com a mentoria do professor Daniel Goulart. O resultado desta imersão será apresentado no Festival Juventude Digital, que acontecerá no Centro de Eventos do Ceará, nos dias 6 e 7 de agosto.

Para assegurar a participação dos alunos, a Secretaria Municipal da Educação (SME) disponibilizará transporte, ida e volta, para todos.

Escolas

As 12 equipes que participam do JD nas Férias são compostas por alunos das seguintes unidades educacionais: Escola Municipal 11 de agosto (Jardim Iracema), EM Parsifal Barroso (Jardim Guanabara), ETI Professor Prisco Bezerra (Conjunto Ceará), ETI Professor Joaquim Francisco de Sousa Filho (Presidente Kennedy), ETI Diogo Vital de Siqueira (José Walter), EM Professora Maria José Macário Coelho (Passaré), EM Professora Lireda Facó (Granja Lisboa), EM João Mendes de Andrade (Granja Lisboa), EM Creusa do Carmo Rocha (Granja Portugal), EM Taís Maria Bezerra Nogueira (Jangurussu), ETI Laís Rodrigues (Curió) e ETI Professor Antônio Girão Barroso (Jangurussu).

Juventude Digital

O Juventude Digital é uma política pública permanente da Prefeitura de Fortaleza, que tem foco na inclusão digital e na geração de emprego e renda e que já capacitou cerca de 3.600 jovens em 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova) e conta com a parceria das secretarias da Juventude e da Educação.

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza divulga, nesta quarta-feira (06/07), o edital  Nº 132/2022 que trata da seleção pública para contratação temporária de 77 profissionais pedagogos e/ou licenciados em áreas específicas do conhecimento para atuarem nos Programas Alfabetização na Idade Certa e de Aprendizagem na Idade Certa, iniciativa do Governo do Estado do Ceará executada em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (SME). O certame será realizado pelo Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh).

Os profissionais vão atuar na formação e acompanhamento de professores da Rede Municipal, com destaque para a área da Educação Infantil e dos componentes curriculares de português e matemática do Ensino Fundamental. Os selecionados terão carga horária de 40h/s e remuneração de R$ 5.101,80.

Inscrições
O processo de inscrições segue até o dia 12 de julho. Os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível no canal Concursos e Seleções, exclusivamente pela internet, no Canal Concursos e Seleções.

Atuação
O formador atua como um professor-colaborador que auxilia na reflexão da ação docente, ajudando o professor a reconhecer elementos que precisam ser potencializados e/ou melhorados. Oferece, ainda, auxílio e apoio, orienta e desenvolve juntamente com os docentes possibilidades de intervenção, favorecendo, assim, o reconhecimento e o alcance de estratégias que promovam aprendizagens nas unidades escolares. O acompanhamento aos professores pode ser realizado em tempo pedagógico dedicado ao planejamento ou na sala de aula.

Além de fortalecer o processo de formação continuada dos professores, a incorporação dos profissionais à Rede Municipal de Fortaleza vem reforçar diretamente o processo de recuperação da aprendizagem dos estudantes, diante do contexto de possíveis perdas causadas pela pandemia da Covid e a necessária adoção do sistema remoto de ensino, em 2020 e parte do ano letivo de 2021.

PAIC
O Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC) foi transformado em política pública prioritária do Governo do Estado em 2007. Visa oferecer aos municípios formação continuada aos professores, apoio à gestão escolar, entre outros aspectos. Iniciou suas atividades com a meta de garantir a alfabetização dos alunos matriculados no 2º ano do Ensino Fundamental da rede pública cearense. É um programa de cooperação entre Governo do Estado e municípios cearenses com a finalidade de apoiar os municípios para alfabetizar os alunos da rede pública de ensino até o final do segundo ano do ensino fundamental.

MAIS PAIC
Lançado em 2015, o Programa de Aprendizagem na Idade Certa (MAIS PAIC), tem como finalidade ampliar o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que, além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano, passou a atender também do 6º ao 9º ano nas escolas públicas cearenses. A iniciativa apoia a aprendizagem dos alunos para que sigam com sucesso, tenham bons resultados e ingressem no Ensino Médio bem preparados.

Edital

Publicado em Educação
Professora da Rede Municipal
Os profissionais aprovados no concurso público já devem ser incorporados ao quadro de docentes da Rede Municipal no próximo ano letivo

A Prefeitura de Fortaleza prorrogou, até o próximo domingo (10/07), o prazo de inscrições do concurso público para a contratação de 2 mil professores efetivos para a Rede Municipal de Ensino. O certame será realizado pelo Instituto de Desenvolvimento e Recursos Humanos do Município (Imparh). Para se inscrever, o candidato deve preencher o formulário de inscrição, exclusivamente pela internet, disponível no canal Concursos e Seleções da Prefeitura.

O concurso público, o maior realizado nos últimos anos para a área da Educação, oferta 944 vagas para professores de áreas específicas (Ciências, Língua Inglesa, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa/Literatura, Matemática, Artes e Ensino Religioso) e 1.056 para profissionais pedagogos.

O certame será composto por três etapas: prova objetiva, prática de didática (aula) e entrega de títulos e comprovação profissional. A prova escrita, primeira etapa, será realizada no próximo dia 7 de agosto.

Os profissionais aprovados no concurso público já devem ser incorporados ao quadro de docentes da Rede Municipal no próximo ano letivo. O vencimento inicial do profissional do magistério aprovado no concurso será de R$ 4.384,82, valor superior ao piso nacional.

Serviço:
Inscrições para o concurso público de professores da Rede Municipal
Período: até 10/07
As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, por meio do canal Concursos e Seleções 

Publicado em Educação
JD Feira Tech
A iniciativa reuniu alunos de 12 escolas municipais em uma competição de desenvolvedores de jogos - Game Jam

Exercitando a criatividade e o fortalecimento da cultura digital entre os estudantes, a Secretaria Municipal da Educação (SME) realizou, nesta quinta (30/06) e sexta-feira (01/07), a JD Feira Tech. Promovido na Academia do Professor, em parceria com a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), o evento faz parte das ações do programa Juventude Digital e visa estimular a democratização das novas tecnologias junto ao público jovem da capital.

Ao todo, 12 escolas, escolhidas via edital,  participaram da iniciativa que reuniu alunos em uma competição de desenvolvedores de jogos - Game Jam. "Selecionamos duas escolas por Distrito de Educação, onde cada unidade pôde escolher duas equipes de alunos do 9º ano para elaborar o protótipo de um jogo, objetivando solucionar um problema do cotidiano da cidade", explicou Paulo Henrique, titular da Célula de Inovação da SME.

JD Feira Tech
Na competição os estudantes elaboraram o protótipo de um jogo, objetivando solucionar um problema do cotidiano da cidade

Integrando umas das equipes competidoras, Helen de Andrade, estudante da Escola Municipal de Tempo Integral Prof. Antônio Girão Barroso (Distrito 6), não escondeu a empolgação em vivenciar a experiência tecnológica. "É uma coisa nova para a maioria de nós. Estamos tendo a oportunidade de entender toda a construção e um jogo. É algo divertido e que só aumenta a nossa vontade de aprender mais sobre essas tecnologias. Aqui é pura inovação", disse animada.

Já Maxwell Gomes, aluno da Escola Municipal Professora Lireda Facó (Distrito 5), destacou a ideia dos protótipos buscarem a solução para problemas reais. "As dinâmicas são muito divertidas e o trabalho em equipe nos une para pensarmos em possíveis questões que atrapalham nossas vidas. Assim podemos simular nos jogos um destino que resolva isso. É legal, porque começamos do zero e isso vira programação digital", relatou.

Após a elaboração dos projetos e conclusão da fase inicial das competições, os melhores colocados da Feira Tech serão capacitados para desenvolver e amadurecer seus protótipos na JD Férias, que acontecerá durante o mês de julho. Por fim, as equipes vencedoras apresentarão seus projetos no Festival Juventude Digital, realizado em agosto, no Centro de Eventos. O resultado será divulgado na Intranet SME e nas redes sociais do Juventude Digital.

Juventude Digital
O Juventude Digital é uma política pública permanente que tem foco na inclusão digital e na geração de emprego e renda e que já capacitou cerca de 3.600 jovens em 2021. É coordenado pela Citinova e conta com a parceria das secretarias da Juventude e da Educação.

Este ano o programa tem a meta de alcançar 12.500 jovens entre os três eixos: JD 9º ano, voltado para alunos da rede municipal; JD Mercado, com cursos de programação e design; e JD Games, com cursos específicos na área de jogos digitais.

Publicado em Educação
Professora da Rede
A agenda irá incluir atividades acadêmicas, físicas, culturais e artísticas

Para aproveitar o mês das férias e promover saúde, capacitação complementar e incrementar a bagagem cultural dos educadores, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), vai manter a Academia do Professor Darcy Ribeiro de portas abertas para receber todos os docentes ao longo do mês de julho.

Nos dias 12, 13, 14, 19, 20 e 21 de julho, o equipamento vai promover programação diversificada com atividades físicas, culturais e artísticas no “Eu tô de Férias”. E se engana quem pensa que professor para de se atualizar em julho. No “Academia tá ON”, eles vão ter acesso a diversas atividades acadêmicas para turbinar os estudos, como oficinas de elaboração de textos científicos e de normalização de trabalhos segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Esta agenda especial da Academia do Professor será livre para todos os educadores de Fortaleza, tanto os da Rede Municipal como docentes de outras redes de ensino. Para participar, é necessário confirmar a participação e se inscrever on-line.

Academia do Professor
Integrado à política de formação e valorização dos profissionais da Educação de Fortaleza, a Academia do Professor Darcy Ribeiro oferece um conjunto de serviços de formação e qualificação, além de ações voltadas à saúde, dirigidas especialmente às necessidades dos profissionais. O equipamento conta com área de 4.400 m², que contempla espaço cultural, auditório, piscina, ginásio poliesportivo, salas de aula, brinquedoteca, sala de inovação e biblioteca.

Serviço:
Programação "Eu tô de férias" e “Academia tá ON”
Data: ao longo do mês de julho
Local: Academia do Professor Darcy Ribeiro (Rua Dona Leopoldina, 907 - Centro)
Inscrições e mais informações

Publicado em Educação
projeto Confraria de Leitura
Projeto sediado na Rede Municipal democratiza acesso dos estudantes a livros, cordéis, revistas e mais materiais didáticos

Era uma vez uma agremiação de crianças reunidas em torno do objetivo de crescerem como cidadãs criativas e aptas a intervir na sociedade. Longe de ser fantasiosa, esta história é ambientada na Rede de Ensino de Fortaleza, por meio do projeto Confraria de Leitura. Sediada na Escola Municipal Raimundo Moreira Sena, no bairro Granja Lisboa, a agenda engaja estudantes dos 3º e 4º anos em experiências leitoras e interpretativas.

Com diferentes abordagens relacionadas ao enriquecimento do cotidiano escolar, atividades semanais são programadas para garantir a evolução no rendimento de cerca de 70 alunos, entre 8 e 12 anos de idade, envolvidos no projeto. No cronograma da Confraria de Leitura, explica o professor e idealizador João Teles, livros infantis dividem espaço com a apreciação de recursos como cordéis, jornais, revistas, filmes, músicas e palestras.

“O objetivo é ampliar a capacidade leitora dos estudantes, mas também queremos ajudá-los a compreender o mundo onde vivem. Para isso, além dos materiais, buscamos trazer outras possibilidades, como a visita de escritores, poetas e cordelistas à escola”, relata o professor.

Por trás da iniciativa há 26 anos, João Teles afirma que há, principalmente, o intuito de formar indivíduos conscientes das próprias expressões regionais. “Nosso foco é a cultura nordestina. Trazemos conteúdos sobre Luiz Gonzaga, literatura de cordel, artesanato nordestino, bandas cabaçais”, elenca, afirmando que a identificação cultural é responsável por reforçar a autoestima dos alunos “em um processo de valorização dos talentos que todos têm e podem expressar”.

Geovana Rodrigues
Geovana Rodrigues, aluna do 3° ano e integrante da Confraria de Leitura, já escreve seu primeiro livro, intitulado "A Princesa sem Príncipe"

Protagonismo estudantil
Como repercussão deste movimento de representatividade, há quem já esteja traçando os primeiros capítulos de histórias autorais. É o caso de Geovana Rodrigues, aluna do 3º ano da Escola Municipal Raimundo Moreira Sena e integrante assídua do grupo de leitura.

“Eu estou escrevendo um livro com o título ‘A Princesa sem Príncipe’. Nele, conto a história de uma princesa que não quer se casar. O pai dela faz vários planos para o casamento, mas a princesa luta para ficar sozinha. Sonho que este livro seja lido por outras pessoas”, aspira a estudante que, no encontro da última semana, apresentou aos colegas uma interpretação da revista “A Casa Mágica da Magali”, título escolhido por ela durante a dinâmica proposta na reunião.

No mesmo dia, a biblioteca da unidade escolar virou palco para declamação de poemas escritos pela confraria. O aluno Brian Samuel, também do 3º ano, ergueu a voz para recitar versos denominados “Ler é muito bom”. Segundo ele, a competência discursiva também é resultado do estímulo do projeto: “decorei tudo hoje! O professor falou uma vez só, e foi o necessário para eu aprender”.

Multiplicadores de saberes
As ações de incentivo à leitura são defendidas pela Rede Municipal como substanciais para a construção do conhecimento e da socialização infantil. A diretora Ledjany Amorim comenta que “práticas leitoras capazes de aflorar o senso crítico fazem parte da rotina das instituições da Prefeitura de Fortaleza”. Os estudantes que participam destas programações, observa a gestora, “passam a atuar como multiplicadores, colaborando com outras pessoas que têm dificuldades em relação à leitura”.

Exemplo de propagadora das vivências literárias, Ana Sofia Alencar, aluna do 4º ano, acredita que o gosto pela leitura a auxilia nos sonhos pessoais e na atenção com o coletivo. “Acho legal vir para a biblioteca, porque é importante para a gente aprender, crescer e conseguir um bom trabalho no futuro. Também já pude ajudar outras pessoas da minha sala a aprender a ler”, finaliza a estudante, orgulhosa.

Políticas da Rede de Ensino
A Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME) incentiva o fortalecimento de ações leitoras criativas e inovadoras nas unidades escolares por meio de agendas como o Dia “D” da Leitura, Clubes de Leitura, Rodas de Leitura, Contação de Histórias, Leituras Compartilhadas ou Colaborativas, Mostra Literária, dentre outras iniciativas pedagógicas que, além de instigar a curiosidade e a oralidade, favorecem a alfabetização e o letramento dos alunos.

Para subsidiar tais ações, a Rede de Ensino oferta aos estudantes e professores do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental a Arca Literária, instrumento facilitador da prática leitora. Com foco no desenvolvimento da leitura prazerosa, o material pedagógico complementar auxilia as vivências leitoras e oportuniza o acesso aos estudantes a diferentes tipos de leitura. Mais propostas incluídas no cotidiano escolar são: clubes de aprendizagem, oficinas de leitura, laboratórios de produção textual e oficinas de cultura e diversidade regional.

Publicado em Educação
Página 1 de 20