Opção segura e sustentável, a bicicleta também pode ser inclusiva. Prova disso é o projeto Bike Sem Barreiras, que chega a mais uma edição neste sábado (13/08) a partir de 8h. A iniciativa, voltada para pessoas com deficiência física, mobilidade reduzida ou autismo, é uma iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), em parceria com a Uninassau.
 
Consolidado no calendário de esporte e lazer da cidade, o projeto promove passeios inclusivos por meio de bicicletas adaptadas.  Para participar, o cadastro deve ser realizado diretamente na tenda da iniciativa – que funciona ao lado do Centro Cultural Belchior e em frente ao projeto Praia Acessível, na Praia de Iracema – mediante apresentação de um documento de identificação com foto, sem a necessidade de agendamento prévio.
 
No local, são disponibilizados três modelos de bicicletas adaptadas:
 
- Handbike: triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos
- Bicicleta dupla: pedalada por uma pessoa com deficiência visual e pelo seu acompanhante
- The Duet: adaptada com uma cadeira de rodas no lugar da roda dianteira, para usuários com tetraplegia ou deficiência múltipla
 
Para o uso das bicicletas adaptadas, os usuários contam com o suporte de profissionais e estudantes do curso de fisioterapia da Uninassau. Quando necessário, os colaboradores orientam e auxiliam na condução das bicicletas.
Publicado em Mobilidade
Para garantir a emoção do público no Clássico-Rei do próximo domingo (14/08), uma operação especial de mobilidade foi preparada pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Agentes e orientadores de tráfego vão às ruas com o intuito de proporcionar um ir e vir mais seguro à Arena Castelão. Os torcedores também contarão com incremento na frota de ônibus para acompanharem o jogo entre Ceará e Fortaleza, válido pela 22ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 
 
Ao todo, 30 agentes de trânsito e orientadores de tráfego reforçam a segurança viária com o controle de tráfego nas avenidas do Contorno, Alberto Craveiro, Paulino Rocha e rotatória do Castelão. O efetivo, que atuará de 13h até a dispersão total da torcida, contará ainda com o apoio de agentes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).
 
A AMC recomenda a chegada dos torcedores à arena com duas horas de antecedência. Além disso, o órgão ressalta a necessidade de redução de velocidade devido ao maior fluxo de pedestres. Cones serão distribuídos nas principais vias de acesso para estimular essa redução.
 
Já para facilitar o fluxo de saída dos torcedores, o canteiro central da Av. Paulino Rocha estará aberto em frente ao portão de estacionamento. Nos jogos que atraem grande público, a medida tem sido eficaz para melhorar a fluidez dos que seguem em direção à BR-116, Cidade dos Funcionários e Aldeota. 
 
Respeito às normas de circulação e atendimento de ocorrências
 
Durante toda a operação, técnicos da Central da Mobilidade para Preservação de Vidas no Trânsito acompanham em tempo real as vias de acesso pelas câmeras de videomonitoramento. Viaturas também vão circular no acesso à Arena para coibir irregularidades. Para evitar transtornos, os condutores não devem estacionar em locais proibidos, como passeios, garagens e ao lado dos canteiros.
 
O atendimento de ocorrências, como irregularidades ou sinistros no trânsito, também poderá ser solicitado à AMC pelo número 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).
 
Frota de ônibus reforçada
 
A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) intensifica a frota de ônibus para atender ao público para o Clássico-rei com reforço de 10 veículos reserva, de 13h às 21h, que serão distribuídos nos Terminais de Integração, beneficiando as 11 linhas que trafegam no entorno da Arena Castelão e atendendo aos torcedores que forem ao jogo.
 
Linhas do entorno da Arena Castelão:
 
041 - Parangaba/Oliveira Paiva/Papicu
311 - Castelão/Parangaba/SP1
312 - Dias Macedo/Parangaba
321 - Jardim União/Parangaba
603 - Jardim União/Centro
605 - José Walter/Br 116/Av. I
606 - José Walter/Br 116/Av. N
633 - Passaré/Centro
660 - Conjunto Palmeiras/Centro
666 - Jardim Castelão
680 - José Walter/Papicu/Cidade Jardim
 
Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), realiza ação educativa em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Ce) e com o Observatório Nacional de Segurança Viária para conscientizar condutores e pedestres quanto ao respeito às normas de circulação viária e comportamento seguro nas vias públicas. A abordagem, que ocorre nesta quinta-feira (11/08) a partir das 8h30 na Av. Godofredo Maciel, em frente à Lagoa da Maraponga, terá ainda a participação do Hemoce e da empresa Uber.

A mobilização, proposta pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, acontece em cinco capitais do País, sendo Fortaleza uma das cidades escolhidas. Na oportunidade, motoristas e transeuntes serão convidados a utilizar óculos que simulam o estado de embriaguez. O intuito desse teste é alertar as pessoas sobre as consequências que o consumo do álcool pode ocasionar no trânsito e no sistema de saúde.

No período de janeiro a junho deste ano, 68 mortes foram registradas nas ruas e avenidas da Capital, uma redução de 23% em relação ao mesmo período de 2021. O quantitativo é também o melhor índice desde o início da série histórica, em 2001, quando ocorreram 187 óbitos.

Serviço
Ação educativa para conscientizar sobre segurança viária
Data: 11/08 (quinta-feira)
Horário: 8h30
Local: Av. Godofredo Maciel, 1945 - em frente à Lagoa da Maraponga

Publicado em Mobilidade

O Ceará enfrenta o São Paulo nesta quarta-feira (10/08), a partir das 19h15, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Um efetivo de 30 agentes e orientadores da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) dará suporte operacional ao jogo controlando o tráfego no entorno da Arena Castelão.

A operação terá início ao meio-dia com a coibição de estacionamento e disciplinamento da circulação nas principais vias de acesso à praça esportiva como avenidas do Contorno, Alberto Craveiro e Paulino Rocha. Haverá distribuição de cones em alguns trechos com maior fluxo de pedestres para que os condutores reduzam velocidade e possibilitem mais segurança à travessia.

Implementada nos últimos jogos com maior expectativa de público, a abertura do canteiro central da Av. Paulino Rocha terá continuidade para otimizar a saída dos motoristas que seguirem em direção à BR-116, Cidade dos Funcionários e Aldeota, evitando passar pela rotatória que já recebe um volume muito alto de veículos.

A população pode solicitar atendimento de ocorrências, como irregularidades ou sinistros no trânsito, à AMC pelo número 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Publicado em Mobilidade
O Fortaleza enfrenta o Internacional, neste domingo (07/08), a partir das 18h, na Arena Castelão, em partida válida pela Série A do Campeonato Brasileiro. Para viabilizar o acesso seguro dos torcedores, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) definiu uma operação especial de tráfego com um efetivo de cerca de 24 agentes e orientadores do órgão. 
 
A atuação da Autarquia terá início a partir das 15h com a coibição de estacionamento irregular e controle da circulação nas principais vias que dão acesso ao estádio, como avenidas do Contorno, Alberto Craveiro, Paulino Rocha e rotatória do Castelão.
 
Para evitar transtornos, a orientação é chegar ao estádio com duas horas de antecedência. Já para facilitar a saída dos torcedores da Arena, o canteiro central da Av. Paulino Rocha estará aberto; a intervenção faz com que os condutores que seguem em direção à BR-116, Cidade dos Funcionários e Aldeota evitem passar pela rotatória, facilitando o fluxo.
 
Além disso, redutores de velocidade serão instalados junto às faixas de pedestres para facilitar a travessia no entorno da praça esportiva. O efetivo estará presente até a dispersão da torcida. 
 
Respeito às leis de trânsito
 
Os condutores devem atentar às normas de circulação viária e não estacionar em locais proibidos, como passeios, garagens e ao lado de canteiros, e reduzir a velocidade devido ao fluxo de pedestres. Viaturas estarão no entorno coibindo irregularidades. Além disso, técnicos da Central da Mobilidade para Preservação de Vidas no Trânsito acompanham, via câmeras de videomonitoramento, as principais vias de acesso.
 
A população pode solicitar atendimento de ocorrências, como irregularidades ou sinistros no trânsito, à AMC pelo número 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).
Publicado em Mobilidade
aparelho etilômetro
De janeiro a junho deste ano, o órgão realizou 17.984 testes de etilômetro (Foto: Kiko Silva)

No intuito de conscientizar a população sobre os riscos de beber e dirigir, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realiza ação educativa no Carneiro do Ordones, na Varjota, a partir de 20h desta quinta-feira (28/07). O objetivo é alertar os condutores quanto à importância de um tráfego seguro, incentivando o respeito às normas de circulação viária.

Durante a abordagem, intitulada AMC nos Bares, educadores de trânsito disponibilizarão aos frequentadores do restaurante óculos que simulam os efeitos do álcool no organismo para mostrar que uma pessoa alcoolizada tem comprometidos o tempo de reação, a coordenação motora e a percepção de espaço.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um condutor que desrespeita a lei com um copo de cerveja tem três vezes mais chances de morrer em um acidente do que um condutor sóbrio. A ingestão de bebida alcoólica interfere nos reflexos, dificulta a concentração e diminui a atenção, tornando a direção veicular insegura. 

Balanço da Operação Lei Seca

De janeiro a junho deste ano, o órgão realizou 17.984 testes de etilômetro. 822 motoristas recusaram se submeter ao exame - o que é indício de consumo - e 291 deram positivo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um condutor que desrespeita a lei com um copo de cerveja tem três vezes mais chance de morrer em um sinistro do que um motorista sóbrio. O álcool torna os reflexos mais lentos, diminui a vigilância e reduz a capacidade visual, o que contribui para acidentes com alto índice de severidade.

Legislação

Como a tolerância ao álcool é zero no Brasil, o condutor de veículos automotores não pode ingerir nenhuma quantidade de bebidas alcoólicas. O teste de etilômetro é expresso em miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões (mg/l). A infração é considerada gravíssima com resultado inferior a 0,3 mg/l, aplicação de multa multiplicada por 10 (R$ 2.934,70) e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Em caso de recusa do teste de alcoolemia, se repetem as sanções acima. Já o resultado superior a 0,3 mg/l é crime de trânsito. Além das sanções já descritas, o motorista é conduzido à delegacia, onde a autoridade policial decidirá as medidas legais a serem adotadas. Em todos estes casos, o condutor tem o veículo retido para apresentação de outro motorista habilitado e, caso contrário, poderá ter o veículo removido.

Serviço
AMC nos Bares
Data: Quinta-feira (28/07)
Horário: 20h
Local: Carneiro do Ordones (Rua Frederico Borges, 368 - Varjota)

Publicado em Mobilidade

Em alusão ao Dia do Motociclista, comemorado nesta quarta-feira (27/07), a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) promove ação educativa durante os comandos de fiscalização preventiva realizados em diversos pontos da cidade. A atividade contará com a distribuição e aplicação de antenas corta-pipas, que protegem a vida dos usuários de motocicleta.

A partir de 7h30, agentes e educadores de trânsito atuarão em campo conscientizando sobre um comportamento mais seguro. Piloto e pasageiro serão orientados quanto ao uso correto do capacete, o respeito aos limites de velocidade e às normas de circulação viária, além da importância da utilização das antenas, que, apesar de não ser um equipamento obrigatório, é um item de segurança.

"Em Fortaleza, a pipa é usada para o divertimento, mas em muitos casos pode provocar lesões graves e quedas aos motociclistas. Por isso estimulamos o uso das antenas. Esse dispositivo impede que as linhas chilenas e o cerol atinjam o pescoço, tórax e braços dos motociclistas, já que as motos não possuem nenhum tipo de proteção frontal", explica André Luís Barcelos, gerente de educação para o trânsito da AMC.

Metade das mortes

Segundo o Relatório Anual de Segurança Viária, em 2021 a Capital chegou ao sétimo ano seguido com redução de óbitos no trânsito. Foram 184 mortes registradas nas vias da cidade, 51% menor que em relação ao ano de 2014.

Dentre as vítimas fatais, ocupantes de motocicleta representaram quase metade das mortes contabilizadas no ano passado e cerca de 70% dos feridos em acidentes de trânsito.

Curso de pilotagem segura

A distribuição dos corta-pipas é mais uma atividade da AMC em busca de reduzir a ocorrência de sinistros com os motociclistas. Há mais de três anos, a Autarquia oferta gratuitamente o Curso de Pilotagem Segura. O foco é possibilitar o desenvolvimento de habilidades na condução do veículo para enfrentar qualquer situação no trânsito e estimular um comportamento mais seguro para que não se envolvam em sinistros. Os interessados devem se inscrever na formação por meio do site amctransito.com.br.

Publicado em Mobilidade

A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) inicia, nesta terça-feira (19/07), a implantação de sentido único na Rua Desembargador Leite Albuquerque no trecho compreendido entre as ruas Joaquim Nabuco e José Vilar. O objetivo da medida é reduzir os riscos de acidentes, garantindo um ir e vir seguro a condutores e pedestres.

"Passando a concentrar o fluxo apenas no sentido leste/oeste, vamos diminuir os conflitos gerados no cruzamento com a Rua Joaquim Nabuco. Nossas equipes estarão no local nos primeiros dias após a intervenção para efetuar o controle de tráfego", esclarece Antônio Ferreira, superintendente do órgão.

Solicitação de sinalização

Para solicitar qualquer tipo de sinalização, a orientação é acessar o aplicativo e site AMC Trânsito. Pelos meios eletrônicos, a população pode solicitar quaisquer tipos de sinalização, como semáforos, pinturas nas ruas, tachões, lombadas e placas.

Em caso de atendimento presencial, o munícipe deve comparecer a Central que fica na sede do órgão ou ainda no Vapt-Vupt de Messejana e do Antônio Bezerra, Central da Cidadania da Câmara Municipal de Fortaleza e Casa do Cidadão do Shopping Iguatemi Bosque.

Publicado em Mobilidade

Além dos 26 km de percurso para pedalar por Fortaleza em três rotas, a Ciclofaixa de Lazer deste domingo (17/07) levará atividades educativas ao ponto de apoio instalado no Parque Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy.

A partir de 8h, educadores da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) recebem toda a família para aproveitar o Minicircuito de Bike Infantil. Com a orientação de cones e sinalização de trânsito, o projeto leva educação, prática e segurança no uso da bicicleta para crianças.

A iniciativa tem como objetivo também incentivar a prática do uso de transportes não motorizados desde a infância e proporcionar, de forma lúdica, uma atividade que une lazer e e incentivo a boas práticas de segurança viária.

Outra brincadeira para a garotada é o jogo de tabuleiro gigante de trânsito, que também orienta sobre o respeito às normas de circulação viária. As plaquinhas que incentivam o respeito aos ciclistas também serão distribuídas no parque, inclusive na versão infantil.

Já a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), a exemplo dos demais domingos, vai distribuir mudas de plantas.

Percursos e demais pontos de apoio

A Ciclofaixa de Lazer é realizada há quase oito anos todos os domingos como uma estratégia de incentivo, adesão e respeito aos usuários de bicicleta e infraestrutura do modal.

Além do Parque Rachel de Queiroz, bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estarão disponíveis para os ciclistas nos pontos de apoio da Cidade da Criança e do Parque do Cocó. A Igreja Nossa Senhora Aparecida é outro espaço para pausa dos amantes de bike.

Agentes da AMC, da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e da Guarda Municipal de Fortaleza darão suporte no decorrer dos três percursos disponíveis de 6h às 12h.

Rota leste

A rota leste sairá do início da ciclovia da Avenida Washington Soares em direção à Cidade da Criança, passando pelo ponto de apoio do Anfiteatro do Parque do Cocó. O percurso seguirá pela Av. Sebastião de Abreu até a Rua Andrade Furtado, seguindo pela Av. Padre Antônio Tomás, Av. Senador Virgílio Távora, Av. Antônio Justa, Av. Abolição, Av. Beira-Mar (podendo acessar pela ciclovia paisagística para o Mercado dos Peixes), Av. Historiador Raimundo Girão, seguir para a Rua Carlos Vasconcelos até a Rua Pinto Madeira seguindo até a Cidade da Criança.

Rota oeste

A rota oeste vai ligar o Parque Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy, à Cidade da Criança e à Av. Beira-Mar. O circuito passará pela Rua Braz de Francesco, Av. Bezerra de Menezes, Rua Justiniano de Serpa, Av. Domingos Olímpio, onde poderá se conectar com a rota sul, pela Rua General Sampaio, seguindo pela Rua Pedro Pereira até a Cidade da Criança ou seguir até a Rua Carlos Vasconcelos em direção à Av. Beira-Mar (ciclovia paisagística), onde se conectará com a rota leste, em direção à Cidade da Criança ou ao Parque do Cocó.

Rota sul

A rota sul vai ligar a Praça da Igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro Montese, à Cidade da Criança. O percurso partirá da Av. Professor Gomes de Matos, Rua Jorge Dumar, Av. Eduardo Girão, Av. da Universidade, seguir pela Av. Domingos Olímpio (podendo se conectar com a rota oeste, em direção a Av. Beira-Mar - ciclovia paisagística - pela Rua Carlos Vasconcelos) até a Rua Solon Pinheiro seguindo para a Cidade da Criança e se conectando à rota leste em direção a Av. Beira-Mar e ou ao Parque do Cocó.

Publicado em Mobilidade

Os torcedores que vão acompanhar a partida entre Ceará e Corinthians, neste sábado (16/07), terão suporte de tráfego da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) a fim de garantir a segurança viária na chegada e saída da Arena Castelão. A operação contará com um efetivo de 30 agentes e operadores de tráfego, além do apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

O planejamento inclui, como ocorre em toda operação padrão montada para jogos com maior expectativa de público, o controle de tráfego das avenidas do Contorno, Alberto Craveiro, Paulino Rocha e rotatória do Castelão. Redutores de velocidade serão colocados junto às faixas de pedestres para facilitar a travessia.

A atuação terá início às 18h e seguirá até a dispersão da torcida, por volta de 00h30. Nos últimos jogos, o canteiro central da Av. Paulino Rocha passou a ser aberto para facilitar a saída do torcedor do Castelão. O objetivo é melhorar o fluxo dos condutores que seguem em direção à BR-116, Cidade dos Funcionários e Aldeota, e reduzir o tráfego pela rotatória.

Orientações

A AMC recomenda que os torcedores saiam de casa com pelo menos duas horas de antecedência para ter acesso à Arena Castelão. Além disso, a Autarquia orienta não estacionar em locais proibidos, como passeios, garagens e ao lado de canteiros, redobrar o cuidado e reduzir a velocidade devido ao fluxo de pedestres.

Viaturas da AMC também estarão no entorno da arena coibindo as irregularidades. As principais vias de acesso serão acompanhadas pelas câmeras de videomonitoramento da Central da Mobilidade para Preservação de Vidas no Trânsito.

Além do esquema montado e suporte de agentes e operadores de trânsito, a população pode solicitar atendimento de ocorrência de irregularidades ou sinistros à AMC pelo número 190.

Publicado em Mobilidade