A nova pesquisa do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) nos supermercados da Capital indica que os preços de alimentos e produtos subiram 1,37%. O levantamento foi realizado nos dias 2 e 3 de julho. A média da soma de todos os 60 itens pesquisados ficou em R$ 483,54. No mês anterior, os mesmos produtos somavam R$ 477,00. O Procon acompanha, mensalmente, a evolução de preços de 60 produtos e alimentos mais procurados pelos consumidores, em 10 supermercados de Fortaleza.

A pesquisa está disponível no aplicativo "Proconomizar", nas plataformas android e iOS, bem como no Portal da Prefeitura de Fortaleza, no campo Defesa do Consumidor.

A laranja é o item com maior variação de preços (150%), podendo ser encontrada pelo valor de R$ 1,99 a R$ 4,99 o quilo. O pacote de farinha de milho, de 500g, é o segundo produto com maior variação, indo de R$ 1,29 a R$ 3,19, uma diferença de 147%.

Maiores variações

Produto Menor preço Maior preço Variação
Laranja (Kg) R$ 1,99 R$ 4,99 150,75%
Farinha de milho (500g) R$ 1,29 R$ 3,19 147,28%
Farinha de mandioca (kg) R$ 1,39 R$ 3,39 143,88%
Tomate (Kg) R$ 3,65 R$ 7,99 118,90%
Cenoura(Kg) R$ 3,31 R$ 6,99 111,17%

Confira todos os preços e variações da pesquisa

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, uma boa dica para economizar é uma pesquisa prévia. "Antes de sair de casa, o consumidor pode acessar a pesquisa do Procon Fortaleza e verificar qual estabelecimento pratica os menores preços e se está localizado próximo de sua residência", disse. Ela também afirma que outra forma de economizar é optar por produtos da estação como frutas e legumes do período de produção, além de produtos próximo ao vencimento, que sempre possuem descontos. No entanto, Cláudia Santos alerta para o prazo limite de validade, que deve ser respeitado.

Em Fortaleza, bairros da Regional III, como Antonio Bezerra, Henrique Jorge e Parquelândia, apresentam os preços mais elevados. Nesta análise, o Procon ressalta que a média de preços por Regional pode ser afetada de acordo com a disponibilidade de produtos por supermercado.

Preços por Regionais

Regional Preço médio total
Regional III R$ 519,30
Regional Centro R$ 517,55
Regional V R$ 509,33
Regional I R$ 489,74
Regional VI R$ 489,62
Regional II R$ 446,11
Regional IV R$ 398,97

Metodologia

A pesquisa do Procon Fortaleza é dividida em itens de alimentação, carnes e aves, padaria, refrigerantes, frutas e verduras, higiene pessoal, limpeza doméstica e ainda cuidados e higiene infantil. Os preços são coletados presencialmente. O objetivo é oferecer ao consumidor fortalezense opções de preços e produtos na compra de itens de primeira necessidade.

Publicado em Economia
A pesquisa completa pode ser acessada pelo aplicativo
A pesquisa completa pode ser acessada pelo aplicativo "Proconomizar"

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta terça-feira (10/12), a última pesquisa do ano, que acompanha mensalmente a evolução de preços de 60 alimentos e produtos de primeira necessidade nos supermercados da Capital. O órgão realiza o comparativo, coletando preços de todas as Regionais de Fortaleza. Em dezembro, a alta chegou a 4,77%. Já no acumulado entre janeiro e dezembro de 2019, os preços subiram 5,29%. A pesquisa completa pode ser acessada pelo aplicativo "Proconomizar".

Em dezembro, também foram encontradas diferenças significativas entre os supermercados mais caros e os mais baratos. O preço do quilo da cebola, por exemplo, pode variar até 530%, indo de R$ 0,95 a R$ 5,99. O quilo do mamão também apresenta alta variação, custando de R$ 0,99 a R$ 3,79, uma diferença de 282%.

Confira aqui todos os preços.

Para a diretora geral do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, a alta de preços, em dezembro, já reflete a procura por produtos para as festas de fim de ano. "É normal quanto maior a procura por produtos, maior será a elevação de preços", frisou. A Diretora adianta que o Procon está preparando uma pesquisa com preços de produtos para as ceias de Natal e Reveillon.

Comparativo mensal

Mês Valor médio Variação
Janeiro R$ 439,23 sem comparativo
Fevereiro R$ 424,01 -3,46 %
Março R$ 454,44 +7,18 %
Abril R$ 446,83 -1,67 %
Maio R$ 447,91 +0,24 %
Junho R$ 456,98 +2,03 %
Julho R$ 440,65 -3,57 %
Agosto R$ 445,32 +1,06 %
Setembro R$ 409,79 -7,98 %
Outubro R$ 440,82 +7,57 %
Novembro R$ 436,93 -0,88 %
Dezembro R$ 457,78 +4,77 %

Entre as regionais, os bairros Antonio Bezerra, Parquelândia e Quintino cunha, bem os demais locais da Regional III concentram os maiores preços. Já nos bairros Benfica, Paranga e Vila Pery estão os menores preços.

Preços por regionais (Dezembro)

Regionais Preço médio total
Regional III R$ 521,52
Regional do Centro R$ 482,07
Regional V R$ 471,98
Regional II R$ 447,44
Regional VI R$ 445,38
Regional I R$ 417,93
Regional IV R$ 400,06

Dicas e direitos
1 - Verifique as datas de promoções e dias de ofertas;
2 - Analise os encartes distribuídos como sendo de produtos promocionais e exija os mesmos preços praticados nos caixas. Se houver divergência, o consumidor tem o direito de pagar sempre o menor valor;
3 - Faça uma lista dos produtos que realmente precisa comprar;
4 - Pesquise preços e verifique a melhor forma de pagamento e descontos nos pagamento à vista, em dinheiro e no cartão de crédito;
5 - Pode haver diferença de preços nos pagamentos em dinheiro ou cartão de crédito e débito;
6 - Confira a data de validade dos produtos;
7 - Nem sempre o produto com tarja vermelha é o mais barato. Procure a categoria do item exposto como promocional e escolha um produto que seja mais em conta. Certamente, você sairá economizando;
8 - Na entrada de lojas e supermercados, por exemplo, normalmente são colocados produtos que induzam o consumidor à compra. Portanto, evite-os;
9 - Alimentos congelados devem ser colocados por último no carrinho para que sua qualidade não seja comprometida;
10 - Os supermercados, mesmo que sejam da mesma rede, podem cobrar preços diferenciados entre os estabelecimentos físicos e os virtuais (sites, aplicativos, telemarketing).

Como denunciar
Denúncias podem ser realizadas no Portal da Prefeitura de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br), no campo defesa do consumidor e, também, pelo aplicativo Procon Fortaleza e ainda pela Central de Atendimento ao Consumidor 151.

Publicado em Economia

As unidades de atendimento do Sine Municipal estão disponibilizando 499 vagas de trabalho em Fortaleza, incluindo Pessoas com Deficiência (PcD). Os equipamentos da Prefeitura de Fortaleza, geridos pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) em parceria com o Ministério da Economia, estão localizados na Rede Cuca (Jangurussu, Barra do Ceará e Mondubim) e nas sedes das Secretarias Regionais I, III, V e VI.

Estão abertas 137 vagas para teleoperador/telemarketing, 50 vagas para motorista de ônibus urbano, 33 vagas para vendedor, 20 vagas para consultor de vendas, 19 vagas para auxiliar de linha de produção, 13 vagas para auxiliar de limpeza, 13 para operador de caixa, 12 para auxiliar de cozinha, além de vagas para repositor (11), recepcionista (10), churrasqueiro (10), motofretista (9), auxiliar de sushiman (6), técnico em enfermagem (5), assistente jurídico (5), entre outras ocupações.

Os interessados devem comparecer a uma das unidades do Sine Municipal com RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço, de escolaridade e de cursos realizados. Os currículos recebidos farão parte de um banco de dados para futuras vagas.

Mais informações
No Sine Municipal a população pode realizar serviços de intermediação de mão de obra, habilitação para o seguro-desemprego*, inscrição e encaminhamento para cursos de qualificação. Empresas interessadas também podem divulgar suas vagas gratuitamente. O atendimento nas unidades é realizado de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Endereços dos Sines Municipais

Unidades fixas
Sine Municipal I: Avenida Bezerra de Menezes, 459 - Farias Brito
Sine Municipal III: Avenida Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia
Sine Municipal V: Avenida Augusto dos Anjos, 2466 - Siqueira

Unidades itinerantes
Sine Municipal VI: Rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana
Sine Cuca Barra: Avenida Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará
Sine Cuca Mondubim: Rua Marlúcia, S/N - Mondubim
Sine Cuca Jangurussu: Avenida Governador Leonel Brizola, S/N - Jangurussu

*As unidades itinerantes não realizam habilitação para o seguro-desemprego. O atendimento é feito de terça a sexta-feira.

Mais informações: (85) 3105-3712

Publicado em Economia
As sete Secretarias Regionais de Fortaleza são os principais espaços de representação da Prefeitura nos bairros da cidade
Em 2018, as Secretarias Regionais receberam cerca de 170 mil solicitações realizadas pelos fortalezenses

As sete Secretarias Regionais de Fortaleza são os principais espaços de representação da Prefeitura nos bairros da Cidade. O cidadão que dispor de requerimentos, reclamações, denúncias, dúvidas sobre as mais diversas áreas de atuação da administração pública municipal pode dirigir-se à Central de Acolhimento da Regional mais próxima da sua residência. Em 2018, as Secretarias Regionais receberam cerca de 170 mil solicitações realizadas pelos fortalezenses.

Nas Centrais, os moradores requisitam, diariamente, à Prefeitura de Fortaleza diversos serviços, a exemplo dos vinculados à fiscalização; saúde; educação; conservação e serviços públicos; combate à violência contra a mulher e à drogadição; mediação de conflitos; solicitação de licenças; tributos e impostos, dentre outros. Integram as Centrais de Acolhimento as Salas do Empreendedor; Ouvidorias; Núcleos do Programa Minha Casa, Minha Vida e de Mediação de Conflitos; Cadastro Único - muito procurado para benefícios como o Bolsa Família.

As principais demandas acolhidas por estas Centrais referem-se a solicitações para autorização de comércio ambulante; Licença para Operações Sonoras; Alvarás de Funcionamento para área superior a 300 m²; Registros Sanitários; Habite-se (Auto de Conclusão de Obra); solicitação de reformas em praças; limpezas em pontos de lixo; cancelamento de Autos de Infração; interdição de rua; irregularidades no Código de Obras; reparos e melhorias na Iluminação Pública.

Para o morador do bairro Ellery Cid Neto, as Centrais de Acolhimento facilitam a comunicação entre as famílias e os órgãos públicos. “Simplifica pra gente não ter que ir a mais de um órgão quando há mais de um tipo de demanda pra tratar com a Prefeitura. Solicitei na Central de Acolhimento da minha área, por exemplo, um Ecoponto pro meu bairro, melhoria em boca de lobo, poda de árvore. É muito gratificante ver que estas solicitações foram atendidas a partir de pedidos nossos”, relata Cid.

Vale ressaltar que existem outros modos, igualmente efetivos, de dar encaminhamentos para algumas das demandas das comunidades. Através do Programa Fortaleza Online, o cidadão pode emitir as principais licenças e autorizações municipais, como os Alvarás de Construção e de Funcionamento. No total, são 34 serviços disponíveis, que são expedidos de forma gratuita e imediata - ou em até 30 minutos. Já por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza e do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br, o fortalezense pode relatar inúmeras práticas nocivas ao meio ambiente, controle urbano e ao ordenamento da cidade, podendo-se ilustrar: poluições, obras, ocupações irregulares, comércio ambulante e grandes geradores de resíduos sólidos.

“As sete Secretarias Regionais da Prefeitura são espaços de amparo e encaminhamentos das mais diversas solicitações provenientes de todas as comunidades de Fortaleza. Nossa meta é, cada vez mais, atuar de modo afetivo, efetivo e cidadão”, garante o secretário da Regional I, Gilberto Bastos.

Abaixo, endereços e contatos das Centrais de Acolhimento da Prefeitura de Fortaleza:

Secretaria Regional do Centro
Rua Major Facundo, 907, Centro
Telefone: 3254.3427

Secretaria Regional I
Rua Dom Jerônimo, 20, Farias Brito
Telefone: 3105.3404

Secretaria Regional II
Rua Professor Juraci Oliveira, 1, Edson Queiroz
Telefone: 3241.4839

Secretaria Regional III
Av. Jovita Feitosa, 1264, Parquelândia
Telefone: 3433.2501

Secretaria Regional IV
Av. Dedé Brasil, 3770, Serrinha
Telefone: 3433.2812

Secretaria Regional V
Av. Augusto dos Anjos, 2466, Siqueira
Telefone: 3433.2926

Secretaria Regional VI
Rua Padre Pedro de Alencar, 789, Messejana
Telefone: 3452.1811

Publicado em Fortaleza

 

Operação de limpeza no Cemitério da Messejana.
Operação de limpeza no Cemitério da Messejana.

A Prefeitura de Fortaleza realiza uma operação especial de limpeza nos cemitérios públicos da Capital. A iniciativa tem como objetivo proporcionar um ambiente limpo e seguro para as pessoas que visitarão os cemitérios neste dia Dia de Finados, sexta-feira (02/11). A ação está sendo executada por meio das Secretarias Regionais, Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e Autarquia de Urbanismo e Paisagismo (Urbfor).

Além dos serviços executados periodicamente, agentes municipais trabalham até quinta-feira (01/11) nos equipamentos públicos, realizando serviços de varrição, podas de árvores, capinação e remoção de resíduos sólidos nas áreas próximas aos túmulos e nas vias de acesso, além de pintura dos meios fios, nos cinco cemitérios públicos do município localizados nos bairros Parangaba, Mucuripe, Messejana, Antônio Bezerra e Bom Jardim.

Construído em 1869, o Cemitério de Messejana possui cerca de quatro mil jazigos. De acordo com a Regional VI, a média de sepultamentos é de 25 a 30 por mês. A expectativa é de o espaço receber, nesta data, entre quatro a cinco mil pessoas. No Cemitério de Messejana serão realizadas duas missas no Dia de Finados: às 9h e às 15h. As celebrações serão na Capela Interna do Campo Santo.

No Cemitério São Vicente de Paula, no Mucuripe, haverá missa na Igreja Nossa Senhora da Saúde, que fica em frente ao Cemitério, nos horários de 7h, 08h30, 12h, 17h e 19h. O equipamento, construído em 1916, inicialmente era administrado pelo Círculo de Trabalhadores Cristãos do Mucuripe, depois passou para a gestão da Prefeitura. Atualmente possui 1.019 jazigos e a média de sepultamentos é de 15 por mês.

No Cemitério Parque Bom Jardim, foram executados ainda serviços de manutenção na entrada, recuperação de jazigos, além de pintura e grafitagem no muro do cemitério. Para os visitantes, haverá missa campal nos horários de 8h, 9h, 10h, 11h, 13h, 14h, 15h e 16h.

No cemitério da Parangaba serão celebradas três missas nos horários de 9h, 12h e 16h. Na Parangaba são 9 mil jazigos.

O Cemitério Santo Antônio, conhecido popularmente como Cemitério do Antônio Bezerra, foi fundado em 1936 e possui hoje um total de 1.693 jazigos. A expectativa é que até 4 mil pessoas passem pelo local neste feriado. Será celebrada uma missa às 6h da manhã.

Serviço
Cemitério São Vicente de Paula (Cemitério do Mucuripe)
Endereço: Av. Abolição, 3986, Mucuripe
Horário de funcionamento: das 6h às 19h

Cemitério do Antônio Bezerra
Endereço: Rua Professor José Leite Gondim, 525, Antônio Bezerra
Horário de funcionamento: das 6h às 17h

Cemitério de São José (Cemitério da Parangaba)
Endereço: Rua Napoleão Quezado, 365, Parangaba
Horário de funcionamento: das 7h às 17h

Cemitério Parque Bom Jardim
Endereço: Estrada Jatobá, 2668 - Bom Jardim
Horário de funcionamento: das 7h às 17h

Cemitério de Messejana
Endereço: Rua Pe. Severiano, 290, Messejana
Horário: das 7h às 17h

Publicado em Fortaleza

Para apoiar os pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), promove, mensalmente, capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável (PES).

Neste mês de maio, estão sendo ofertadas capacitações para áreas de Atendimento ao Cliente, Vendas no Mundo Digital, Técnicas de Vendas, Gestão de Finanças Pessoais, Promovendo seu Negócio com o Facebook, Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras, Aprenda a Controlar seu Dinheiro, entre outras. As oficinas têm duração de 2 horas com 20 vagas por turma.

Saiba como se inscrever
Para participar é simples, basta apresentar identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais, Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol), Espaço do Artesanato, Lavanderia Comunitária ou na Unidade Móvel da SDE, que está atendendo ao lado do Cuca do Jangurussu.

Mais informações pelo 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

TEMA

QUANDO

ONDE

Promovendo seu Negócio com o Facebook

07 e 08/05

(14h às 16h)

Secretaria Regional VI
 (Rua Padre Pedro de Alencar, 789 - Messejana).

Atendimento ao Cliente

08/05 (14h às 16h)

Grupo Tamandaré

(Rua Francisco Lima e Silva, 194 - Conj. Tamandaré).

Vendas no Mundo Digital

08/05 (14h às 16h)

Ecosol

(Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 461 - Conj. Ceará).

Planejando com Sucesso sua Empresa

09/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional II
 (Rua Prof. Juraci M. Oliveira, 01 - Edson Queiroz)

Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras

09/05 (09h às 11h)

Ijoven

(Rua Prof. Jacinto Botelho, 1600 - Patriolino Ribeiro)

Técnicas de Vendas

14/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional V

(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso).

Aprenda a Controlar seu Dinheiro

14/05 (13h às 17h)

Secretaria Regional IV

(Av. Dedé Brasil, 3770 - Serrinha).

Como Formar Preço para seu Negócio

15/05 (13h às 17h)

 Espaço do Artesanato
 (Av. Santos Dumont, 2500, Lj.17 - Aldeota)

Aumentando suas Vendas com Criatividade

15/05 (13h às 17h)

Secretaria Regional V

(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso).

Boas Práticas de Fabricação

17/05 (14h às 16h)

Espaço do Artesanato
 (Av. Santos Dumont, 2500, Lj.17 - Aldeota)

Vendas no Mundo Digital

17/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Ingrid Mayara

(Rua Raquel de Holanda, S/N - Ellery)

Gestão de Finanças Pessoais

18/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional IV

(Av. Dedé Brasil, 3770 - Serrinha)

Empreendedorismo e o MicroempreendedorIndividual

22/05 (14h às 16h)

Ijoven

(Rua Prof. Jacinto Botelho, 1600 - Patriolino Ribeiro)

Empreendendo com Sucesso/Etapas para o Empreendedor

22/05 (09h às 11h)

Centro de Qualificação Profissional

(Av. Celso Tinoco, 1374 - Vila União)

Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras

24/05 (09h às 11h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Pio Saraiva, 335 - Quintino Cunha)

Economia Solidaria

29/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Antônio Candeia, 245 - Guajiru)

Inovando para Crescer no Mercado

29/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional I

(Rua Dom Jeronimo, 20 - Otávio Bonfim)

Como Identificar uma Oportunidade de Negócio

30/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Antônio Neri, S/N - Granja Portugal)

 

Publicado em Economia

prefeito roberto cláudio observa obra de asfaltamento em rua do bairro genibau
Visita ocorreu na manhã desta terça-feira (24/04). Intervenção faz parte do investimento da Prefeitura na requalificação asfáltica da Cidade
O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (24/04), as obras de urbanização da comunidade Área Verde II, localizada no Genibaú (Regional V). Acompanhado da secretária da Infraestrutura, Manuela Nogueira, do coordenador das Regionais, Renato Lima, o Gestor andou pelas ruas do bairro e conversou com os moradores.

A obra inclui nova pavimentação em oito vias da Comunidade, troca de iluminação, nova sinalização e correção de calçadas. “As ruas que estão sendo modificadas eram ainda na areia, calçamento ou pavimento antigo e isso acumula lama na frente das casas. Estamos fazendo essa intervenção em vários locais da Cidade para garantir mais qualidade de vida aos moradores”, afirmou o Prefeito.

Moradora do Genibaú há nove anos, Dona Antônia Saraiva ficou satisfeita com o início das obras. “Vai melhorar muito. As crianças vão poder brincar e vai reduzir muitos os mosquitos também porque aqui tem muita lama, disse a dona de casa.

A requalificação asfáltica será entregue em 30 dias. Quando concluída, a obra vai facilitar a vida de pedestres, motoristas e motociclistas que trafegam diariamente na região.

Publicado em Infraestrutura
Os mediadores atendem as partes envolvidas
Desde 2014, foram 2.131 aconhecimento com 75% dos casos mediados com sucesso

Os Núcleos de Mediação de Conflitos, implementados pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), vêm proporcionando diálogos que viabilizam a resolução pacífica de conflitos em cinco Regionais de Fortaleza. Desde a implantação, em julho de 2014, esses espaços realizaram 2.131 acolhimentos, com uma média de 75% de resolutividade.

Os dados fazem parte de um relatório apresentado pela Coordenadoria de Mediação de Conflitos da Sesec, que mostram as Regionais VI, IV e I como as primeiras em atendimentos da população. De acordo com o levantamento, a Regional VI lidera as estatísticas com 1.132 acolhimentos, seguida da IV, com 484, e da Regional I, com 277. Também aparecem nos números, as Regionais II e III, com 127 e 111, respetivamente. “Os números se justificam pelo engajamento dos parceiros, sobretudo delegacias de polícia e juizados especiais, além do adensamento populacional que acaba trazendo maior índice de conflitualidades. Vale ressaltar que conflitos de vizinhança são os de maior incidência, seguidos pelos de família e dívidas”, explica o gerente de Mediação Cidadã, Ítalo Borges.

Para a coordenadora de Mediação de Conflitos da Sesec, Tatiane Castro, os núcleos colaboram diretamente com a prevenção da violência, tendo em vista que a maior parte das demandas vem das delegacias. “Tratamos os crimes considerados de menor potencial ofensivo como ameaça, injúria, calúnia, difamação que, em 70% dos casos, são demandados das delegacias. Com isso, a Prefeitura de Fortaleza contribui, por meio da segurança cidadã, com a prevenção da violência em nossa Cidade”, afirma.

Mais

Desde a sua criação, a Sesec estabeleceu a Coordenadoria de Mediação de Conflitos, que atua nos âmbitos comunitário e escolar com o objetivo de promover uma cultura de paz nas comunidades e escolas. No aspecto comunitário, destaque para conflitos mediados entre briga entre vizinhos, crimes contra a honra, dívidas, questões relacionadas à família e outros. No âmbito escolar, a Sesec capacitou mais de 700 atores do cenário acadêmico municipal com iniciativas voltadas para a promoção da cultura de paz. Entre as principais ações estão as rodas de conversas, círculos de construção de paz, palestras e sensibilizações.

Mais informações pelo 3281-9120.

Publicado em Segurança Cidadã

A 5ª edição da Semana Municipal sobre Drogas está movimentando a cidade de Fortaleza entre os dias 26 e 30 de junho, com ações de cuidado, prevenção ao uso de drogas e promoção à vida. Iniciativa da Prefeitura de Fortaleza e execução da Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas), o evento chega ao seu quarto dia nesta quinta-feira (29/06) com atividades nos bairros Papicu e Jangurussu.

Pela manhã, das 7h às 9h, a atuação se concentra no Terminal do Papicu com atividades de redução de danos, no qual a equipe multidisciplinar da CPDrogas estará orientando a população sobre os malefícios do uso indevido de substâncias psicoativas. Além disso, haverá entrega de insumos e distribuição de informativos com informações sobre a rede de atenção que o município oferta para as pessoas que estão envolvidas com o uso de drogas. 

Já no período da tarde, a intervenção continua no Cuca Jangurussu, das 13h30 às 15h30, com o projeto #ReconstruindoSonhos que, de forma lúdica, dialógica e artística, atua por meio de oficinas de dobraduras, rosas e arteterapia com crianças e adolescentes, fortalecendo os fatores de proteção ao uso de drogas, minimizando assim, os fatores de risco no território.

Para a coordenadora adjunta da pasta, Patrícia Studart, o propósito dessas ações vai muito além da prevenção, trabalhando também o conceito singular da CPDrogas de acreditar na valorização do ser humano e da vida. “Envolver a sociedade com essa temática é de muita relevância, somar forças para lutar contra essa problemática, por meio de intervenções que promovam o fortalecimento de fatores de proteção, melhorando a qualidade de vida de crianças, jovens e adultos em diversas esferas sociais”, afirma.

Publicado em Social

A Prefeitura de Fortaleza inicia grande ação de limpeza para eliminação de todos os pontos de lixo localizados nos arredores de escolas municipais da Regional I. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (26/06), a partir das 8h, na EMEIF Francisco das Chagas de Farias, no bairro Jardim Iracema.

A requalificação do espaço localizado do lado da escola seguirá por dois dias e contará com limpeza. melhorias da calçada e do meio-fio, paisagismo, pintura, ciclomonitoramento e ação de educação socioambiental junto aos moradores e comerciantes com a participação dos alunos e da equipe educadora da escola. No local, a Prefeitura já instalou iluminação branca, mais uma contribuição à segurança pública e à sustentabilidade da ação.

Diariamente, a gestão municipal disponibiliza, em todos os bairros da cidade, centenas de garis, acompanhados por caçambas, microcoletores, caminhões e compactadores para a execução das coletas domiciliares e das limpezas de pontos de lixo. Já foram também instalados 24 Ecopontos e o primeiro Ecopolo da cidade, localizado na avenida Leste-Oeste, está com obras em andamento.

Existem pontos de lixo nas imediações de 18 das 46 escolas municipais que beneficiam comunidades da Regional I. A meta da Prefeitura é requalificar todos estes locais, localizados nos bairros Barra do Ceará (04), Vila Velha (03), Jardim Iracema (03), Álvaro Weyne (02), Jardim Guanabara (02), Moura Brasil (01), Carlito Pamplona (01), Cristo Redentor (01) e Ellery (01).

As ações de eliminação destes pontos de lixo contarão com parceria entre a Secretaria Regional I, Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor) e a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Ecofor.

 

Publicado em Meio ambiente
Página 1 de 3