A medida beneficia os condutores que usam a av. Eng. Santana Jr. e que se deslocam para a av. Sen. Virgílio Távora

Em atendimento à solicitação dos residentes nas imediações do Cocó, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), alterou a circulação de sentido da rua Dr. Edmílson Barros de Oliveira. A via voltou a operar no sentido norte-sul, após a sinalização ter sido readequada na tarde desta terça-feira (5/11).


Além de melhorar o acesso local, a medida beneficiará os condutores que trafegam na av. Engenheiro Santana Júnior e querem se deslocar para a av. Sen. Virgílio Távora. A única mudança é que não será mais permitida a conversão à esquerda na av. Pontes Vieira para quem vem da rua Dr. Edmílson Barros de Oliveira.


Desde o início das obras para construção de dois viadutos no cruzamento das avenidas Engenheiro Santana Júnior com Antônio Sales, técnicos do órgão permanecem no local para avaliar possíveis ajustes e medidas que possam minimizar transtornos aos transeuntes. Agentes de trânsito também atuam no entorno para orientar a população e indicar as opções de desvios.


 

Publicado em Mobilidade
Será abordado o vocabulário de viagem com frases comuns no relacionamento de pessoas no trânsito em busca de informações

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2014, o número de turistas estrangeiros tende a crescer em Fortaleza. Visando melhorar o atendimento a este público durante o evento esportivo, agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) e servidores da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) estão recebendo capacitação para aperfeiçoar seus conhecimentos em uma segunda língua. Ao todo, são 119 inscritos divididos em seis turmas de Inglês e uma de Espanhol.


Financiado pelo Ministério do Turismo, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o curso tem carga horária de 180 horas e pretende aprimorar a capacidade dos técnicos a fim de garantir uma melhor prestação de serviço aos visitantes da cidade.


As aulas, que são gratuitas e presenciais, acontecem de segunda a quinta-feira no auditório do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (Ctafor). No conteúdo, além das bases gramaticais, é abordado o vocabulário de viagem com frases comuns no relacionamento de pessoas no trânsito em busca de informações.


Segundo o chefe do Núcleo de Operações da AMC, Disraelli Brasil, aprender outro idioma é essencial para o bom relacionamento com os turistas, já que o órgão tem forte atuação na zona hoteleira e está sempre presente no entorno dos estádios em dias de jogos. “A comunicação com esse público vai possibilitar um ir e vir com mais conforto e segurança, já que poderemos interagir com eles diretamente, prestando informações e esclarecendo dúvidas sobre as opções de rota, os bloqueios, a circulação de veículos e os estacionamentos ”, explica ele.


 

Publicado em Gestão
No cemitério do Bom Jardim haverá um efetivo de 12 agentes que farão o controle do tráfego durante o dia 2 de novembro

No próximo sábado (2/11), Dia de Finados, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), preparou um esquema especial para realizar o controle de tráfego no entorno dos principais cemitérios da cidade. Cinquenta agentes irão trabalhar nos turnos da manhã e da tarde para garantir a segurança viária dos locais de visitação.


No cemitério Parque da Paz, um dos locais com expectativa de receber grande público, contará com a presença de 20 agentes durante todo o dia, a partir das 4h da manhã. O retorno que fica em frente ao cemitério, na avenida Juscelino Kubitschek, será temporariamente fechado, a fim de garantir a fluidez da via.


No São João Batista, localizado no Centro, 12 agentes farão apenas o controle de tráfego, sem a necessidade de realizar bloqueios e desvios. No cemitério do bairro Bom Jardim, o efetivo de apoio também será de 12 agentes e haverá a mudança temporária de sentido da rua Estrada do Jatobá, que ficará apenas sentido sul/norte no trecho entre as vias Urucutuba e Maranguape. No cemitério do bairro Parangaba, oito agentes promoverão o bloqueio da rua Napoleão Quezado entre as avenidas Osório de Paiva e Cônego de Castro.


Nos demais cemitérios da cidade, o controle do tráfego será realizado através de rotas. A fiscalização e o atendimento de ocorrências continuarão sendo realizados normalmente durante todo o feriado. A população pode acionar a AMC através do número 190.


 

Publicado em Fortaleza
A AMC orienta que o público utilize transporte coletivo para se deslocar até o estádio (Foto: Marcos Moura)

Prestando apoio a mais um duelo do futebol brasileiro neste domingo (27/10), a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), disponibilizará de 50 agentes para controlar o tráfego no entorno da Arena Castelão, palco do jogo entre Flamengo e Portuguesa, às 15h. A partida é válida pela 31ª rodada da série A do Campeonato Brasileiro.

Por volta de meio-dia, agentes da AMC iniciarão a operação coibindo a prática de estacionamento irregular e organizando a circulação dos veículos nos arredores do estádio. No início da tarde, a partir das 13h, a rua Pedro Dantas será bloqueada no cruzamento com as ruas Neném Gonçalves e João Fonseca para facilitar a chegada dos torcedores.

As opções para quem deseja ter acesso direto à Arena são as avenidas Paulino Rocha, Juscelino Kubitschek e Alberto Craveiro. Em virtude da realização de obras de mobilidade, os condutores que optarem ir pela avenida Dedé Brasil devem realizar os seguintes desvios: direita na avenida Heróis do Acre, esquerda na avenida Prudente Brasil, esquerda na rua Eldorado e esquerda na avenida Juscelino Kubitschek.

Para garantir maior fluidez na avenida Alberto Craveiro, as três faixas da referida avenida estarão operando no sentido Castelão e apenas uma no sentido contrário. No final do jogo, as quatro faixas terão, provisoriamente, sentido único, em direção à BR-116.

A AMC orienta que o público utilize transporte coletivo para se deslocar até o estádio. Um total de 56 coletivos adicionais ficará à disposição da população a partir de 8 horas da manhã. Serão 9 no Terminal do Antônio Bezerra, 10 na Parangaba, 10 no Siqueira, 8 no Papicu, 7 na Lagoa, 8 na Messejana e 4 no Conjunto Ceará.

Publicado em Fortaleza
Os agentes de trânsito têm papel fundamental na mobilidade urbana e também em saúde pública, no patrulhamento de órgãos para transplante

A categoria dos agentes de trânsito conquistou um marco histórico em sua trajetória com a criação da Lei 12.821, que institui o dia 23 de setembro como o Dia Nacional do Agente da Autoridade de Trânsito. Para comemorar a data, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), promoveu uma confraternização, na manhã desta segunda (23/9), com o propósito de homenagear estes profissionais que cumprem função de inegável importância para a mobilidade das pessoas nas  cidades.


De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o agente de trânsito é a pessoa credenciada para o exercício das atividades de fiscalização, operação, policiamento ostensivo de trânsito e patrulhamento. Embora não seja fácil a missão de controlar o tráfego, visto o acelerado crescimento urbano, o trabalho de cada um é essencial para garantir o direito de ir e vir dos cidadãos, melhorar o convívio entre veículos e pedestres nas vias públicas e até mesmo salvar vidas.


O papel de salvar vidas vai além de prestar um simples atendimento a acidentes ou executar projetos de alteração viária. Todos os anos, dezenas de órgãos são transportados com o apoio de batedores da AMC para os hospitais onde serão realizados transplantes. Cada minuto na vida dos pacientes que estão à espera de cirurgia é decisivo e depende também dos agentes de trânsito para um resultado satisfatório.


Para o gerente de operações da AMC, Disraelli Brasil, a população precisa compreender o trabalho destes servidores, que exercem função relevante na organização do espaço urbano. “Enfrentamos desafios diários na construção de um trânsito cada vez mais seguro e pacífico. Por isso, pedimos que a sociedade nos veja como profissionais que lutam para melhorar a mobilidade. Aplicar multas é só uma parte do trabalho realizado sempre em prol da segurança dos cidadãos e em cumprimento à legislação de trânsito ”, relata.


A fiscalização, conforme explica, também é necessária para coibir práticas irregulares que aumentam a probabilidade de colisões e acidentes. “Quando um motorista comete algum tipo de infração, ele está arriscando a vida de muitas outras pessoas”, alerta o agente, acrescentando que a população pode entrar em contato com a Central de Atendimentos da AMC através do 190.

 

Publicado em Fortaleza
A partir do seu funcionamento, Fortaleza contará com o total de 667 semáforos (Foto: Thiago Gaspar)

A partir de quinta-feira (19/9), motoristas que costumam trafegar pelo bairro Messejana serão beneficiados com o funcionamento de um novo semáforo situado no cruzamento das avenidas Frei Cirilo X Ministro José Américo. A medida, iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), visa a garantir maior fluidez no tráfego bem como facilitar os deslocamentos, principalmente, nos horários de pico.


O equipamento será implantado, na quarta-feira à noite (18/9), após realização de estudos e simulações de tráfego que constataram a necessidade do semáforo. Conforme análise técnica do órgão, veículos que realizam a conversão à esquerda em direção à Av. Min. José Américo tinham bastante dificuldade em realizar tal movimento, ocorrendo formação de longas filas que se estendiam na BR-116.


Com essa mudança, Fortaleza passará a contar com um total de 667 semáforos, sendo 373 (56%) centralizados e 294 (44%) convencionais.


 

Publicado em Mobilidade
A ação de fiscalização será contínua nos pontos de grande fluidez de trânsito por toda a cidade

Em quatro meses de fiscalização ostensiva para coibir estacionamentos irregulares na cidade, mais de 11 mil notificações foram aplicadas e 2.807 veículos apreendidos, o que representa uma média diária de 20 remoções. O resultado é reflexo de uma ação conjunta entre Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE) que visa a implantar a cultura de respeito às regras básicas de circulação e convivência urbana.


    Nos primeiros 120 dias de operação, as blitze volantes percorreram os bairros Centro, Aldeota, Montese e Messejana para autuar e rebocar carros e motos que estavam obstruindo o tráfego. Dentre os locais fiscalizados, a área central foi onde os agentes de trânsito registraram mais infrações, totalizando 1.678 veículos apreendidos.


    Para o gerente de operações da AMC, Disraelli Brasil, a ação é contínua e garante maior fluidez ao trânsito. “Como há uma rotatividade muito grande de pessoas nestes bairros, a fiscalização será por tempo indeterminado justamente para evitarmos que novos infratores surjam e desrespeitem não só à legislação vigente, mas o direito do próximo”, atenta.


    A principal irregularidade registrada dentre os carros removidos foi estacionar em local proibido, que é considerada infração média, ganho de quatro pontos na carteira e multa no valor de R$ 85,13. Já a maior parte das motos apreendidas estavam estacionadas no passeio. Neste caso, de infração de natureza grave, o condutor leva cinco pontos na carteira e deve desembolsar R$ 127,69 pelo erro cometido em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).


    Após a remoção, todos os veículos são levados para o depósito do Detran (Avenida Godofredo Maciel, 2.900 – bairro Maraponga). O acesso à sede do Órgão é das 8 às 15 horas. Os veículos apreendidos pela manhã são liberados à tarde, enquanto os apreendidos à tarde são liberados na manhã do dia seguinte.


    Para liberar o veículo, o proprietário deve se dirigir ao bloco de fiscalização, onde terá que solicitar o boleto de pagamento da taxa do reboque (R$ 63,86) e a diária (R$ 9,12 - carros e R$ 6,08 -motos). A multa pode ser paga somente por ocasião do licenciamento anual. Caso haja alguma pendência no licenciamento ou no IPVA, a mesma deve ser quitada. Somente depois desse pagamento, o veículo é liberado.

 

Publicado em Mobilidade
A AMC orienta que os torcedores utilizem táxi ou transporte coletivo para chegar ao Presidente Vargas

Neste domingo (18/8), a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) realizará operação especial de tráfego em apoio à Corrida contra o Fumo e ao jogo entre Fortaleza e Baraúnas pela Série C do Campeonato Brasileiro. Em ambos os eventos esportivos será disponibilizado um efetivo de 60 agentes, sendo 30 para cada um deles.


Com estimativa de 1.500 atletas inscritos, a corrida terá percursos de 10 e de 5 quilômetros e caminhada de um quilômetro. O trajeto será o mesmo em todas as provas, iniciando a partir das 7h com largada na Praça do Ferreira, de onde segue pela r. Major Facundo, r. Pedro I, r. Pe. Mororó, r. Castro e Silva, r. Conde D’Eu, r. Sena Madureira, r. Pedro I, r. Floriano Peixoto e retorna à Praça do Ferreira.


Nas vias incluídas na rota da competição o tráfego será compartilhado, ficando uma faixa destinada aos participantes e a outra ao fluxo veicular. Agentes de trânsito, distribuídos ao longo dos principais cruzamentos, efetuarão bloqueios temporários à medida que os competidores se deslocarem.


Para a partida que acontece às 16h no Estádio Presidente Vargas (PV), a AMC adotará medidas já habituais: coibição de estacionamento irregular nas principais vias de acesso ao estádio e bloqueio das ruas onde estão localizadas as entradas.


Desde as 13h, os agentes da AMC estarão realizando o controle de tráfego no entorno do estádio, coibindo estacionamentos irregulares e iniciando os bloqueios viários das ruas Costa Sousa e Paulino Nogueira. A terceira rua de acesso ao PV que também será bloqueada é a Rua Marechal Deodoro, com interdição prevista para o mesmo horário. A operação será realizada até o final da partida e dispersão do público.


A AMC orienta que os torcedores utilizem táxi ou transporte coletivo para chegar ao Presidente Vargas e alerta, aos que optarem por utilizar veículo particular, que estacionem apenas em locais permitidos e que não bloqueiem a saída das residências sob risco de tero veículo multado e rebocado.

 

Publicado em Esporte e Lazer
Bloqueio se dará entre as ruas Francisco Domingos e Júlio Braga

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), interditará provisoriamente o sentido sul-norte da Av. dos Astronautas, também conhecida como Perimetral, para viabilizar a realização de obras da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). O bloqueio passa a vigorar a partir desta sexta-feira (9/8) e contará com o auxílio dos agentes de trânsito para orientar os motoristas.


A interdição acontecerá no trecho compreendido entre as ruas Francisco Domingos e Júlio Braga. O desvio de tráfego será feito da seguinte forma: o condutor que trafegar pela av. dos Astronautas deve pegar à rua Verbena, onde será montado um contrafluxo, e seguir até a Rua Júlio Braga.


A previsão de término da obra é de 45 dias. Durante a intervenção, a rua Verbena terá sentido duplo, entre as ruas Cumaru e Júlio Braga. Os semáforos da av. Perimetral no cruzamento com a r. Júlio Braga serão ajustados para auxiliar os desvios.


Segundo a Cagece, no trecho serão assentados 300 metros de uma adutora com 1.500 milímetros de diâmetro. A nova tubulação é em aço, e irá transportar água da Estação de Tratamento de Água Oeste (ETA Oeste), até o reservatório da Companhia, localizado no bairro Pici.

 

Publicado em Fortaleza
O plano vai fazer um estudo para identificar áreas que demandam manutenção e construção de ciclovias

A Prefeitura de Fortaleza está dialogando com o movimento ciclista da Capital para a construção, em conjunto, do Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI). Na última terça-feira (06/08), representantes do movimento Ciclovida foram recebidos pelo secretário de Conservação e Serviços Públicos, João Pupo, e por técnicos da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) para discutir os projetos da gestão municipal com foco na priorização do transporte não motorizado.

Esse foi o primeiro encontro após a assinatura da ordem de serviço para elaboração do PDCI, solenidade que ocorreu no último dia 25 de julho. O Plano Diretor Cicloviário Integrado de Fortaleza fará um estudo para identificar áreas que demandam manutenção e construção de ciclovias, ciclofaixas e bicicletários na cidade, além de regulamentar o uso destes espaços. A colaboração dos ciclistas é fundamental para o desenvolvimento do diagnóstico do cenário atual.

“Nessa primeira conversa, os representantes do movimento ciclista de Fortaleza apresentaram algumas demandas que foram anotadas para verificarmos a viabilidade”, explica o secretário João Pupo, da SCSP. Dentre as vias citadas no encontro, foi sugerida para análise a Rua Ana Bilhar, no bairro Meireles. Técnicos da AMC farão uma vistoria ao longo da rua a fim de analisar se a mesma tem capacidade para comportar um espaço de circulação de bicicletas, considerando, principalmente, a segurança dos usuários.

A próxima reunião entre Prefeitura e ciclistas está agendada para o dia 19 de agosto, quando o movimento ciclista deve apresentar novas propostas e a AMC apresentará algumas respostas para as primeiras demandas apresentadas.

Atualmente, Fortaleza tem 74 km de ciclovias entre ciclovias federais, estaduais e vias municipais. A construção de novos 40 km já está prevista como parte de obras do Transfor.

(Veja o vídeo da matéria)

Publicado em Mobilidade