quiosques da feira da beira-mar ainda fechados
O Polo de Artesanatao da Beira-Mar deve funcionar com 50% da capacidade, das 16h às 21h, com turnos de trabalho alternados (dia sim, dia não) (Foto: Thiago Gaspar)

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) realizaram 212 fiscalizações e 37 autuações no protocolo de prevenção à Covid-19 neste fim de semana. Os dados foram apresentados na tarde desta segunda-feira (31/05) durante live com a superintendente da Agefis, Laura Jucá, e o diretor-geral da Guarda Municipal, inspetor Marcilio Tavora.

As ações de fiscalização, de sexta-feira até domingo (28 a 30/05), resultaram em 11 estabelecimentos interditados por descumprimento às medidas sanitárias de enfrentamento ao coronavírus e 25 atividades ou eventos encerrados nas ações de combate às aglomerações.

No combate à poluição sonora, foram apreendidos cinco paredões de som nos bairros Parquelândia, São João do Tauape, Vila Velha e Parangaba. De acordo com a Lei nº 9.756/11, é vedado o funcionamento de paredões de som nas vias, praças, praias e demais logradouros públicos. Em caso de descumprimento, o infrator tem o equipamento apreendido e recebe multa a partir de R$ 1.404,00.

A superintendente da Agefis, Laura Jucá, apresentou o balanço e enfatizou a importância da manutenção das responsabilidades compartilhadas para conter a disseminação viral em Fortaleza. “Por mais que a gente veja que existe uma parte da população cumprindo o que está determinado no decreto, ainda tem uma parte que insiste em fazer festas e aglomerações. A população pode ajudar fazendo denúncias ao verificar festas, aglomerações e estabelecimentos comerciais que estão abertos depois do horário de encerramento", alertou Laura Jucá.

O diretor da Guarda Municipal, inspetor Távora, destacou a importância das ações de fiscalização e do cumprimento dos decretos de isolamento social “As operações de fiscalização da Prefeitura o do Governo do Estado continuam, todos empenhados em fazer valer o decreto em vigor. Ressalto a importância da população continuar cumprindo as medidas de distanciamento social, o uso da máscara, álcool em gel. Todos nós precisamos estar unidos e empenhados para reduzir o máximo possível o número de pessoas com Covid-19.”, comentou.

Polo de Artesanato da Beira-Mar

O Polo de Artesanato da Beira-Mar volta a funcionar todos os dias da semana, com 50% da capacidade, das 16h às 21h, com turnos de trabalho alternados (dia sim, dia não), não ultrapassando o limite de 331 boxes abertos por dia. Atualmente, o polo artesanal possui 662 boxes.

Comerciantes e clientes que visitam o local devem respeitar protocolos sanitários com distanciamento social. Haverá controle do número de pessoas que acessam o local, disponibilização de álcool em gel, aferição de temperatura na entrada e fiscalização do uso obrigatório de máscaras. Também serão instalados gradis com divisor de faixa para organizar melhor o fluxo e o trânsito de pessoas nas dependências do Polo de Artesanato. Os boxes devem funcionar de forma intercalada para evitar aglomeração.

Normas de funcionamento

– distanciamento de dois metros;
– uso obrigatório de máscaras;
– disponibilização pelos permissionários de álcool 70% ou sanitizantes de efeito similar para uso próprio e de clientes;
– organização de filas para evitar aglomerações;
– presença limitada dos permissionários por barraca;
– recomendação para que seja evitada a possibilidade de manipulação dos produtos a serem comercializados pelo público em geral ou que seja utilizado álcool gel antes e após o manuseio;
– orientação e utilidade pública referente à prevenção da Covid-19.

Comércio

Desde o dia 15 de maio, o comércio de rua pode funcionar de 10h às 19h, com exceção dos restaurantes, que abrem das 10h às 21h, com limitação de 50% da capacidade. Já as lojas de shopping, de 12h às 21h, de domingo a segunda, incluindo praça de alimentação. As barracas de praia e mercados públicos estão autorizados a funcionar no período de 10h às 21h. O comércio atacadista, como a feira da José Avelino e entorno, funciona das 6h às 15h. O decreto ainda institui toque de recolher de 22h às 5h.

Fiscalização integrada

A ação fiscalizatória ocorre por meio de denúncias e de busca ativa nos estabelecimentos comerciais e logradouros públicos, sempre atenta aos dados epidemiológicos das Secretarias de Saúde e da Vigilância Sanitária.

As operações contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Denúncias

A Prefeitura de Fortaleza conta com o apoio da população para o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site https://denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.

Publicado em Segurança Cidadã

Os balanços das ações de fiscalização neste fim de semana foram apresentados em live, nas redes sociais da Prefeitura, na manhã desta segunda-feira (24/05). A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Guarda Municipal realizaram 113 ações de sexta-feira a domingo (21 a 23/05). Desse total, foram registradas 20 autuações e 15 estabelecimentos interditados por descumprimento às medidas sanitárias de enfrentamento à Covid-19. Além disso, 11 atividades ou eventos irregulares foram encerrados por promoverem aglomeração.

A superintende da Agefis, Laura Jucá, destacou a importância do cumprimento dos decretos de isolamento social “Verificamos muitas festas, muitas aglomerações, principalmente nos bairros de Fátima, Maraponga, Conjunto Ceará, Messejana, Dias Macedo, Passaré e Joaquim Távora. Ainda não estamos em vida normal, precisamos ter cautela. A colaboração da população é fundamental para que possamos vencer esse vírus”, detalha.

Instalação de gradis

A Agefis realizou a instalação de gradis de isolamento na Rua José Avelino e entorno. O objetivo da ação, que continuará no decorrer da semana, é impedir o comércio ambulante. O auxílio à fiscalização pretende evitar o uso desordenado do passeio e logradouro público.

Na semana, os gradis foram instalados no trecho entre as ruas Sobral e Governador Sampaio, nas vias Conde D’Eu, Alberto Nepomuceno, José Avelino, Travessa Crato, além do passeio na área do Mercado Central e da Catedral Metropolitana de Fortaleza.

“Sabemos do esforço não só da Prefeitura e do Governo do Estado, mas também de você cidadão. Precisamos que todos continuem se esforçando e seguindo os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19”, ressaltou o titular da Segurança Cidadã, coronel Eduardo Holanda.

Funcionamento do comércio

De acordo com o decreto municipal de isolamento social nº 15.014, publicado em 15 de maio de 2021, o comércio de rua (estabelecimentos situados fora dos shoppings) pode funcionar das 10h às 19h, com exceção dos restaurantes, que abrem das 10h às 21h, com limitação de 50% da capacidade. As barracas de praia e mercados públicos estão autorizadas a funcionar no período de 10h às 21h. Já os shoppings abrem das 12h às 21h, de domingo a segunda, incluindo praça de alimentação. O comércio atacadista, como a feira da José Avelino e entorno, funciona das 6h às 15h.

Fiscalização integrada

A ação fiscalizatória ocorre por meio de denúncias e de busca ativa nos estabelecimentos comerciais e logradouros públicos, sempre atenta aos dados epidemiológicos das Secretarias de Saúde e da Vigilância Sanitária.

As operações contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Denúncias

A Prefeitura de Fortaleza conta com o apoio da população para o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e iOS), do site https://denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.

Publicado em Segurança Cidadã

A Prefeitura de Fortaleza apresentou, nesta quinta-feira (13/05), o balanço das ações de fiscalização da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e da Guarda Municipal em cumprimento aos decretos municipal e estadual de isolamento social. Nesta semana, de 10 a 12 de maio, foram realizadas 378 fiscalizações e 22 autuações no protocolo de prevenção à Covid-19.

Nas mobilizações de combate às aglomerações, foram três atividades ou eventos encerrados, cinco estabelecimentos interditados e uma feira encerrada.

O diretor de operações da Agefis, Reginaldo Araújo, enfatizou a importância da manutenção das responsabilidades compartilhadas para conter a disseminação viral em Fortaleza e lembrou o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais. “Lembramos que os horários do comércio de rua, restaurantes e barracas de praia seguem de 10h às 16h, durante a semana, e abrindo das 10h às 15h, aos sábados e domingos. Já os shoppings, incluindo praça de alimentação, abrem das 12h às 18h, na semana, e de 12h às 17h, nos fins de semana”, detalhou. Seguem proibidas aulas presenciais em cursos técnicos, profissionalizantes e de idiomas. O isolamento social mantém o toque de recolher de segunda a sexta-feira, entre 20h e 5h, e aos sábados e domingos, de 19h às 5h".

“As nossas ações são para garantir a vida e a saúde dos nossos familiares. É muito importante que todos fiquem atentos porque o decreto de isolamento social permanece válido. Precisamos respeitar as medidas sanitárias para que não ocorra um aumento no número de casos de coronavírus”, destacou o secretário da Segurança Cidadã, coronel Eduardo Holanda.

A ação fiscalizatória ocorre por meio de denúncias e de busca ativa nos estabelecimentos comerciais e logradouros públicos, sempre atenta aos dados epidemiológicos das Secretarias de Saúde e da Vigilância Sanitária.

Fiscalização integrada

As operações da Agefis contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Denúncias

A Prefeitura de Fortaleza conta com o apoio da população para o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site https://denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156. Denúncias sobre aglomerações também podem ser comunicadas ao 190.

Publicado em Segurança Cidadã
Diretor de Operações da Agefis, Reginaldo Araújo, sentado na mesa do lado esquerdo de camisa cinza e o secretário da Segurança Cidadã Coronel, Eduardo Holanda , sentado a mesa de camisa azul marinho apresentando a live
O diretor de operações da Agefis, Reginaldo Araújo, e o titular da Sesec, coronel Eduardo Holanda, durante a live

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Guarda Municipal realizaram 359 fiscalizações e 14 autuações no protocolo de prevenção à Covid-19 nesta semana, de 26 a 28 de abril. Nas mobilizações de combate às aglomerações, foram 12 atividades ou eventos encerrados, três feiras encerradas e quatro estabelecimentos interditados por descumprimento ao decreto de Isolamento Social. Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, a Prefeitura detalhou os indicadores na tarde desta quinta-feira (29/04).

O diretor de operações da Agefis, Reginaldo Araújo, apresentou o balanço das operações e enfatizou a importância da manutenção das responsabilidades compartilhadas para conter a disseminação viral em Fortaleza. “Pedimos o apoio da população para que colabore e possamos reduzir os números no combate à Covid-19”.

Isolamento Social Rígido nos fins de semana

De acordo com o decreto em vigor, o isolamento social rígido continua mantido durante os fins de semana e, todos os dias, ocorre toque de recolher entre 20h e 5h.

A ação fiscalizatória ocorre por meio de denúncias e de busca ativa nos estabelecimentos comerciais e logradouros públicos, sempre atenta aos dados epidemiológicos das Secretarias de Saúde e da Vigilância Sanitária.

“As ações de fiscalização continuam e as barreiras sanitárias são retomadas nos fins de semana. Os números estão apresentando uma melhora, mas ainda precisamos da ajuda de todos”, destaca o secretário da Segurança Cidadã, coronel Eduardo Holanda.

Fiscalização integrada

As operações contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Denúncias

A Prefeitura de Fortaleza conta com o apoio da população para o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site https://denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156. Denúncias sobre aglomerações também podem ser comunicadas ao 190.

Publicado em Segurança Cidadã
Guarda Municipal tomando a vacina contra covid 19
Os profissionais estão sendo vacinados no Centro de Eventos do Ceará

Guardas municipais e agentes de Defesa Civil, fiscais da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e agentes da Autarquia de Trânsito e Cidadania (AMC) estão recebendo a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Os profissionais atuam na linha de frente contra a disseminação do coronavírus desde março de 2020. A categoria que atua nas forças de segurança e fiscalização de Fortaleza é considerada grupo de urgência à vacinação segundo as orientações do Ministério da Saúde.

O guarda municipal Adaildo Melo, que trabalha na Célula de Proteção Comunitária do bairro Bonsucesso, destacou a gratidão e motivação para manter o compromisso de proteger as pessoas. “É uma enorme satisfação. Agradeço ao governo que nos beneficiou com essa tão sonhada vacina”.

A fiscal de Atividades Urbanas e Vigilância Sanitária Wanessa Jheniffer Firmino falou sobre a importância de ser vacinada. “A vacinação me trouxe dois sentimentos: o fato de terem reconhecido a importância do nosso trabalho e o sentimento de ter maior segurança sanitária ao exercer meu serviço à população de Fortaleza”.

A vacina também foi motivo de comemoração para a guarda municipal Ana Rocha, da Célula de Proteção Comunitária Goiabeiras, que disse estar com as forças renovadas após esse período de provações. “Pra mim, esse momento é de grande importância, estou me sentindo mais segura e, com certeza, desempenharei o meu trabalho com mais eficácia ainda”, comentou.

O agente de fiscalização e trânsito da AMC Carlos Alberto Júnior também foi contemplado. “Diariamente, estamos nas ruas, nas ações de fiscalização, nas blitze, nas campanhas educativas e, por conta de toda essa exposição, acabamos ficando vulneráveis ao vírus. Estávamos aguardando a vacina desde o ano passado e agora estamos sendo agraciados no momento certo. Aproveito para pedir que as pessoas se conscientizem, usem máscaras e cuidem uns dos outros”, ressaltou.

Esses profissionais reforçam a segurança e orientam a população sobre as medidas preventivas, como o distanciamento social, o uso obrigatório de máscaras e a higienização das mãos com álcool gel 70%, além da atuação nas barreiras sanitárias, para o controle de circulação de pessoas, e da fiscalização a estabelecimentos comerciais e logradouros públicos para impedir aglomerações e exigir o cumprimento dos protocolos sanitários estabelecidos pelos decretos municipal e estadual.

O secretário municipal da Segurança Cidadã, coronel Eduardo Holanda, ressaltou o esforço da gestão municipal, junto com o governo estadual, na aquisição das vacinas. “A prioridade é total e absoluta para o pessoal que está na linha de frente. Estamos buscando cada vez mais, junto com o prefeito José Sarto, novas doses da vacina para que a gente possa imunizar todo o nosso efetivo logo”, afirmou.

Orientações do Ministério da Saúde (MS)

Conforme a Nota Técnica (nº 297/2021), emitida pelo Ministério da Saúde (MS), este grupo foi estabelecido como prioritário devido à exposição. Devem prevalecer os critérios a seguir para a aplicação do imunobiológico:

- trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;

- trabalhadores envolvidos em resgates e atendimentos pré-hospitalar;

- trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra Covid-19;

- trabalhadores envolvidos nas ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público, como barreiras sanitárias e fiscalização de estabelecimentos.

Publicado em Saúde
blitz da guarda municipal com carros parados em fila indiana
Os bloqueios sanitários permanecem instalados em pontos estratégicos da cidade (Foto: Thiago Gaspar)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, por meio da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), mais de 40 mil abordagens nas barreiras sanitárias. O controle de acesso de veículos na entrada e saída da cidade começou em fevereiro e segue em operação nos principais pontos de fluxo. Somente no período de isolamento social rígido, iniciado em 5 de março, foram registradas 22 mil abordagens de orientação aos motoristas em deslocamento.

A ação integrada visa garantir o cumprimento dos decretos estadual e municipal vigentes, com foco na prevenção e enfrentamento à disseminação da Covid-19. Além disso, a operação de controle e fiscalização busca monitorar o trânsito entre municípios e orientar a população sobre as restrições determinadas pelo poder público.

O titular da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), coronel Eduardo Holanda, explica que a instalação de barreiras sanitárias é uma das ações que a Prefeitura está realizando com o intuito de garantir a segurança e a vida da população diante da pandemia da Covid-19. “As pessoas que precisarem sair de Fortaleza devem levar um documento que justifique, que comprove a necessidade desse deslocamento. Quem não tiver necessidade urgente de sair, por favor, fique em casa”.

Os bloqueios sanitários permanecem instalados em pontos estratégicos da cidade, como ruas e avenidas de grande fluxo e locais que fazem limite entre os municípios da região metropolitana.

Durante as abordagens, além do repasse de orientações preventivas contra o coronavírus, é verificada a situação do veículo e a documentação dos condutores.

Publicado em Segurança Cidadã

 

Guardas vidas na praia
Os guarda-vidas podem ser procurados e acionados nos postos

De janeiro ao início de dezembro de 2020, 108 pessoas foram resgatadas com vida pela Inspetoria de Salvamento Aquático (ISA) da Guarda Municipal. O acompanhamento mensal aponta 33 resgates no mês de janeiro, nove em fevereiro, quatro em março, um em abril e dois em maio; junho, julho e agosto também contabilizaram, cada um, quatro resgates; 11 foram contabilizados em setembro, 12 em outubro, 17 em novembro e, até o dia 10 de dezembro, sete resgates foram registrados pelas equipes.

Os dados correspondem a uma diminuição de 50% de ocorrências em relação ao ano passado, quando a equipe computou 213 resgates sem vítimas fatais. Essa redução é justificada pelo período de isolamento social, instaurado como medida de proteção à disseminação do novo Coranavírus.

A ISA realiza, rotineiramente, abordagens preventivas a banhistas com dicas para o banho de mar seguro. A Inspetoria também desenvolve o projeto “Vidas Seguras”, em que crianças abaixo de 12 anos recebem pulseiras para identificar os pais ou responsáveis presentes no local.

De acordo com Antônio Vieira, coordenador da Inspetoria, para se ter um banho de mar seguro, “os banhistas devem ficar atentos às áreas permitidas para o banho, geralmente caracterizadas pela presença de guarda-vidas. Outra dica relevante é evitar a entrada no mar após a ingestão de bebida alcoólica. Aos pais que levam crianças à praia, a atenção deve ser redobrada e, para isso, temos pulseiras de identificação para menores de 12 anos e panfletos com outras informações relevantes”, indicou.

Com a missão de proporcionar um banho de mar seguro e consciente aos munícipes e turistas, os guarda-vidas estão distribuídos em sete pontos da orla, em postos localizados na Barra do Ceará, Carapebas, Ponta Mar, Luzeiros, Praia de Iracema e Náutico.

As equipes da Inspetoria de Salvamento Aquático permanecem de prontidão nos postos fixos, nas torres de monitoramento, em constante observação da orla. Os guarda-vidas podem ser procurados e acionados nos postos, que funcionam todos os dias, de 8h às 17h.

Publicado em Segurança Cidadã
Representantes da  Sesec e da GMF entregando os presentes e as doações para as senhoras da Casa de Nazeré
Entrega de presentes e donativos à Casa de Nazaré

A Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) e a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) finalizaram, nesta sexta-feira (18/12), a campanha natalina “Solidariedade Cidadã, com a entrega de presentes e donativos à Casa de Nazaré. Localizada no bairro Bom Futuro, a entidade filantrópica acolhe idosas em situação de risco e vulnerabilidade social há 79 anos.

A Campanha “Solidariedade Cidadã” teve como objetivo a sensibilização dos servidores para o desenvolvimento de um olhar de atenção, carinho, respeito e amor ao próximo, especialmente neste período complexo de pandemia e distanciamento social.

Para proporcionar um Natal solidário e com a intenção de realizar desejos, a campanha surgiu com a ideia de contemplar cada uma das 39 idosas residentes do abrigo com presentes escolhidos por elas mesmas. A partir disso, um site foi criado pelos órgãos contendo as fotos, nomes das senhoras e as lembrancinhas escolhidas por cada uma delas, e o link com essas informações foi divulgado aos servidores. Em poucas horas, cada senhora já havia conseguido um padrinho ou uma madrinha, que ficaria responsável por realizar seu desejo de Natal. Entre os pedidos recebidos estavam vestidos, sandálias, redes, relógios para deficiente, caixas de som, entre outros.

Em virtude do sucesso rápido da campanha, outros donativos também foram arrecadados pelos servidores ao longo do mês de dezembro. Ao todo, 296 itens de higiene pessoal como shampoos, condicionadores, fraldas geriátricas e colônias foram recolhidos para doar à entidade.

Algumas idosas participaram da entrega dos presentes e donativos, mantendo uma distância segura dos representantes da Sesec e GMF. Elas cantaram uma canção de boas-vindas e fizeram uma prece em forma de agradecimento aos convidados.

Maria Josenira, uma das irmãs responsáveis pela Casa, agradeceu pelas doações em nome da Organização: “Gostaria de estender meus agradecimentos não só aos que estão aqui presentes, mas a todos os servidores que contribuíram. Ficamos muito gratas e desejamos que Deus possa derramar muitas bênçãos sobre vocês, seus familiares e seu local de trabalho. Um feliz Natal e um ano novo cheio de paz para cada um”.

O Diretor da Guarda Municipal de Fortaleza, Romulo Reis, expressou o quanto se sentia honrado em participar do momento: “É uma honra estar aqui com vocês, porque quem ganha o presente, na verdade, somos nós. Fazer o bem acalenta o coração, especialmente em um ano difícil como 2020. Queríamos dar um abraço em cada uma das senhoras, mas a pandemia nos impede. No entanto, gostaria que todas se sentissem abraçadas por cada um de nós”, exprimiu.

O Secretário da Sesec, Cel. PM Soares, se declarou muito satisfeito com o resultado da campanha: “Nossa intenção foi realizar sonhos de natal. É um pequeno gesto de carinho em forma de presente, mas tem muito significado para todos nós proporcionar momentos felizes para essas senhoras. Nos sentimos orgulhosos em fazer parte de iniciativas como essa e de ter servidores que as abraçam. Ficam aqui meus votos de paz, saúde, mesa farta e um 2021 com mais esperança para todos”, pontuou.

Mais doações

Nas duas primeiras semanas de dezembro, Sesec e GMF realizaram outra campanha natalina, fruto de mobilização interna e arrecadação entre os servidores dos dois órgãos. Ao todo, 4 mil brinquedos foram arrecadados e doados para quatro entidades solidárias da capital: Iprede, Associação Peter Pan, Obra Lumen e Lar Amigos de Jesus.

Para o Diretor da GMF, inspetor Romulo Reis, a campanha foi muito gratificante: “Esperamos que os brinquedos doados pelos servidores tragam um pouco de alegria às crianças atendidas por essas entidades. Nos sentimos engrandecidos por colaborar com o trabalho de instituições tão sérias e dedicadas ao social”, comentou.

Publicado em Segurança Cidadã

A Secretária Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) e Instituto de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh) informam que o prazo de entrada de recurso do Curso de Formação Profissional para os Cargos de Subinspetor e Inspetor da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) ocorre no período de 18 a 21 de dezembro de 2020, junto à Diretoria de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores (Difap) e/ou à Academia de Segurança Cidadã (Amsec), no horário de 08:30 às 11:30 e de 13:30 às 16:30. Destaque-se, ainda, que o acesso a tais documentos (provas e gabaritos) será disponibilizado de forma presencial, no Imparh, a partir de 08:30 do dia 18 de dezembro e por meio da própria plataforma EaD, a partir das 14:00 do mesmo dia.

Mais informações

Publicado em Segurança Cidadã

Visando à capacitação contínua de seus servidores, a Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), por meio da Academia de Segurança Cidadã (Amsec), tem buscado articular treinamentos para uma permanente atualização dos conhecimentos teóricos e práticos dos agentes da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil e da Assessoria de Segurança Institucional.

No ano de 2020, respeitando o período de lockdown, o distanciamento social necessário e os protocolos de segurança e controle sanitário estabelecidos como medidas preventivas à contaminação pela Covid-19, a Sesec capacitou 958 agentes em 13 cursos, distribuídos em 30 turmas, totalizando 2.884 horas em treinamento.

De acordo com a Coordenadora da Amsec, Márcia Maria Vieira Evangelista, os servidores que estão na ponta necessitam de atualização constante e, assim que houve a possibilidade, os cursos foram retomados com as regras de segurança sanitária necessárias: “Após a retomada das atividades com as restrições impostas pela pandemia da Covid-19, a Amsec conseguiu realizar diversas capacitações, reduzindo turmas, utilizando a ferramenta de EaD para os Cursos de Formação Profissional para Inspetor e Subinspetor, dentre outros cuidados".

As capacitações, em modalidade presencial e à distância, contaram com a parceria de outras instituições, como a Força Aérea Brasileira (FAB), a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), o Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh) e a Guarda Municipal de Itaitinga, que agregaram sua expertise às peculiaridades e demandas dos servidores da Sesec.

Com o intuito de aprimorar as técnicas operacionais utilizadas diariamente pelos servidores e as estratégicas de gestão de segurança cidadã, os treinamentos abrangeram Formações Complementares e Formações Profissionais para os Cargos de Inspetor e Subinspetor, Formação de Instrutores Institucionais de Armamento e Tiro, e também Cursos de Operador de Drone, Operador de Tecnologias de Baixa Letalidade (Spark), Pilotagem em Motocicleta, Videomonitoramento, Abordagem a pessoas e veículos, entre outros.

Para o titular da Sesec, Cel. PM Soares, a capacitação contínua garante a eficiência nas operações executadas pelas equipes que trabalham nas ruas: “Os treinamentos asseguram a efetividade, o preparo e o nível de atuação elevados. Nosso objetivo é manter o compromisso de atuar na Segurança Pública com o aprimoramento das técnicas e metodologias para melhor realizar o enfrentamento à criminalidade”, enfatizou.

Publicado em Segurança Cidadã