Durante o mamaço, as mães também foram orientadas sobre a importância da doação de leite

Para encerrar as atividades da Semana Mundial da Amamentação, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu, na manhã de hoje (7/8), um encontro de mães e bebês, intitulado de “mamaço”, com objetivo de reforçar a importância do aleitamento materno.

Cerca de 50 mães participaram do evento, que foi realizado pelo posto de saúde Irmã Hercília, no bairro São João do Tauape. Os profissionais organizaram uma manhã com palestras, dinâmicas, aplicação da shantala (método de massagem especialmente desenvolvido para o bebê), distribuição de brindes e ofereceram um café-da-manhã para os presentes. Na oportunidade, eles também contaram com a participação de técnicos do banco de leite do Albert Sabin, que contribuíram com as orientações prestadas para as mães e falaram sobre a importância da doação de leite.

A Agente Comunitária de Saúde (ACS), Adriana Oliveira de Sena, enfatiza que a promoção de campanhas desse tipo é um instrumento a mais para que elas trabalhem a temática do aleitamento: “a gente ensina, ainda no pré-natal, como deve ser feita a amamentação. A campanha é um alerta a mais para que as gestantes percebam o quanto isso é importante”, destaca.

Luziana Ribeiro, moradora do São João do Tauape, teve a sua primeira filha há três meses. Ela considera que os esclarecimentos sobre a amamentação são fundamentais para preparar as mães para esse momento: “existem ainda muitos mitos em relação à amamentação e aos primeiros problemas que podemos ter na hora de dar de mamar. A gente aprende que amamentar deixa o bebê e a mãe mais saudáveis. No início dói, mas depois da primeira semana, torna-se prazeroso. Amamentar é questão de dedicação e amor, porque o bebê mama na hora que ele quiser, quantas vezes quiser. Eu aconselho todas as mães a darem de mamar”.

A enfermeira e coordenadora do posto Irmã Hercília, Maria Eli Lima, ressalta que o leite materno traz vários benefícios e é o alimento ideal para o bebê: “o aleitamento materno deve ser exclusivo até os seis meses de vida. Ele tem água, gordura, minerais, proteínas. O leite humano é completo e perfeito. Nesse período não deve ser dado nem água para o bebê”, conclui.

A SMS também promoveu o “mamaço” no Gonzaguinha de Messejana, com diversas atividades.


  

 

Publicado em Saúde
Usuários de telefone celular reclamaram junto ao Procon que foram chamados a pagar uma taxa semanal de R$ 3,99 pelo serviço não solicitado

O Procon Fortaleza instaurou processo administrativo contra a "Jet Chat", responsável pelo envio de mensagens via telefone celular (SMS) para consumidores que não solicitaram o serviço. O envio não solicitado de mensagens, inclusive em horários inconvenientes para o consumidor, como a madrugada, gerou várias reclamações de
consumidores, em sites especializados, e foi relatado também em Fortaleza.

Segundo registros da imprensa, usuários de telefones celulares reportaram ter recebido mensagens com a assinatura Jet Chat e com a informação da suposta necessidade de pagamento semanal de R$ 3,99 pelo "serviço" que não solicitaram.

Para apurar mais informações sobre o caso e investigar possível infração ao Artigo 39, parágrafos III e IV, do Código de Defesa do Consumidor, o Procon Fortaleza instaurou processo administrativo. "O grande número de reclamações e a forma como a cobrança do suposto serviço é colocada, mesmo sem solicitação por parte dos consumidores, nos levou a instaurar esse processo administrativo. Vamos investigar esse caso e tomar as providências necessárias, se ficar comprovada infração ao Código de Defesa do Consumidor", destaca o coordenador geral do Procon Fortaleza, George Valentim.

Publicado em Social
Além de cachorros, porcos, jegues e mulas também estão suscetíveis à doença

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Célula de Vigilância Ambiental de Riscos Biológicos da Secretaria de Saúde do Município (SMS) promove uma série de atividades dentro da Semana Nacional de Controle e Combate a Leishmaniose (calazar), entre os dias 5 e 10 de agosto.

As ações serão realizadas por 261 profissionais (agentes do controle de endemias e do núcleo de educação em saúde e mobilização, médicos-veterinários, assessores e técnicos) com foco tanto na população, quanto nos territórios mais suscetíveis à doença: idosos, crianças, moradores que vivem em áreas próximas a pocilgas, galinheiros e criação de bovinos, equinos e asininos (mulas, jumentos, burro) e também de áreas pouco urbanizadas, com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e onde não haja saneamento básico.

No período da campanha, os profissionais realizarão atividades educativas com visitas domiciliares (em áreas das seis regionais onde ocorreu concentração de casos de leishmaniose nos últimos três anos), exame sorológico de calazar em cães, apresentação de peças teatrais e paródias, palestras sobre prevenção e controle da doença, exposição de banners, faixas, cartazes e do ciclo evolutivo do flebótomo (Lutzomyia Longipalpis - vetor do calazar que é responsável por infectar o homem e o cão sadios).

O evento tem como objetivos alertar a população em relação aos perigos da doença; socializar as informações a respeito dos sintomas do calazar no homem e no cão; ressaltar a necessidade do exame laboratorial no cão, com periodicidade anual; expor os métodos de prevenção e controle do calazar; explicar como é feito o tratamento no ser humano; esclarecer que o tratamento no cão não pode ser realizado, pois é ineficaz e não é recomendado pelo Ministério da Saúde; e desmistificar o mito de que o cão é o vilão da doença.

 

Saiba mais

Em 2013, mais de 39 casos de leishmaniose visceral ou calazar foram confirmados em Fortaleza.  O flebótomo e a doença encontram-se disseminados em todo território de Fortaleza, até o mês de julho, foram confirmados seis óbitos. É necessário que a população comece a ter medidas preventivas dentro de casa, pois o mosquito precisa de umidade, matéria orgânica, áreas sombreadas e proteção do vento para sobreviver. As pessoas devem cuidar de seus quintais, retirando as folhas, limpando as áreas embaixo das árvores frutíferas e denunciando as criações de animais (pocilgas, galinheiros, bovinos, eqüinos e asininos – mulas, jumentos e burros) que são proibidas em área urbana em virtude da Lei Municipal 8966/2005.

 

Publicado em Saúde
Um estande de apoio à SMS estará funcionando em frente ao Náutico Atlético Cearense

A Secretaria de Saúde do Município (SMS), por meio da área técnica de DST/ Aids/ Hepatites virais, participa da XIV Parada pela Diversidade Sexual que acontecerá em Fortaleza no próximo domingo, 7/7. Na ocasião, os profissionais da SMS realizarão um trabalho informativo/preventivo, com a distribuição de panfletos e insumos de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis (preservativo masculino e gel lubrificante).

A equipe será composta por 50 pessoas, entre técnicos da DST/ Aids/Hepatites virais, mobilizadores sociais, agentes comunitários de saúde e voluntários. Os profissionais realizarão um trabalho junto ao público durante a Parada e contarão com um estande de apoio que ficará localizado em frente ao Náutico Atlético Cearense, no calçadão da av. Beira Mar.

Para a coordenadora da área técnica de DST/ Aids/ Hepatites virais, Fabiana Sales, o evento gera a oportunidade para a realização de um bom trabalho de divulgação dos serviços disponibilizados pela SMS: “a nossa grande contribuição é poder trabalhar com a população as ações de prevenção. Além disso, temos também a função de integrar as diversas ações para esse público”, ressalta.

Serviço:
XIV Parada pela Diversidade Sexual de Fortaleza
Data: domingo - 07/07/2013
Horário: concentração às 13h
Local: em frente a barraca do Joca, na Av. Beira-Mar (próximo ao Náutico Atlético Cearense)
Realização: Grupo de Resistência Asa Branca (Grab)
Apoio: Prefeitura Municipal de Fortaleza

Publicado em Fortaleza
A capacitação é destinada a enfermeiros e bioquímicos unidades de saúde municipais, estaduais, federais e conveniadas com o Município

De 27 a 29 de maio, a Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove treinamento para enfermeiros e bioquímicos na realização de testes rápidos de HIV e sífilis. A ação é realizada por meio da parceria entre as áreas técnicas municipais de Saúde da Mulher e Gênero / Rede Cegonha e DST-HIV-Aids / hepatites virais.

A capacitação é destinada a 25 colaboradores que trabalham em unidades de saúde municipais, estaduais, federais e conveniadas com o Município. O evento vai acontecer na Universidade de Fortaleza (Unifor) das 8h às 17h (parte teórica: bloco B - 24; parte prática: laboratório H - 15).

Unidades de saúde participantes: Hospital da Mulher, Hospital Nossa Senhora da Conceição, Gonzaguinhas do José Walter / Barra do Ceará / Messejana, Hospital Geral Dr. César Cals, Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), Hospital Nossa Senhora das Graças, Pronto Socorro Prontomédico, Hospital Cura D´ars e Hospital Menino Jesus.

Publicado em Saúde
Imagem do treinamento. A iniciativa é parte do Plano de Ações de Saúde para a Copa (Foto: Thiago Gaspar)

A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS) está capacitando profissionais de nível médio e superior em atendimento de urgência. O curso é realizado no Núcleo de Ensino e Pesquisas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (NEP - Samu).

As turmas são compostas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, maqueiros e porteiros. Cada turma recebe 12h/aula (teóricas e práticas). A iniciativa é parte do Plano de Ações de Saúde para a Copa e tem como objetivo capacitar os profissionais da rede municipal para eventos que possam exigir a mobilização dos serviços de urgência em Fortaleza.

As aulas são realizadas no Samu às segundas (8h-11h30), terças (8h-11h30) e quartas-feiras (8h-11h30/ 13h-17h). No Gonzaguinha de Messejana,  às quintas e sextas-feiras (19h-22h). Foram contempladas com a capacitação oito unidades de saúde. São elas: Unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps) Janival de Almeida, Edmar Fujita e Alarico Leite; hospitais secundários Frotinha de Messejana, Frotinha de Parangaba, Gonzaguinha de Messejana e Gonzaguinha do José Walter; e o Centro de Assistência à Criança (Croa).

Serviço

Samu - Rua Padre Guerra, 1350 - Amadeu Furtado.
Gonzaguinha de Messejana – Av. Washington Soares, 7700 – Messejana.

Programação do curso:
•Política nacional de atenção às urgências/perfil de atendimento das unidades em Fortaleza/acolhimento com classificação de risco;
•Suporte básico de vida – reanimação cardiopulmonar (RCP) / obstrução de vias aéreas por corpo estranho (OVACE) / uso de desfibrilador externo automático (DEA);
•Incidente com maúltiplas vítimas;
•Emergências clínicas, traumáticas e imobilizações.


Informações por meio do telefone do Samu: 3452-9149

 

Publicado em Saúde
Na pauta, soluções para melhorar a prevenção e tratamento da Sífilis congênita e de gestante (Foto: Kaio Machado)

Na última terça-feira (7), Socorro Martins, a titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), recebeu a médica Nathalie Broutet, da Organização Mundial de Saúde (OMS) e chefe do Department of Reproductive Health and Research (Departamento de Saúde e Pesquisa em Saúde Reprodutiva da OMS), e Rodolfo Gomez, gerente da Family Health and Life Course/Pan American Health Organization (Saúde Familiar e Curso da Vida da Organização Pan-Americana de Saúde). Na pauta estava o estabelecimento de parceria destas instituições internacionais com a Prefeitura da Fortaleza e apresentação de proposta de um projeto de treinamento à distância para profissionais da atenção primária que trabalham diretamente na prevenção e tratamento da sífilis congênita e de gestantes.

“Nosso trabalho, agora, é implementar novos processos e conseguir transformar o tratamento que hoje é dado para a sífilis. Para isso, precisamos identificar os gargalos, mudar a qualidade do nosso pré-natal e criar uma consciência com o cidadão para o perigo da doença”, explicou a secretária Socorro Martins.

A proposta apresentada oferece aos profissionais envolvidos com o atendimento e tratamento dos casos de sífilis identificados uma atualização sobre o problema, capacitação, além do acesso a novos protocolos que envolvem o tema. A ideia também foi apresentada para a Universidade de Fortaleza (Unifor) que, inclusive, pode ser inserida no processo de treinamento à distância.

Estão entre as ações que a SMS propõe para a problemática da sífilis: discussão com os profissionais de Saúde sobre a situação epidemiológica da doença em Fortaleza; capacitação para todos os profissionais de atenção primária para o diagnóstico precoce e tratamento, bem como no atendimento emergencial no caso de anafilaxia; e aquisição de kits de emergência para todas as unidades e de testes rápidos para diagnóstico de HIV e sífilis, além de geladeiras para acondicionamento, para todas as unidades.

Nathalie Broutet mostrou entusiasmo diante da nova política de saúde do Município e afirmou que acredita nessa e em outras parcerias ao longo da gestão. Já Rodolfo Gomez declarou que a implantação das novas medidas da SMS e a efetivação da parceria traria para a atual situação da sífilis em Fortaleza uma saída rápida e efetiva.

Os especialistas estrangeiros participaram, em Fortaleza, nos dias 6 e 7 de maio, do Seminário Internacional de Prevenção da Transmissão Vertical da Sífilis. O evento foi promovido pelo mestrado em saúde coletiva da Unifor, em parceria com a Secretaria de Saúde do Município de Fortaleza.

Publicado em Saúde
A Praça do Ferreira recebe programação voltada à população de asmáticos (Foto: arquivo)

A Prefeitura de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove, durante a manhã do sábado (4/5), uma série de atividades ligadas ao Dia Mundial da Asma. A programação será realizada na Praça do Ferreira, das 8h às 11h30, em parceria com a Sociedade Cearense de Pneumologia e Tisiologia.

Destinado à população de asmáticos em tratamento, o evento disponibilizará aparelhos para medida do sopro, além do monitoramento de profissionais da saúde, que orientarão os pacientes em relação ao controle e autocontrole das crises. São pneumologistas especialistas em asma, enfermeiros, assistentes sociais, farmacêuticos, fisioterapeutas da SMS e estudantes de medicina da Liga do Pulmão.

Na ocasião, haverá também o lançamento da primeira etapa do Programa de Atenção Integral à Criança e Adulto Asmático de Fortaleza - 2013 (Proaica). O programa retoma as atividades com a capacitação dos profissionais da rede da Atenção Básica da SMS, no dia 12 de junho.

O Proaica existe desde 1999 e, com o seu funcionamento, o número de internações e atendimentos de emergência foram reduzidos em até 80%. Além disso, foi possível amenizar o sofrimento dos pacientes e reduzir os custos com a doença.

Saiba Mais
A asma é uma doença causada pela inflamação das vias aéreas ou brônquios, que causa no paciente sintomas como falta de ar, sensação de aperto e chiado na região do peito e tosse. Estima-se que no Brasil existam, aproximadamente, 20 milhões de asmáticos, atingindo 10% da população em geral e 20% das crianças.

É a quarta causa de internação em território nacional, com 156 mil hospitalizações. No ano passado, foram 4.538 em Fortaleza.

Serviço
Dia Mundial da Asma
Quando: Sábado, dia 04/05, das 8h às 11h30
Onde: Praça do Ferreira, Centro

Publicado em Saúde
A qualificação é destinada aos 220 permissionários e ambulantes que trabalham no PV (Foto: Marcos Moura)

A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), por meio da Célula de Vigilância Sanitária (Cevisa), promove capacitação para os permissionários e ambulantes que comercializam alimentos e bebidas no estádio Presidente Vargas (PV). O evento acontece nos dias 2 e 3 de maio, a partir das 8h30, no auditório do PV, com apoio da Célula de Saúde do Trabalhador, responsável pelo acolhimento dos profissionais que participarm dessa atividade.   

São ministradas palestras sobre manipulação e conservação dos alimentos, contaminação cruzada, higienização de equipamentos e utensílios. O objetivo é minimizar os riscos associados aos alimentos, além de repassar as exigências da legislação pertinente aos serviços de alimentação para os comerciantes e, assim, garantir a segurança no consumo dos produtos.

Publicado em Saúde
Primeiro balanço da Secretaria de Saúde do Município aponta que a campanha atingiu 30% da população estimada (Foto: Marcos Moura)

O Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe até o dia 10 de maio. A Prefeitura de Fortaleza também aderiu a esse novo cronograma de vacinação e, por mais duas semanas, todos os cidadãos que compõem o grupo prioritário devem procurar os postos de saúde para se vacinar. O grupo é formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem como meta para Fortaleza vacinar aproximadamente 420 mil pessoas. O balanço feito até o Dia D, 20/04, mostrou que a população acima dos 60 anos foi a que mais compareceu aos postos, e que a campanha atingiu 30% da população estimada.

Nacionalmente, segundo os dados do Ministério da Saúde, foram imunizadas 14,9 milhões de  pessoas até as 18 horas de quarta-feira (24/04). Isso representa 47,6% da meta do Ministério, que estima vacinar 31,3 milhões de pessoas integrantes dos grupos prioritários. A campanha, que começou dia 15 de abril, pretende vacinar 80% do público-alvo.

Prevenção
O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.

Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar

Publicado em Saúde