Peça gráfica

A Escola Pública de Teatro da Vila das Artes lança, nesta sexta-feira (22/06), as inscrições para a residência “A Criação Artística a Partir do Espaço Não-Convencional e/ou Urbano”, que seguem abertas até o dia 10 de julho, com os artistas e professores Eduardo Bruno e Waldírio Castro. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

As aulas ocorrerão na Vila das Artes, de segunda a sexta-feira, entre os dias 16 de julho e 1º de agosto, das 17h às 20h. Os interessados precisam ser maiores de 16 anos e preencher a ficha de inscrição online. O resultado do processo será divulgado no dia 12 de julho deste ano.

A proposta da oficina é desenvolver possibilidades criativas com base na relação do corpo com espaço não-convencional e/ou urbano. A investigação se dará a partir do entendimento do espaço em suas mais variadas camadas: a arquitetura, o simbólico e o social. O objetivo é que os artistas criem intervenções estético-políticas na paisagem cotidiana.

Os facilitadores da residência são Eduardo Bruno e Waldírio Castro. Eduardo possui graduação em Lic. em Teatro (IFCE), especialização em Semiótica (UECE) e atualmente cursa o mestrado em Artes Cênicas (ECA-USP). Já Waldírio é ator, performer, cantor e dançarino. É formado no curso técnico profissionalizante em Teatro (SESI-SP) e cursa atualmente o Técnico em Dança do Porto Iracema das Artes.

Residência “A Criação Artística a Partir do Espaço Não-Convencional e/ou Urbano”
Período de Inscrição: 22/06 a 10/07
Resultado: 12/07
Data: 16/07 a 1/08
Horário: 17h às 20h
Link para inscrição: goo.gl/s2m5V5

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Teatro da Vila das Artes lança, nesta quinta-feira (21/06), as inscrições para a oficina Teatro de Sombras, com o Grupo Ânima, que seguem abertas até o dia 5 de julho. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

As aulas ocorrerão na Vila das Artes, de segunda a sexta-feira, entre os dias 9 e 17 de julho. O horário dos encontros será no turno da tarde, das 14h às 17h. Os interessados precisam ser maiores de 16 anos e preencher a ficha de inscrição online. O resultado do processo será divulgado no dia 6 de julho deste ano.

Clique aqui para fazer a inscrição

A proposta da oficina é compreender a sombra como um elemento lúdico teatral, tanto pelo corpo que assume diversas formas na sombra, quanto pelo suporte como uma simples parede que pode se transformar em um rico cenário. A proposta é trabalhar a linguagem do teatro de sombras, desenvolvendo experiências estéticas, estimulando a criatividade e despertando habilidades psicomotoras.

Os facilitadores da oficina Teatro de Sombras são Cleomir Alencar e Tatiane Sousa, ambos do Grupo Ânima de Teatro de Bonecos. Cleomir é diretor do Grupo e artesão desde 2001, além de manipular os bonecos do programa televisivo Nas Garras da Patrulha. Já Tatiane é atriz, trabalha com criação e animação de bonecos, contação de histórias e performance teatral.

Serviço
Oficina “Teatro de Sombras”

Período de Inscrição: 21/06 a 5/07
Resultado: 6/07
Data: 9 a 17/07
Horário: 14h às 17h
Link para inscrição: https://goo.gl/yaFnAR

Publicado em Cultura
Peça gráfica Fendafor

A Vila das Artes sediará quatro cursos gratuitos que fazem parte da programação do Festival Internacional de Dança de Fortaleza e Itinerante do Ceará 2018 (Fendafor), entre os dias 28 de junho e 6 de julho deste ano.

Entre os cursos estão, Hip Hop, com Luis Alexandre, nos dias 28 e 29/06, das 14h às 15h30. O curso Residência Artística Moderno Contemporâneo, com Fabi Lima, nos dias 28, 29 e 30/06, das 8h às 10h30. Ballet Clássico Juvenil, com Victor Ciattei, nos dias 29 e 30/06, das 11h às 12h30. E por fim, o curso Ballet Clássico Infanto Juvenil, com Bete Spinelli, nos dias 5 e 6/07, das 9h às 10h30.

Nesta edição, o festival conta com a promoção de 32 cursos em escolas de dança e equipamentos públicos como o Theatro José de Alencar e a Vila das Artes. A inscrição por ser feita pelo site www.fendafor.com.br.

O Festival tem como foco principal um programa de formação pedagógica para bailarinos, pensadores e produtores culturais, bem como a circulação de espetáculos em cidades do interior do estado do Ceará. Além de cursos de diversas disciplinas práticas e teóricas de dança e teatro, o festival tem uma extensa programação de mostras de dança competitiva e não-competitiva.

Serviço
- Hip Hop, com Luis Alexandre
Data: 28 e 29/06
Horário: 14h às 15h30

- Residência Artística Moderno Contemporâneo, com Fabi Lima
Data: 28, 29 e 30/06
Horário: 8h às 10h30

- Ballet Clássico juvenil, com Victor Ciattei
Data: 29 e 30/06
Horário: 11h às 12h30

- Ballet Clássico infanto juvenil, com Bete Spinelli
Data: 5 e 6/07
Horário: 9h às 10h30

Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Inscrição: www.fendafor.com.br

Publicado em Cultura
Frame do filme Quando o Mar, de Lua Alencar, aluno de audiovisual da Vila das Artes
Frame do filme Quando o Mar, de Lua Alencar, aluno de audiovisual da Vila das Artes

Na 69ª edição do Salão de Abril, três alunos do Curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes estão entre os 43 artistas cearenses selecionados para esta edição da mostra. São eles: Lua Alencar, com a obra “Quando o Mar”; Darwin Marinho, com “Desculpe a Paz que lhe Roubei”; e Léo Silva, com “Banho de Ruínas”.

Os trabalhos, que consistem em instalações e materiais audiovisuais, foram produzidos dentro de ateliês do curso ou desenvolvidos a partir do conhecimento técnico proporcionado na vivência da formação da Vila das Artes.

“Desculpe a Paz que lhe Roubei”, de Darwin Marinho, é uma obra que está posicionada já na primeira sala da Casa do Barão de Camocim. A instalação foi desenvolvida a partir do processo de montagem do filme “Teto”, produzido no ciclo “Imagem e Cidade” do Curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes, sobre uma mulher trans e negra. O cenário construído na sala de exposição busca dialogar com o cenário do filme.

No segundo andar, próximo às escadas, encontra-se a instalação de Léo Silva, “Banho de Ruínas”. O trabalho fala sobre as ruínas do centro histórico de Maracanaú (CE), onde haviam antes edificações e lugares que contemplavam a memória afetiva dos habitantes. A obra conta com material audiovisual e com fragmentos das ruínas coletadas de cada lugar visitado nas gravações, expostos no chão da Casa do Barão de Camocim.

Ainda sobre memória e ruína, a obra de Lua Alencar, “Quando o Mar”, é representada pelo vídeo de mesmo nome, produzido no ateliê “Imagem e Narrativa” do Curso de Realização em Audiovisual. Nele, o autor buscou documentar, em uma linguagem fotográfica, o espaço físico e imaginário da antiga Praia do Peixe e Ponte Velha, bem como seus personagens.

Visitação
Estas e as demais obras do 69º Salão de Abril ficam disponíveis para visitação na Casa do Barão de Camocim até o dia 26 de junho deste ano, de terça a sexta, das 9h às 20h; aos sábados, das 9h às 17h; e aos domingos, das 13h às 17h.

O 69º Salão de Abril celebra os 75 anos de história da mostra e homenageia os 100 anos de nascimento do multiartista Zenon Barreto, autor da escultura Iracema Guardiã, um símbolo da cidade de Fortaleza.

Serviço
69º edição do Salão de Abril

Visitação: Terça a sexta, das 9h às 20h; sábado, das 9h às 17h; domingo, das 13h às 17h.
Local: Casa do Barão de Camocim
Endereço: Rua General Sampaio, 1632, Centro

Publicado em Cultura

O 69º Salão de Abril encerrará a programação de ações formativas que compõem o Seminário Falas Nômades com um debate que reunirá artistas e pesquisadores das Artes, nesta terça-feira (12/06), no auditório da Vila das Artes. O tema em discussão será “Salão de Abril, tensões e resistência” e contará com a condução de Herbert Rolim, artista e curador, e com a participação da pesquisadora Mariana Maia e de Júlio Lira, um dos artistas cearenses selecionados nesta edição do Salão.

“A História do Salão de Abril é marcada por tensões estéticas e políticas. O Seminário Falas Nômades encerra seu ciclo de debates ressaltando estes aspectos de resistência do Salão, dos quais o 68º Salão de Abril Sequestrado é um exemplo simbólico”, comenta o mediador Herbert Rolim. Doutor em Educação Artística pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e pesquisador do Curso de Licenciatura em Artes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Herbert Rolim é também um dos coordenadores do Seminário Falas Nômades.

O programa arte-educativo promoveu semanalmente, desde a abertura do Salão em 26 de abril, extensa programação, composta por palestras, debates e workshops, dirigidos sobretudo para artistas, pesquisadores, professores e licenciandos em Arte. As ações foram realizadas pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Programa de Pós-graduação em Artes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (PPGARTES – IFCE).

O 69º Salão de Abril celebra os 75 anos de história da mostra e homenageia os 100 anos do multiartista Zenon Barreto, autor da escultura Iracema Guardiã, um símbolo da cidade de Fortaleza. As obras selecionadas ficam expostas na Casa do Barão de Camocim até 26 de junho. O horário de visitação é de terça a sexta-feira, das 9h às 20h; aos sábados, das 9h às 17h; e aos domingos, das 13h às 17h.

Serviço
Debate "Salão de Abril, tensões e resistência", com Herbert Rolim, Mariana Maia e Júlio Lira
Data: Terça-feira (12/06)
Horário: das 18h às 20h30
Local: Vila das Artes
Endereço: R. 24 de Maio, nº 1221 – Centro

Publicado em Cultura
Peça gráfica Aulas Abertas

A Escola Pública de Dança da Vila das Artes abre inscrições, nesta terça-feira (05/06), para o programa "Aulas Abertas", que contará com aulas gratuitas de dança com os professores, de renome nacional e internacional, Márcio Carvalho e Gustavo Quintans. As inscrições seguem abertas até o dia 25 de junho, com divulgação de resultado no dia 28 do mesmo mês.

Os alunos poderão realizar inscrições no curso "Técnica Clássica" com Gustavo Quintans, que ocorrerá de 2 a 5 de julho, das 15h às 17h; e no curso "Workindance" com Márcio Carvalho, realizado nos dias 9, 11 e 13 de julho, das 14h30 às 16h30. Serão disponibilizadas 25 vagas para cada curso.

Os interessados precisam ter mais de 16 anos e fazer a inscrição por meio de ficha online, sendo obrigatório enviar foto e currículo com experiência na área da dança para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Ficha de inscrição Técnica Clássica

Ficha de inscrição Workindance

Técnica Clássica
No curso desenvolvido por Gustavo Quintans, o objetivo principal é o trabalho dinâmico dos movimentos e aperfeiçoamento técnico em dança clássica. É preferível que os candidatos a este módulo já tenham uma experiência em técnica clássica. Gustavo Quintans é professor e bailarino formado pela The Royal Ballet School de Londres. Atualmente é Maitre de Ballet do Teatro Nacional Brno, na República Tcheca.

Workindance
Destinado para bailarinos de níveis intermediário, avançado e técnico, Workindance pretende seguir a linha de movimentação do estilo moderno jazz, buscando trabalhar a coordenação motora, o controle corporal e a construção e desconstrução do corpo. Márcio Carvalho tem formação no Colégio de Dança do Ceará, em Ballet Clássico pelo método Royal e em Jazz e Moderno pela academia Vera Passos.

Programa Aulas Abertas
Período de inscrição: até o dia 25/06
Resultado: 28/06
Técnica Clássica: 2 a 5/07, das 15h às 17h
Workindance: 9, 11 e 13/07, das 14h30 às 16h30
Local: Vila das Artes – Rua 24 de maio, 1221, Centro

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove, na próxima segunda-feira (11/06), às 18h30, a 29ª edição do programa Cinema em Trânsito. Na ocasião, será exibida a série Desde Junho, que discorre sobre os protestos de 2013, da cineasta e produtora cultural Júlia Mariano. A exibição faz parte do cronograma de lançamento da série. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

A série, que terá exibição na Casa do Barão de Camocim, é aberta ao público. O conteúdo de “Desde Junho” possui material de arquivo como gravações e entrevistas documentadas a fim de discutir a onda de manifestações que tomou conta do País, em junho de 2013.

Júlia Mariano é cineasta e produtora cultural. Atua como diretora, produtora e roteirista. Formada em Comunicação/Jornalismo pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006) e especializada em documentário no curso regular da Escola de Cinema e Televisão de San Antonio de los Baños (EICTV), em Cuba (2005).

Cinema em Trânsito
O programa Cinema em Trânsito, que já está na sua 29ª edição, é promovido pela Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes. A ação tem como objetivo receber um realizador que está de passagem por Fortaleza para promover um bate-papo com exibição de filmes.

Projeto Cinema em Trânsito
Atração: Série “Desde Junho”, de Júlia Mariano
Data: Segunda-feira (11/06)
Horário: 18h30
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro

Publicado em Cultura
Fachada da Casa do Barão de Camocim inteiramente restaurada e com banners sobre o Salão de Abril nas laterais
Exposição do 69º Salão de Abril segue aberta ao público até o dia 26 de junho na Casa do Barão de Camocim (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultural de Fortaleza (Secultfor), dá prosseguimento à programação de ações formativas integrantes do 69º Salão de Abril, principal evento de Artes Plásticas do Estado e um dos mais prestigiados e concorridos do País.

O auditório da Vila das Artes recebe, na terça-feira (05/06), a palestra “Vá em frente, volte para casa!”, com Júnior Pimenta, um dos 43 artistas com obras selecionadas nesta 69ª edição do Salão.

Na quinta-feira (07/06), o workshop “Projetos de Pesquisa e Processos Artísticos" reúne, a partir das 16h, na Vila das Artes, artistas inscritos para uma atividade de leitura de porfólio conduzido pela pesquisadora e curadora independente Jacqueline Medeiros. Doutora em História da Crítica da Arte pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Jacqueline é uma das coordenadora do Seminário Falas Nômades, programa arte-educativo de ações formativas do 69º Salão de Abril. O seminário é realizado em parceria com o Programa de Pós-graduação em Artes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

O 69º Salão de Abril celebra os 75 anos de história da mostra e homenageia os 100 anos do multiartista Zenon Barreto, autor da escultura Iracema Guardiã, um símbolo da cidade de Fortaleza. As obras selecionadas ficam expostas na Casa do Barão de Camocim até 26 de junho. A exposição permanece aberta para visitação de terça a sexta, das 9h às 20h; aos sábados, das 9h às 17h; e aos domingos, das 13h às 17h.

Serviço
Palestra "Vá em frente, volte para casa!" , com Júnior Pimenta
Data: Terça-feira (05/06)
Horário: das 18h às 20h30
Local: Vila das Artes
Endereço: R. 24 de Maio, nº 1221 – Centro

Workshop "Projetos de Pesquisa e Processos Artísticos" , com Jacqueline Medeiros
Data: Quinta-feira (07/06)
Horário: das 16h às 20h30
Local: Vila das Artes
Endereço: R. 24 de Maio, nº 1221 – Centro

Publicado em Cultura
Arte do Curso TecnoPubliPerformance

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes abre inscrição para o curso “TecnoPubliPerformance – Performance e Tecnologia no Espaço Público”, na próxima segunda-feira (28/05). Interessados podem participar do processo seletivo até o dia 13 de junho deste ano.

Confira aqui o link para inscrição

O curso, ministrado pelo artista digital, performer e comunicador, Vitor Grilo, ocorrerá entre os dias 25 e 28 de junho, das 9h às 13h. A formação é voltada para performers, atores, artistas visuais, produtores culturais e demais interessados em performance, arte e tecnologia.

“TecnoPubliPerformance” tem como objetivo compartilhar e debater referências de performances realizadas no espaço público, tendo a tecnologia como elemento significante. Também faz parte do curso o compartilhamento de tecnologias utilizadas pelo facilitador para a realização do trabalho autoral dos alunos.

Vitor Grilo é pixador desde os 12 anos. Artista digital, performer, comunicador e colaborador de diversos festivais de arte e cultura realizados no Ceará. Atualmente é o realizador do projeto Cidade Mídia: #IssoNãoÉPixação, que discute a pixação utilizando videomapping e telepresença.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

TecnoPubliPerformance – Performance e tecnologia no espaço público
Inscrições: 28 de maio a 13 de junho
Link de inscrição
Resultado: 15 de junho
Realização: 25 a 29 de junho, 9h as 13h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de maio, 1221, Centro

Publicado em Cultura
Peça gráfica informações da convocatória

A Prefeitura de Fortaleza abre convocatória, nesta terça-feira (22/05), para o projeto Telas Abertas 2018, que irá selecionar seis propostas de curadoria de mostras de filmes que serão exibidos na Vila das Artes entre os meses de julho e dezembro de 2018. A inscrição é online e ficará disponível até o dia 10 de junho deste ano. A Vila das Artes é um equipamento da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Link para inscrição online

Link para o regulamento da convocatória

Além do preenchimento do formulário online, os proponentes devem enviar a proposta em PDF para o e-mail da coordenação do cineclube da Vila das Artes, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., de acordo com as especificações do regulamento. Os interessados devem ser maiores de 16 anos.

A convocatória, que é uma iniciativa da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes (EAV), tem como objetivo a seleção de propostas de curadoria de mostras de filmes, com a finalidade de fomentar atividades didáticas e debates entre os alunos do Curso de Realização em Audiovisual, para compor a programação do Cineclube Vila das Artes.

Convocatória Telas Abertas
Período de inscrição: 22/05 a 10/06
Análise e seleção das propostas: 12 a 14/06
Resultado: 15/06

Publicado em Cultura