Dando continuidade às intervenções na Av. Osório de Paiva, a Prefeitura de Fortaleza implanta na noite desta quinta-feira (26/07) um novo semáforo no cruzamento com a Rua Napoleão Quezado, no bairro Parangaba. A medida objetiva garantir maior segurança a pedestres e condutores que trafegam pela via, conhecida pelo alto índice de acidentes de trânsito. Somente nos últimos 10 anos, 129 pessoas morreram ao longo da avenida.

O novo equipamento, que terá tempo exclusivo para pedestres, reduzirá os conflitos veiculares e riscos de atropelamento. Além disso, facilitará o acesso dos veículos que vêm na Av. Osório de Paiva e desejam dobrar à esquerda na Rua Napoleão Quezado para chegar até a Av. Cônego de Castro.

De acordo com Diego Veras, gerente de projetos da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), essa conversão era arriscada. "Os motoristas tinham dificuldade em realizar essa manobra, pois precisavam fazer uma esquerda forçada para acessar a Rua Napoleão Quezado. Com o semáforo esse movimento será mais seguro", explica.

O semáforo começa a funcionar na madrugada desta sexta-feira (27/07). Agentes de trânsito darão suporte operacional à intervenção até que haja adaptação por parte dos condutores. A operação e o tráfego da região também estarão sendo avaliados pelos técnicos durante os primeiros dias de mudança.

Intervenções

Desde o início da intervenção, já foram instalados dois novos semáforos: um para pedestres em frente ao Terminal do Siqueira e outro no cruzamento da Av. Osório de Paiva com Rua Afrânio Peixoto. Foi implantado ainda tempo para pedestres nos equipamentos existentes no cruzamento da Av. Osório de Paiva com Raimundo Neri e Av. Osório de Paiva com Rua Luiz Vieira.

Até o final de agosto cinco novos serão implantados nas seguintes interseções: Osório de Paiva com Dom Henrique, Osório de Paiva com Rua Leblon Maia, Osório de Paiva com Rua Leão do Norte, Augusto dos Anjos entre Rua Primeiro de Maio e Rua Mucunã, além de Augusto dos Anjos com Rua Araripe Prata.

Como parte do projeto estão previstas outras medidas a serem executadas nos próximos meses como revitalização da sinalização viária, mudanças de circulação e binários, readequação de retornos e adequação de velocidade. A expectativa é continuar reduzindo o número de vítimas de trânsito a exemplo do que vem acontecendo nos últimos anos.

Publicado em Mobilidade

Em alusão ao Dia Nacional do Motociclista, comemorado no dia 27 de julho, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Gerência de Educação da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), programou uma semana de ações educativas direcionadas aos condutores e passageiros de motocicletas que são os agentes mais vulneráveis a acidentes de trânsito. Dentre os 256 óbitos registrados no ano passado, 50% eram ocupantes de motos.

Nesta terça-feira (24/07), será realizada mais uma edição do programa “Motociclista Prudente: quem é consciente não se envolve em acidente”. A abordagem acontecerá a partir de 6h30 ao lado da Escola de Mobilidade Urbana, na Via Expressa com Rua Major Virgílio Borba. Na oportunidade, os condutores receberão informativos com dicas para prevenir colisão e consequentemente evitar lesões graves.

“O principal objetivo é alertar quanto ao uso do capacete de segurança, que quando afivelado corretamente, reduz em até 40% o número de mortes e em 70% a probabilidade de lesões graves. A utilização é indispensável para salvar vidas e diminuir a severidade do acidente”, explica Nertan Rocha, gerente de Educação do órgão.

Outra ação a ser desenvolvida durante a semana é palestra e treinamento com motociclistas que trabalham em empresas de ônibus no sentido de orientá-los a adotar um comportamento seguro e respeitar às normas de circulação, atentando para os equipamentos de uso obrigatório. 

Redução de mortes

Fortaleza bateu recorde na redução das taxas de mortalidade no trânsito e pelo terceiro ano consecutivo apresentou queda no número de óbitos. No ano passado, foram registradas 256 mortes, representando o menor índice já contabilizado desde quando os dados passaram a ser sistematizados, em 2001. Com relação a 2016, houve uma redução de 9%.

No que se refere especificamente a motociclistas, houve uma redução de 13,5% no número de mortes, que caiu de 148 em 2016 para 128 em 2017. Entretanto, continuam sendo os mais vulneráveis, seguidos por pedestres, ciclistas e ocupantes de automóveis.

Confira a programação:

24/07 (terça-feira)
6h30 - Motociclista Prudente
Local: Via Expressa - ao lado da Escola de Mobilidade Urbana
14h - Palestra e treinamento
Local: Empresa Aliança (Rua Rio Tapajós, 70 - Vila Velha)

25/07 (quarta-feira)
9h – Palestra e treinamento
Local: Empresa Vitória (Caucaia)

26/07 (quinta-feira)
8h - Palestra e treinamento
Local: Viação Fortaleza (Br - 116, Km 06, 2069 - Cajazeiras)
14h30h - Palestra e treinamento (Motociclistas)
Local: Viação Fortaleza (Br-116, Km 06, 2069 - Cajazeiras)

27/07 (sexta-feira)
9h - Palestra e treinamento
Local: Sindiônibus (Av. Borges de Melo, 60 - Aerolândia)


 

Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza realiza, na próxima quinta-feira (19/07), com apoio da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, a segunda edição do Fórum Internacional de Boas Práticas em Fiscalização de Trânsito. O evento vai reunir especialistas da Europa, agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), além de agentes de outros órgãos de trânsito com atuação em Fortaleza e região metropolitana. Um dos destaques deve ser a participação do gerente de policiamento de trânsito da Global Road Safety Partnership (ou Parceria Global pela Segurança Viária, em tradução livre), braço da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, Marcin Flieger.

Durante o evento, com duração de um dia inteiro, serão apresentadas práticas internacionais de fiscalização com foco na segurança no trânsito, a relação entre as regras e a obediência a elas, como aprimorar o poder de persuasão da gerência do trânsito, a cooperação entre agentes de trânsito de diferentes esferas, como aprimorar a fiscalização dos principais fatores de risco que mais causam acidentes e o papel fundamental dos profissionais na redução do número de mortes e feridos de trânsito.

Serviço
Fórum Internacional de Boas Práticas de Fiscalização de Trânsito
Data: 19/07 (quinta-feira)
Horário: 8h às 17h
Local: Hotel Luzeiros – Avenida Beira Mar, 2600, Meireles

Publicado em Mobilidade

Com o intuito de garantir mais segurança à travessia na Av. Borges de Melo, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) vão instalar dois novos semáforos para pedestres ao longo da via. O objetivo é facilitar a travessia e o acesso à estação do Veículo Leve sobre Trilho (VLT). A operação terá início nesta quinta-feira (12/07).

O primeiro equipamento estará localizado na Av. Borges de Melo, no trecho compreendido entre as ruas Tertuliano Sales e Martinho Rodrigues. Um segundo será implantado próximo à sede da Polícia Federal, de modo a facilitar o deslocamento dos cidadãos. Os dois semáforos contarão com sinal sonoro. Com a intervenção, Fortaleza passa a contar com 107 semáforos exclusivos para pedestres.

Além desses equipamentos, está prevista a implantação de três faixas de pedestres nas ruas Eng. Edmundo Almeida Filho, Via Láctea e Bartolomeu de Gusmão. Os agentes de trânsito atuarão nos primeiros dias após a medida, orientando os motoristas e estimulando a atravessar de forma segura.

Solicitação de semáforo
O munícipe que desejar solicitar semáforo deve formalizar o requerimento em uma das centrais de atendimento do órgão: Rua Monteiro Lobato, nº 53, no Bairro de Fátima, Vapt-Vupt de Messejana e Antônio Bezerra, shoppings Rio Mar Fortaleza e Del Paseo.

Publicado em Mobilidade

A partir deste sábado (07/07) até o dia 29 de julho, a Rua Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face (conhecida por ser a continuação da Av. Virgílio Távora) será interditada, entre a Av. Pontes Vieira e a Rua Edmílson Barros de Oliveira, no bairro Dionísio Torres. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) darão suporte operacional à intervenção.

O bloqueio total nos dois sentidos será para viabilizar as obras do VLT Parangaba-Mucuripe. Segundo a Secretaria de Insfraestrutura do Estado do Ceará (Seinfra), está prevista a demolição do viaduto ferroviário existente e a construção de um novo.

Desvios no trânsito

- Os motoristas que trafegam na Av. Washington Soares e quiserem acessar a Av. Pontes Vieira devem dobrar à esquerda na Av. Antônio Sales, à direita na Rua Monsenhor Catão, à esquerda na Rua Beni de Carvalho, à esquerda na Av. Virgílio Távora e à direita na Av. Pontes Vieira.

- Os condutores que já se encontram na Rua Israel Bezerra e desejam acessar a Av. Pontes Vieira devem seguir até a Via expressa, entrar à direita na alça do viaduto da Av. Antônio Sales, à direita na Rua Monsenhor Catão, à esquerda na Rua Beni de Carvalho, à esquerda na Av. Virgílio Távora e à direita na Av. Pontes Vieira.

- Quem segue na Av. Pontes Vieira com destino à Av. Engenheiro Santana Júnior deve entrar à esquerda na Av. Virgílio Távora e à direita na Av. Antônio Sales. 

- Quem trafega na Av. Virgílio Távora (sentido praia/sertão) em direção à Av. Eng. Santana Júnior não poderá mais utilizar provisoriamente a Rua Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. A opção é dobrar à direita na Rua Prof. Francisco Gonçalves, à direita na Rua Cel. Linhares e à direita novamente na Av. Antônio Sales.

Publicado em Mobilidade

Cinco meses após a Prefeitura de Fortaleza ter implantado a readequação da velocidade na Av. Leste-Oeste como parte de um conjunto de intervenções viárias desenvolvidas para o local, o número de atropelamentos reduziu em 63%. O estudo realizado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) demonstrou ainda uma significativa diminuição de 54% no totalde acidentes com vítima que caiu de 52 para 24.

De acordo com levantamento coletado entre os dias 5 de fevereiro e 30 de junho de 2018, comparando com o mesmo período de 2017, 11 pessoas foram atropeladas no ano passado e quatro este ano. “Essa redução é reflexo da política de segurança viária adotada em Fortaleza que vem atuando nas vias com maior registro de acidentalidade. A Leste-Oeste era considerada perigosa pela estimativa de óbitos envolvendo, principalmente, pedestres. Ao analisar os dados e o comportamento dos motoristas na região, podemos dizer que aos poucos estamos revertendo essa situação à medida que garantimos um deslocamento mais seguro aos transeuntes”, esclarece o superintende do órgão, Arcelino Lima.

Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), a redução da velocidade de 60 para 50 km/h aumenta em dez vezes a chance da pessoa atropelada de sobreviver. Embora ainda esteja no período educativo, análise preliminar já indica que o condutor tem respeitado o novo limite. O excesso de velocidade é um dos principais e mais graves fatores de risco de acidentes. 

Intervenções

Com 106 mortes nos últimos 10 anos, a Av. Leste-Oeste recebeu mudanças para evitar acidentes. Ao longo do trecho entre as avenidas Pasteur e Radialista José Lima Verde, foram instalados seis novos semáforos. O trânsito em ruas perpendiculares também foi reorganizado em sistemas binários que contemplou ainda o fechamento de retorno e conversões. A medida incluiu nova sinalização horizontal e vertical, sete faixas de retenção para motocicletas, além de um desenho urbano mais amigável aos pedestres e ciclistas. 

A ciclofaixa existente junto ao canteiro central entre a Rua Jacinto Matos e Avenida Pasteur foi prolongada até a Avenida Radialista José Lima Verde, terminando no Cuca onde está localizada junto ao passeio. Ao todo, são 5 km de nova infraestrutura cicloviária na Av. Leste-Oeste, para oferecer mais segurança aos ciclistas. A próxima etapa da intervenção promoverá a ligação da Av. Leste-Oeste ao Centro e à Praia de Iracema.

Publicado em Mobilidade

Para viabilizar as obras de requalificação da Av. Aguanambi, o fluxo de veículos que trafega no sentido Centro/Messejana mudará de pista a partir da Av. Domingos Olímpio. A mudança não exigirá desvio. A única alteração é que os motoristas passarão a circular no contrafluxo até a Rua Padre Matos Serra. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) darão suporte operacional à intervenção, que terá início nesta quinta-feira (05/07) e deve durar até o fim deste mês.

A pista localizada em frente ao Hospital Uniclinic e ao grupo O Povo de Comunicação estará liberada apenas para acesso local, visto que os trabalhos serão contínuos. Entretanto, o órgão reforça que será proibido estacionar neste trecho. As linhas de ônibus devem seguir o mesmo contrafluxo indicado pela AMC.

O condutor que circula no sentido Messejana/Centro não sofrerá alteração no trânsito, devendo permanecer seguindo o desvio pelas ruas Mestre Rosa e Lauro Maia, de onde retorna para a Av. Aguanambi.

Sobre as intervenções
Atualmente, a obra de requalificação da Av. Aguanambi está com 90% de execução e possui liberação prevista para julho deste ano. Quando concluídos os serviços, a avenida será alargada, passando a contar com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma delas, localizada junto ao canteiro central, exclusiva para o transporte público.

Dentre as intervenções previstas no projeto, já foram concluídas as obras de construção de um viaduto sobre a rotatória, uma passarela com elevadores para pedestres e toda a rede de drenagem e ampliação do canal existente na via.

Publicado em Mobilidade

Motoristas fortalezenses podem ganhar até 40% de desconto nas multas de trânsito. É que a Prefeitura de Fortaleza aderiu ao Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), aplicativo desenvolvido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) com o objetivo de facilitar a vida do cidadão e desburocratizar o serviço. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) é o primeiro e único órgão do Ceará a incorporar a ferramenta.

Por meio desta tecnologia o proprietário do veículo recebe de forma mais rápida a notificação sem que seja necessário o envio de cartas via remessa postal. “Pela simples tela de um celular já é possível tomar ciência da notificação e a partir de então optar pelo benefício. Caso o condutor tenha o interesse de obter o desconto, deve admitir eletronicamente que cometeu a infração abrindo mão de qualquer tipo de recurso ou defesa prévia”, explica Clébio Lima, chefe do Núcleo de Tecnologia da Autarquia.

A ferramenta é gratuita e está disponível nas lojas de aplicativos para aparelhos que utilizam o sistema Android e iOS. Poderá ser beneficiado pelo serviço apenas o usuário que aderir ao sistema eletrônico. As notificações sujeitas ao desconto de 40% são aquelas emitidas a partir do dia primeiro de junho deste ano desde que ainda não tenham sido enviadas pelos Correios. “Além do desconto, a comodidade em receber o auto de modo eletrônico por si só já dinamiza o processo”, opina o técnico.

Para ter acesso às funcionalidades, é preciso baixar o aplicativo intitulado SNE, criar uma conta pessoal, cadastrar os dados do veículo, indicando placa e código do Renavam do automóvel. Após se cadastrar, o usuário vai poder conhecer detalhes de cada multa, copiar o código de pagamento e efetuá-lo. Será dada a baixa na notificação automaticamente.

Passo a passo do SNE

  • Abra o aplicativo e cadastre CPF, e-mail, senha, CNH e código de segurança da CNH. Faça o login e cadastre seu(s) veículo(s), com placa e número do Renavam.

  • Todas as informações serão validadas nas bases do Denatran.

  • Feito o cadastro, o motorista, caso cometa infração, será notificado por meio do aplicativo.

  • Pague o boleto com 40% de desconto (o usuário pode solicitar o documento com código de barras da infração ou apenas copiar o código para pagamento).

Publicado em Mobilidade

Em continuidade às obras de requalificação do corredor de ônibus Messejana/Centro, a Prefeitura de Fortaleza realiza alteração viária em trecho da Av. Aguanambi. Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) darão suporte operacional à medida, que acontece a partir desta quarta-feira (20/06). A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) modifica o itinerário das linhas 503 - Av. 13 de Maio/Rodoviária I, 666 - Jardim Castelão e 504 - Av. 13 de Maio/Rodoviária II.

Como parte das intervenções, o condutor que trafega na Av. Aguanambi (sentido BR-116/Centro) não poderá mais entrar à esquerda na Rua Cel. Sólon. A opção é fazer essa conversão no quarteirão anterior, na Rua Padre Matos Serra, que receberá novo semáforo para possibilitar esse movimento.

A Rua Padre Matos Serra também terá seu sentido invertido no trecho compreendido entre a Rua Dom Sebastião Leme e Av. Aguanambi. Dessa forma, o motorista que se dirigir em direção ao Centro deve entrar à esquerda na Rua Padre Matos Serra, à direita na Dom Sebastião Leme e à esquerda na Cel. Sólon. As linhas de ônibus 503 - Av. 13 de Maio/Rodoviária I e 666 - Jardim Castelão que trafegam no sentido sul/norte seguem o desvio pela Rua Pe. Matos Serra e depois o itinerário original. A linha 504 - Av. 13 de Maio/Rodoviária II que circula no sentido norte/sul segue o desvio pela Rua Sousa Girão e continua o percurso normal.

Outra mudança provisória que objetiva facilitar o acesso dos moradores do bairro José Bonifácio à Av. Aguanambi é que a Rua Joaquim Magalhães terá o sentido invertido entre a Rua Lourenço Feitosa e Av. Aguanambi.

Já para quem circula na Av. Aguanambi (sentido Centro/Br-116), a novidade é que o contrafluxo existente será prolongado até o cruzamento com a Rua Padre Matos Serra.

Sobre as intervenções
A obra de requalificação da Av. Aguanambi está com 85% de execução e possui entrega prevista para julho deste ano. Quando concluídos os serviços, a Avenida será alargada, passando a contar com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma delas, localizada junto ao canteiro central, exclusiva para o transporte público. Dentre as intervenções previstas no projeto, já foram concluídas as obras de construção de um viaduto sobre a rotatória, uma passarela com elevadores para pedestres e toda a rede de drenagem e ampliação do canal existente na via.

A obra contempla ainda a implantação de novas calçadas, ciclovias, paisagismo, estações junto ao canteiro central e novas praças. As obras fazem parte do corredor expresso Messejana/Centro, cujo projeto prevê o acesso expresso do centro da cidade até o Terminal de Messejana.

Publicado em Mobilidade

Na data em que a Lei Seca completa dez anos, a Prefeitura de Fortaleza segue cumprindo a legislação intensificando as operações em toda Cidade com o objetivo de promover uma maior conscientização sobre os riscos de conduzir o veículo sob efeito do álcool. As ações de fiscalização, que acontecem em vias com alta taxa de acidentes, refletem na redução de mortes no trânsito.

De janeiro a maio deste ano, 28.781 condutores foram submetidos ao teste da alcoolemia em blitzes realizadas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), com apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e da Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária. Sete destes deram positivos e 464 motoristas recusaram se submeter ao etilômetro. A expectativa é que 60 mil testes sejam realizados ao longo do ano.

O intuito do Órgão é somar esforços e demonstrar à sociedade o trabalho de prevenção de acidentes de trânsito. Diariamente, nos quatro turnos, equipes atuam em comandos operacionais oferendo o teste de etilômetro para condutores, além de verificar a documentação e as condições de tráfego do veículo.

A tendência é reforçar essas mobilizações para criar a cultura no cidadão de cumprimento às regras. “Ao intensificarmos a fiscalização, estaremos aumentando a segurança de todos, visto que o álcool torna os reflexos mais lentos, diminui a vigilância e reduz a capacidade visual, o que contribui para acidentes graves e mortes no trânsito”, explica o superintendente do órgão, Arcelino Lima.

No Brasil a tolerância de álcool é zero. Conduzir veículo automotor sob influência dessa substância é uma infração de natureza gravíssima x10, multa no valor de R$ 2.934,70 e se a concentração for igual ou superior a 0,30 miligramas de álcool por litro de ar alveolar ou o motorista tenha sinais que indiquem alteração de capacidade psicomotora, o mesmo ainda será detido.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um condutor que desrespeita a lei com um copo de cerveja, por exemplo, tem três vezes mais chance de morrer em um acidente do que um condutor sóbrio. Portanto, ao aplicar as leis de trânsito, espera-se promover uma mudança de cultura da população e o mais importante: preservar vidas.

Publicado em Mobilidade