jovens mexendo em computadores
Além da premiação em dinheiro, equipes vencedoras serão contempladas com incubação de 10 meses (Foto: Divulgação)

O Juventude Digital (JD) está com inscrições abertas até quinta-feira (07/12) para o JD Hackathon de Impacto, competição de soluções tecnológicas que integra o JD Festival 2023 que acontece nos dias 16 e 17 de dezembro, no Centro de Eventos do Ceará. São 100 vagas e a premiação total é de R$ 5 mil, além de incubação para os projetos vencedores.

Para se inscrever, é necessário ter entre 18 e 29 anos e ser residente em Fortaleza. Interessados devem conferir o edital disponibilizado no portal do JD, finalizar o cadastro no Fortaleza Digital e preencher formulário on-line. É possível se inscrever de forma individual ou em grupos de cinco a oito pessoas.

Os critérios para a seleção são: perfil de trabalho em equipe, nível de intenção empreendedora, compreensão da atuação no Juventude Digital e ser ex-aluno do Juventude Digital. Metade das vagas será destinada a pessoas de grupos sociais minorizados (mulheres, pessoas negras, pessoas LGBTQIA+, pessoas com deficiência e indígenas).

JD Hackathon

O hackathon é uma competição no formato de maratona que propõe o desenvolvimento de soluções tecnológicas. Neste JD Hackathon de impacto, os participantes poderão escolher entre três desafios propostos no edital: descarte de resíduos eletrônicos, inclusão digital de pessoas socialmente vulneráveis e inclusão de jovens no mercado de trabalho. Durante o evento, todas as atividades terão apoio de mentores experientes do mercado, além de convidados especiais.

“O JD Festival 2023 oferta diversas experiências na tecnologia. O JD Hackathon de Impacto é uma oportunidade para que alunos elaborem soluções tecnológicas para melhorar a cidade e possam tirar esse projeto do papel por meio da incubação. Além disso, os jovens estarão sendo acompanhados por especialistas da tecnologia, o que permite sua aproximação do mercado e desenvolvimento do seu potencial empreendedor”, salienta Ianna Brandão, coordenadora do Juventude Digital.

Premiação
As cinco equipes vencedoras do JD Hackathon de Impacto receberão como prêmio a incubação de seus projetos por 10 meses, em parceria com a Somos Um, organização sem fins lucrativos, que busca solucionar problemas sociais e ambientais por meio de negócios de impacto.

Além disso, as três primeiras equipes receberão os seguintes valores: R$ 2.500 (1º lugar), R$ 1.500 (2º lugar) e R$ 1.000 (3º lugar).

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. O JD capacitou 30 mil jovens, realizou mais de 200 cursos e oficinas e alcançou 22 mil pessoas em cerca de 100 eventos.

Sobre a Somos Um

A Somos Um é uma organização estruturante, sem fins lucrativos, que busca solucionar problemas sociais e ambientais por meio dos negócios, colocando impacto no centro das decisões. A organização presta serviços e realiza projetos para apoiar empreendedores e negócios de impacto e para impulsionar organizações e iniciativas de apoio ao ecossistema de impacto, além de produzir conteúdo sobre o tema, realizar cursos, hackathons sociais, programas de incubação e de aceleração de negócios de impacto, consultorias, e também iniciativas de articulação e mobilização de atores do setor. Inspirados pelo Professor Muhammad Yunus, prêmio Nobel da Paz, sonha com o dia em que não haverá mais pobreza.

Serviço
Inscrições abertas para JD Hackathon de Impacto
Período: até 07/12 (quinta-feira)
Onde: portal do Juventude Digital
Gratuito para jovens de 18 a 29 anos residentes em Fortaleza

 

Publicado em Fortaleza
Sala de aula mostra aluno e professor além de computadores abertos
O CRT já recebeu mais de 5 toneladas de resíduos eletrônicos e capacitou 186 alunos no curso de Manutenção e Montagem de Computadores (Foto: Zé Vitor)

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta quinta-feira (30/11), o segundo Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT) de Fortaleza, no Bom Jardim. O local receberá doações de resíduos eletrônicos e capacitações gratuitas do Juventude Digital (JD). O novo CRT fica ao lado da sede da Secretaria Executiva Regional (SER) 5, funcionando de segunda a sexta-feira.

“Fortaleza é referência em políticas públicas inovadoras de manejo de resíduos sólidos e o CRT é um excelente exemplo disso. Por meio do Mais Fortaleza, nossa meta é contemplar cada vez mais pessoas e territórios da cidade com esse equipamento, promovendo o descarte correto de resíduos eletrônicos e impulsionando a economia circular e a sustentabilidade na capital", destaca Luiz Alberto Sabóia, presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova).

Coordenado pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova) e pelo Juventude Digital, o CRT faz parte do programa Mais Fortaleza, lançado pela Prefeitura para qualificar a gestão de resíduos sólidos.

Descarte de eletrônicos

Inaugurado em novembro de 2022, o primeiro CRT da cidade, na Praia de Iracema, já recebeu 5 toneladas de resíduos eletrônicos. Cerca de 3 toneladas foram repassadas à associações de catadores para o descarte correto, gerando R$ 20 mil de renda.

O CRT recebe doação de resíduos eletrônicos variados: CPUs, notebooks, tablets, smartphones, monitores, teclados, mouses e impressoras, além de todos os tipos de cabos. Além dos CRTs da Praia de Iracema e do Bom Jardim, todas as Secretarias Regionais de Fortaleza recebem resíduos eletrônicos.

Os resíduos que ainda possuem possibilidade de recondicionamento, como computadores e notebooks, são utilizados durante as aulas do curso do Juventude Digital. No mês de setembro, 15 associações de catadores foram contempladas com computadores recuperados para otimizar sua rotina de trabalho.

Qualificação

O novo equipamento no Bom Jardim deve capacitar 30 jovens mensalmente por meio do curso de Manutenção e Montagem de Computadores, do Juventude Digital. A formação é gratuita, voltada para jovens de 15 a 29 anos residentes em Fortaleza, e prioritariamente oriundos de escola pública.

No curso, os participantes aprendem desde os componentes do computador até a identificação de problemas e soluções nas máquinas. No total, foram capacitados 186 alunos em 17 turmas, segundo ressalta Ianna Brandão, coordenadora do programa. “A qualificação completa o objetivo do CRT porque os alunos reutilizam e restauram máquinas que antes poderiam ser destinadas ao descarte incorreto, mas são recuperadas e doadas para associações de catadores da cidade”, conclui.

Inovação

O CRT integra uma série de iniciativas inovadoras na área de resíduos sólidos, como o projeto Re-ciclo e parcerias com a União Europeia e o Bloomberg Centro de Inovação Pública, da Universidade Johns Hopkins.

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. O JD capacitou 30 mil jovens, realizou mais de 200 cursos e oficinas e alcançou 22 mil pessoas em cerca de 100 eventos.

Serviço
CRT do Bom Jardim
Endereço: Avenida Oscar Araripe, 1030 - Jardim Shopping - loja 10 - Bom Jardim 
Funcionamento: segunda a sexta-feira
Horário: das 8h às 12h e das 13h às 17h

CRT da Praia de Iracema
Endereço: Rua dos Tabajaras, 440 - Praia de Iracema
Funcionamento: segunda a sexta-feira
Horário: das 8h às 12h e das 13h às 17h

Mais informações: portal do JD ou @juventudedigital_(Instagram) 

Publicado em Fortaleza
Jovem recebendo gabinete de computador
Desde o início das operações, em novembro de 2022, o CRT da Praia de Iracema já recebeu cinco toneladas de resíduos eletrônicos (Foto: Tainá Cavalcante)

A Prefeitura de Fortaleza inaugura nesta quinta-feira (30/11), às 9h, o segundo Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT) de Fortaleza, no Bom Jardim. O espaço receberá doações de resíduos eletrônicos e capacitações gratuitas do Juventude Digital (JD).

Na inauguração, acontece o workshop “Desvendando o Hardware: conhecendo componentes e suas funções no computador". As inscrições estão abertas no portal do JD para jovens de 15 a 29 anos, residentes em Fortaleza e prioritariamente oriundos de escola pública.

Coordenado pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova) e pelo Juventude Digital, o CRT faz parte do programa Mais Fortaleza, lançado pela Prefeitura para qualificar a gestão de resíduos sólidos.

Desde o início das operações, em novembro de 2022, o CRT da Praia de Iracema já recebeu cinco toneladas de resíduos eletrônicos. No espaço, acontecem aulas do curso de Manutenção e Montagem de Computadores do Juventude Digital. A formação capacitou 186 alunos em 17 turmas.

Serviço
Inauguração CRT do Bom Jardim com workshop
Data: 30/11 (quinta-feira)
Horário: 9h
Local: CRT do Bom Jardim (Jardim Shopping, Loja 10 - Av. Oscar Araripe, 1030 - Bom Jardim)
Inscrições para workshop: portal do Juventude Digital 
Gratuito

Publicado em Fortaleza
Dois homens se cumprimentam
Vice-prefeito, Élcio Batista, e Luiz Alberto Sabóia, presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), participaram do evento

A 5ª edição do Café Labifor promoveu, nesta segunda-feira (27/11), um debate sobre o papel e impacto das inovações e tecnologias para impulsionar o mercado de crédito e os índices de reciclagem na cidade. Realizado pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova), o evento contou com a presença do vice-prefeito, Élcio Batista, da diretora do Observatório de Fortaleza (Iplanfor), Elisângela Teixeira, do secretário da Conservação e Serviços Públicos, João Pupo, do diretor especial de resíduos sólidos da ACFOR, Professor Gradvohl, e representantes das associações de catadores.

O vice-prefeito Élcio Batista enfatizou o papel das políticas e ações do programa Mais Fortaleza como ferramentas para envolver e conscientizar os cidadãos, transformando Fortaleza em uma cidade mais sustentável. "A efetividade dessa transformação está intrinsecamente ligada à capacidade de mobilização e mudança comportamental dos cidadãos. A relevância crucial das políticas públicas e do engajamento social destaca-se como catalisador para alcançar objetivos sustentáveis", destacou.

Luiz Alberto Sabóia, presidente da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), ressaltou a importância de consolidar um mercado de crédito de reciclagem na cidade, proporcionando incentivos financeiros para a adoção de práticas mais ecológicas e criar um sistema de reconhecimento na gestão de resíduos sustentável. "Queremos ser uma referência nacional nesse mercado, incentivando empresas a aderirem voluntariamente ou por meio de acordos setoriais, utilizando notas fiscais como comprovação. A ideia é consolidar um sistema que seja benéfico para todos", afirmou Sabóia.

No mercado de crédito de reciclagem, empresas recebem créditos ao adotarem práticas sustentáveis, comprovadas por notas fiscais. Esses créditos podem ser vendidos para outras empresas interessadas em compensar suas emissões de resíduos. Representantes da GreenPlat e Trê apresentaram suas soluções e os casos de sucesso adotados por municípios como São Paulo e Curitiba.

Além disso, foram apresentados alguns dos dados que irão compor o Observatório de Resíduos Sólidos, desenvolvido pelo Iplanfor para o Mais Fortaleza. Elisângela Teixeira destacou que o objetivo do observatório não é apenas monitorar, mas também estimular práticas sustentáveis e inovações na gestão de resíduos, promovendo transparência e eficiência nesse processo.

Café Labifor

O Café Labifor é uma iniciativa do Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova) que tem como objetivo promover a inovação e buscar soluções para os desafios de Fortaleza. A primeira edição do evento, realizada em 2022, trouxe Caio Werneck, consultor em Design e Inovação Pública que faz parte do programa Innovation Training, do Bloomberg Centro de Inovação Pública/Johns Hopkins University.

Em maio deste ano, foi realizada a segunda edição, em parceria com a Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas) e o Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor). O evento teve como foco o processo de elaboração do Plano Municipal de Políticas sobre Drogas. A terceira edição, em agosto deste ano, contou com a colaboração da Coordenadoria Especial da Primeira Infância (Cespi) e com o apoio da Fundação Bernard Van Leer. A representante Claudia Vidigal trouxe a perspectiva da primeira infância no contexto urbano. No começo de novembro foi realizada a quarta edição sobre negócios de impacto socioambiental, em parceria com a iniciativa Coalizão pelo Impacto.

Publicado em Fortaleza
Aluna do curso mexendo em computador.
As formações abordam desenvolvimento de jogos e programação, ocorrendo de forma remota, em parceria com a staturp DIO (Foto: Daniel Calvet)

O Juventude Digital (JD) está com inscrições abertas para mil vagas em cursos gratuitos de tecnologia até o dia 03 de dezembro. As formações abordam desenvolvimento de jogos e programação, ocorrendo de forma remota, em parceria com a staturp DIO.

Para se inscrever, basta acessar o portal do JD, selecionar o curso e efetuar o cadastro no Fortaleza Digital, informando dados básicos como nome, e-mail, telefone e endereço. As vagas são exclusivas para residentes em Fortaleza.

As duas trilhas são patrocinadas pelo programa Potência Tech, do iFood. No curso Desenvolvimento de Jogos, com 60h de duração, os participantes aprendem a desenvolver games, contam com mentorias ao vivo e participam de desafios e projetos práticos para ajudar a criar um portfólio.

No curso Programação do Zero, os participantes terão aulas de introdução à programação com mais de 70 horas de conteúdos preparatórios sobre a base da área.

Parcerias

Ianna Brandão, coordenadora do programa, destaca a relevância de cooperações firmadas com instituições de alcance nacional. “São colaborações que sempre agregam muito porque ampliam as possibilidades de qualificação e inserção no mercado da tecnologia para a juventude de Fortaleza", salienta.

Também por meio da parceria com a DIO, o Juventude Digital disponibiliza de forma contínua o curso de introdução à ciência da computação. "Essa parceria permite conectar as milhares de oportunidades de estudo em tecnologia da DIO, com jovens interessados em entrar em um mercado crescente e de muito potencial para quem está começando. Temos certeza que o impacto continuará aumentando cada vez mais em Fortaleza!”, afirma Victor Haruo, Head of Ecosystem na DIO.

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. O JD capacitou 26 mil jovens, por meio de 200 cursos e oficinas, e alcançou 22 mil pessoas em cerca de 100 eventos.

Sobre a DIO

Fundada em 2018, a DIO é a primeira plataforma Open Education brasileira que tem como objetivo democratizar o conhecimento em desenvolvimento de software e tecnologias exponenciais para acelerar a formação de mais de cinco milhões de talentos digitais, conectando-os com grandes oportunidades que potencializam o desenvolvimento socioeconômico regional. Atualmente o ecossistema da startup conta com mais de um milhão profissionais de tecnologia, mil instituições de ensino, dois mil embaixadores, 500 experts e mais de mil empresas conectadas por meio dos programas educacionais.

Serviço
Inscrições para cursos Programação do Zero e Desenvolvimento de Games
Período: até 03 de dezembro
Local: portal do Juventude Digital
Gratuito

Publicado em Fortaleza
Banner mostra divulgação do JD Festival 2023

A Prefeitura de Fortaleza realiza o Juventude Digital Festival 2023 nos dias 16 e 17 de dezembro, das 10h às 19h, no Centro de Eventos do Ceará. Com o tema “Conectando futuros”, o evento acontece em parceria com o Sistema Jangadeiro de Comunicação. O JD Festival 2023 é gratuito e aberto ao público.

A programação conta com oficinas, palestras, rodas de conversa, campeonatos gamers, expositores e apresentações musicais, além da maior feira de empregabilidade em tecnologia de Fortaleza. Além disso, haverá certificação de alunos capacitados pelo Juventude Digital.

“O JD Festival é o grande momento de celebrar a cultura digital na cidade e apresentar à juventude de Fortaleza diversas possibilidades de futuro que a tecnologia oferece. Esta edição é especial porque comemoramos dois anos desta política pública que está transformando a realidade de milhares de jovens”, destaca Ianna Brandão, coordenadora do programa.

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. O JD capacitou 26 mil jovens, por meio de 200 cursos e oficinas, e alcançou 22 mil pessoas em cerca de 100 eventos.

Serviço
Juventude Digital Festival 2023
Data: 16 e 17 de dezembro
Horário: das 10h às 19h
Local: Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999 - Edson Queiroz)
Evento gratuito e aberto ao público

Publicado em Fortaleza
Aluna do curso mexendo em computador.
O curso de Manutenção e Montagem de Computadores do Centro de Recondicionamento Tecnológico já capacitou 186 jovens de Fortaleza (Foto: Tainá Cavalcante)

O Juventude Digital (JD) está com inscrições abertas a partir desta terça-feira (31/10) para o curso de Manutenção e Montagem de Computadores do Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT Praia de Iracema).

São três turmas para jovens de 15 a 29 anos residentes em Fortaleza. A formação é gratuita, com carga horária de 24h e as inscrições ficam disponíveis até segunda-feira (06/11) no portal do JD.

As aulas acontecem no prédio localizado na Rua dos Tabajaras, 440 - Praia de Iracema, começando a partir de terça-feira (07/11). A qualificação aborda desde os componentes dos computadores até a detecção de problemas e soluções nos equipamentos. No total, 17 turmas já concluíram o curso, resultando em 186 alunos capacitados.

Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT)

Coordenado pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor/Citinova) e pelo programa Juventude Digital, o CRT já recebeu mais de cinco toneladas de doação de resíduos eletrônicos e integra uma série de iniciativas inovadoras na área. Além do Centro, todas as Secretarias Regionais de Fortaleza recebem resíduos eletrônicos.

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021. É coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. Até agora, o JD capacitou mais de 26 mil jovens e realizou cerca de 200 cursos e oficinas, além de 100 eventos, alcançando 47 mil pessoas.

Serviço
Inscrições para curso de Manutenção de Computadores do CRT
Período: de 31/10 (terça-feira) a 06/11 (segunda-feira)
Inscrições on-line: portal do JD 

Publicado em Fortaleza

O Juventude Digital (JD) promove, nesta quinta-feira (26/10), uma programação especial de aniversário de dois anos, a partir das 14h. As atividades incluem oficinas, roda de conversa, momento com empresas do mercado de tecnologia e confraternização com games, música e lanches. O evento é gratuito, aberto ao público e ocorre com inscrições.

No dia 13 de outubro, o JD completou dois anos de atividades desde que foi criado como política pública permanente de Fortaleza (Lei n° 11.172/2021), sendo a maior do Nordeste na área. Nesse período, o programa capacitou 25 mil jovens, realizou cerca de 200 cursos e oficinas, além de 100 eventos, alcançando um total de 47 mil pessoas por meio de suas ações.

A programação comemorativa conta com oficinas de “Fotografia e edição no celular” e de “Planejamento para mulheres: 3 passos para pensar e executar metas”, a partir das 14h, além do momento JD Conecta, às 16h, que vai reunir representantes de empresas do setor de tecnologia para conversar sobre a rotina do mercado de trabalho. O momento de confraternização tem início às 17h, com música, games e lanches.

"Neste dia de celebração para o JD, não poderiam faltar atividades formativas e, principalmente, um espaço voltado para empregabilidade. Essa interação direta dos alunos com representantes das empresas é fundamental para criar conexões com o mercado e pode ser uma porta de entrada para aqueles que buscam sua primeira oportunidade", destaca Ianna Brandão, coordenadora do Juventude Digital.

Programação

14h às 16h - Oficina
Fotografia e edição no celular, com Felipe Gurgel (videomaker e designer)

14h às 16h - Oficina
Planejamento para mulheres: 3 passos para pensar e executar metas, com Ziellen Karen (head de marketing do Instituto Four)

16h às 17h - Momento JD Conecta
Eduardo Rodrigues, lead de inovação da Pague Menos
Renan Gurgel, gerente de tecnologia da Agenda Edu
Eder Tabosa, pessoa e cultura da Oowlish
Eric Iechaia, gerente de inovação da Normalabs

17h às 19h - Confraternização
Sala de games, música com DJ e lanches

Serviço
Programação de aniversário de 2 anos do Juventude Digital
Data: quinta-feira (26/10)
Horário: a partir das 14h
Local: Casa da Cultura Digital (Rua dos Pacajús, 33 - Praia de Iracema)
Inscrições: link na bio do Instagram do JD (@juventudedigital_)

 

Publicado em Juventude

O Juventude Digital (JD) realiza, neste sábado (14/10), uma observação aberta ao público do eclipse solar com disponibilização de óculos especiais. Será a 6ª edição do Universo Digital, evento que une tecnologia e astronomia realizado mensalmente na Casa da Cultura Digital. A ação ocorre a partir das 15h.

Antes da observação, haverá orientação sobre a forma adequada de observar o fenômeno. O uso do óculos do tipo soldador filtro 14 é fundamental para evitar prejuízos à visão humana e garantir a segurança para visualizar o fenômeno. Menores de idade precisarão estar acompanhados de seus responsáveis.

Durante o eclipse anular, o sol será praticamente todo coberto pela lua e será possível ver um “anel de fogo” no céu.

No Universo Digital, o JD promove observação de astros aberta ao público com telescópio. Desta vez, o equipamento não será usado por não ser adequado para esse tipo de observação. Esta edição conta com a parceria do Planetário Rubens de Azevedo, que viabilizou os óculos e disponibilizou um profissional para orientar sobre a observação do eclipse.

Juventude Digital

O Juventude Digital é um programa da Prefeitura de Fortaleza voltado para a qualificação de jovens para o mercado da tecnologia. Lançado em outubro de 2021, é coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. Até agora, o JD já capacitou mais de 25 mil jovens e realizou cerca de 260 cursos e oficinas, além de 75 eventos, alcançando 45 mil pessoas.

Serviço
6ª edição do Universo Digital
Observação e orientação sobre eclipse solar anular
Data: sábado (14/10)
Horário: a partir de 15h
Local: Casa da Cultura Digital (Rua dos Pacajús, 33 - Praia de Iracema)

Publicado em Fortaleza
Alunos do curso ao redor de mesa aprendendo com o professor.
O curso do Juventude Digital já formou 14 turmas com 146 alunos capacitados (Fotos: Tainá Cavalcante)

O Juventude Digital, programa da Prefeitura de Fortaleza, iniciou as aulas de três turmas do curso de Manutenção e Montagem de Computadores, no Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT), na Praia de Iracema.

As aulas acontecem duas vezes na semana durante um mês. A estudante Mariana Cipriano, 17 anos, conta que pesquisou sobre cursos gratuitos e encontrou a oportunidade que buscava. “Estou fazendo curso técnico de design gráfico e me interesso também pela parte de hardware do computador, não só software. Estou fazendo esse curso para ter como um diferencial no currículo”, comenta.

Segundo o professor Vianney Ribeiro, a formação aborda desde os componentes dos computadores até a detecção de problemas e soluções nos equipamentos. “Temos teoria, mas, principalmente, prática. Sempre há uma introdução para nivelar todos. Depois, começamos testes de peças, até a gente terminar de montar o computador no final”, explica.

De acordo com Ianna Brandão, coordenadora do Juventude Digital, muitos alunos do curso do CRT fizeram ou estão fazendo alguma formação relacionada ao software (programas de computador). "Geralmente, os jovens chegam em busca de aprofundar conhecimentos sobre o hardware, que é a parte física do computador, e conseguir uma qualificação mais completa. Isso proporciona mais oportunidades no mercado de trabalho para esses alunos”, explica.

Aluna do curso mexendo em computador.
Formação aborda componentes dos computadores e detecção de problemas e soluções nos equipamentos

Centro de Recondicionamento Tecnológico (CRT)

Inaugurado em novembro de 2022, o CRT, já formou 14 turmas do curso com 146 alunos capacitados. O local recebeu cerca de 5 toneladas de resíduos eletrônicos. Três toneladas foram repassadas à associações de catadores para o descarte correto, gerando R$ 20 mil de renda.

Juventude Digital

O Juventude Digital, programa que qualifica jovens para o mercado da tecnologia, foi lançado em outubro de 2021 e é coordenado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), em parceria com outras secretarias, como a da Juventude e a da Educação. Até agora, o JD já capacitou mais de 25 mil jovens e realizou cerca de 260 cursos e oficinas, além de 75 eventos, incluindo o Juventude Digital Festival, que reuniu 19 mil pessoas.

Serviço
Doações de resíduos eletrônicos
Atendimento: segunda a sexta-feira
Horário: das 8h às 12h e das 13 às 17h
Locais:
CRT Praia de Iracema (Rua dos Tabajaras, 428 - Praia de Iracema)
Secretarias Executivas Regionais
Secretaria Municipal das Finanças (Sefin) (Rua Gal. Bezerril, 755 - Centro)

Publicado em Juventude