A Prefeitura de Fortaleza favorece o acesso gratuito no transporte coletivo a crianças de 2 a 7 anos incompletos ou com altura até 1,10m com o Bilhetinho. O cartão permite que pequenos utilizem a catraca dos coletivos de Fortaleza sem precisar se arrastar ou pular a mesma, garantindo mais dignidade.

Neste ano, foram realizadas 1.219 solicitações. Ao todo, mais de 44 mil crianças já foram beneficiadas com o Bilhetinho desde a sua criação, em 2013.

A gratuidade das crianças até 1,10m é garantida mesmo sem o cartão, porém com o Bilhetinho evitam-se dúvidas ou questionamentos, pois todo o serviço de checagem de idade e de estatura terá sido realizado no ato do cadastramento. O Bilhetinho conta com o sistema de segurança da biometria facial, que evitará que o cartão seja utilizado por terceiros e outros tipos de fraudes.

Para solicitar, é necessário agendar o atendimento (http://etuforweb.fortaleza.ce.gov.br) e comparecer ao local com a documentação necessária. A criança deve comparecer para efetuar a biometria facial, que é a foto que será impressa no documento.

Documentos e locais de solicitação

O cadastro pode ser feito na sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Central de Atendimento Shopping Aldeota, RioMar Kennedy, Câmara Municipal de Fortaleza e Vapt-Vupt Antônio Bezerra e Messejana.

Documentação: (cópia e orignal) RG e CPF da criança e/ou responsável, (cópia e original) certidão de nascimento do beneficiário e comprovante de residência com CEP de Fortaleza. A criança deve comparecer para fazer a biometria facial (foto).

Publicado em Mobilidade
Educação Infantil
Vitória, aluna com deficiência visual, participou da atividade com a ajuda da mãe,Regiane da Silva

O oitavo mês do ano tem um significado especial no universo da aprendizagem. Agosto marca as celebrações do primeiro passo da educação básica e traz a importância de promover o pleno desenvolvimento das crianças. Neste 25 de agosto, comemora-se o Dia Nacional da Educação Infantil, data que carrega o valor de zelar pelos direitos daqueles que farão o futuro do país.

Na Rede de Ensino Municipal, a primeira infância – período dos 0 a 6 anos de idade – engloba a união entre famílias e escolas, com destaque especial para a criatividade dos profissionais que compõem a Educação Infantil. Com projetos inclusivos, professores potencializam aspectos físicos, intelectuais, psicológicos e sociais entre os pequenos. Exemplo disso foi o aconteceu no Centro de Educação Infantil Jornalista Ivonete Maia (Distrito 4).

Promovida com as turmas do Infantil V, uma ação intitulada “Quem sou eu?” reuniu crianças e seus responsáveis em um exercício de autoconhecimento. “A proposta vinha com o uso de um espelho para os alunos construírem a percepção de suas características. Cada um do seu jeito, percebendo seus cabelos, cor de pele, formato de boca e nariz. Como meio de obter esse retorno, solicitei um registro em desenho”, explica Silvana Santiago, professora que desenvolveu o projeto durante o ensino remoto e a realização de interações e vivências.

A ideia de Silvana, logo recebida com todo entusiasmo por parte dos pais, no entanto, não incluía uma das crianças de sua turma. Ela lembrou de Vitória, aluna com deficiência visual que não poderia realizar a atividade. Diante de seu papel e consciente da relevância em fomentar a inclusão no contexto escolar, a professora usou nesse momento a sensibilidade, qualidade tão essencial na Educação Infantil.

Educação Infantil
Professora Silvana Santiago desenvolveu o projeto durante o ensino remoto e a realização de interações e vivências

“Imediatamente, procurei a família no privado e propus uma nova estratégia de abordagem. Mesmo não enxergando, com a ajuda das mãos da sua mãe, ela verbalizou parte de suas características. Percebi a alegria e satisfação com que realizou a vivência em um vídeo compartilhado. Ao final, vi como é importante a função da professora de educação infantil, o cuidado e olhar sensível ao contemplar toda a turma, acreditando e participando de suas conquistas”, diz Silvana emocionada.

Presente na ação desde o planejamento à execução, a coordenadora pedagógica Flávia Rufino apoiou a professora em todas as etapas do exercício, vendo de perto sua dedicação na inclusão da pequena Vitória. Para a gestora, a atividade mostrou o quão o ensino-aprendizagem pautado na qualidade e equidade faz a diferença nas unidades escolares, potencializando as vivências das crianças atendidas na Rede Municipal.

A satisfação de Flávia Rufino vem acompanhada dos elogios das mães de alunos do CEI, especialmente de Regiane da Silva. “Tudo que é relacionado à aprendizagem eu estou dentro e vejo isso nos outros pais. O cuidado com a Vitória vemos também nos seus coleguinhas. É muito carinho. Aqui ensinam a criança a aprender para além dos livros. Eles formam bons seres humanos e continuam um legado. Isso é o mais satisfatório”, elogiou a mãe de Vitória.

Neste dia expressivo para a Educação Infantil, o projeto do CEI Jornalista Ivonete Maia mostra que proporcionar uma educação de qualidade é garantir direitos e investir no futuro. Incluir as diferenças é parte fundamental nesse processo. A professora Silvana Santiago, sua coordenadora Flávia Rufino e tantos outros educadores trazem consigo essa missão, dando a todos nós uma alusão concreta ao que certa vez Zilda Arns, homenageada nesta data, disse:

“As crianças, quando estão bem cuidadas, são sementes de paz e esperança.”

Semana da Educação Infantil
A experiência do CEI Jornalista Ivonete Maia faz parte de uma das matérias jornalísticas sobre vivências da Educação Infantil da Rede Municipal, divulgada na Semana da Educação Infantil 2021, que ocorre até a próxima sexta-feira (27/08). Nesta edição, o tema da programação é “Cuidando de mim, eu cuido do outro, eu cuido do mundo”.

Publicado em Educação

 

Aluno de CEI Almerinda de Albuquerque com materiais lúdicos
No CEI Almerinda de Albuquerque, são utilizados materiais lúdicos para contação de histórias

A narrativa de histórias proporciona uma viagem no imaginário. Na Educação Infantil, essa experiência tem seu valor por contribuir para o desenvolvimento do vocabulário e de funções cognitivas importantes da criança. Como parte da Semana da Educação Infantil da Rede Municipal, que ocorre entre os dias 23 e 27 de agosto, a Secretaria Municipal da Educação (SME) divulga, ao longo dos próximos dias, vivências diversas realizadas com os pequenos em unidades escolares dos seis Distritos de Educação. Nesta segunda-feira (23/08), a experiência é de contação de histórias do Centro de Educação Infantil (CEI) Almerinda de Albuquerque, no Lagamar.

A professora Lidya da Penha dos Santos percebeu muito cedo o fascínio que a “hora da história” exerce sobre as crianças. Ela conta que esse momento é planejado cuidadosamente, desde a escolha do material de apoio que será utilizado. Esses materiais são os mais variados, como fantoches, instrumentos musicais, gravuras, bichinhos de pelúcia.Tudo para proporcionar uma narrativa lúdica e despertar a imaginação das crianças. “O CEI procura garantir às crianças um lugar onde os sonhos possam ser vividos”, enfatiza a educadora, que conta histórias há cinco anos na unidade escolar.

Lidya diz que o ensino remoto colocou a unidade frente ao desafio de manter esse tempo na rotina dos pequenos. A produção e envio às famílias de vídeos com diferentes narrativas foi a solução encontrada. “Nosso objetivo é promover a interação das crianças com a literatura infantil, envolvendo a família nesse processo. Era necessário incentivar os pais a acompanharem os vídeos de contação junto com a criança, além de compartilharem outras histórias com seus filhos, considerando a dimensão afetiva dessa vivência”, explica.

Antônio Ângelo Gadelha Santos, de quatro anos de idade, é um dos alunos da “tia Lidya” que se encanta com as histórias contadas. A mãe Vanessa Xavier Gadelha diz que, durante a realização de vivências e intereações remotas, tem mantido a parceria com a unidade e ajudado nessa atividade. “Recebo os vídeos com as histórias e assisto com o Ângelo. Ele gosta tanto que pede para assistir umas três vezes seguidas. Percebo como essa atividade ajuda no desenvolvimento dele. É um momento sempre muito divertido e de interação até mesmo entre eu e ele”, comenta a mãe, que passou também a contar outras histórias para o filho.

Histórias que ensinam

A obra selecionada para o início do trabalho foi “Já Sou Grande! Olha o Que Sei Fazer”, de Maria Carluccio. Lidya conta que esse livro encantou a turma. Na história, os personagens mostram conquistas como tomar banho sem ajuda, vestir a roupa sozinhas, comer com garfo, organizar brinquedos, abraçar a mamãe, falar “boa noite!”, dentre outras coisas.

Considerando que esses aprendizados fortalecem a autoestima das crianças, foram propostas algumas vivências inspiradas no texto. Isso motivou os alunos a desenvolverem autonomia nas ações de higiene, saúde e bem-estar; a interagir com manifestações de literatura e música e a expressar sentimentos. Aprendizados que vêm de boas histórias.

Publicado em Educação
Identidade da Semana da Educação Infantil com crianças abraçando o globo, o tema e o brasão

Em alusão ao Dia Nacional da Educação Infantil, celebrado dia 25 de agosto, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME) realiza, entre os dias 23 e 27/08, a Semana da Educação Infantil 2021. Nesta edição, o tema será “Cuidando de mim, eu cuido do outro, eu cuido do mundo”.

A abertura da Semana da Educação Infantil acontece nesta segunda-feira (23/08), às 14h, com a realização de seminário virtual sobre a temática, voltado para diretores, coordenadores, assistentes e professores da Educação Infantil. A palestra será proferida por Beatriz Ferraz, doutora em Educação e Fundadora e Diretora da Escola de Educadores.

O objetivo da atividade de abertura é refletir como a organização de um cotidiano e de contextos de aprendizagem intencionais pelo professor podem favorecer o desenvolvimento das habilidades socioemocionais e cognitivas das crianças, contribuindo para seu desenvolvimento integral e para a garantia de seus direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento.

Dando continuidade à programação, também será publicada uma série de matérias especiais, na intranet da SME e no portal da Prefeitura, acerca das ações da Educação Infantil desenvolvidas nas unidades escolares junto às crianças e famílias.

Também será realizada uma Revoada de Pipas no Centro de Educação Infantil (CEI) Jesus Cristo (Jardim Iracema), no dia 27/08, às 8h30; na EM Minha Vida Meus Amores (José Walter), no dia 27/08, às 16h, com ponto da revoada na Areninha do José Walter; e nos CEI José Teodoro Soares e Luiza de Teodoro (Pedras), dia 26/08, às 16h. As pipas que vão colorir o céu durante a revoada estão sendo produzidas pelas crianças e famílias nas unidades de ensino.

Publicado em Educação
criança de máscara
O Projeto Criança Cidadã beneficia crianças de 2 a 6 anos, de ambos os sexos, incluindo crianças com deficiência

O Projeto Criança Cidadã, desenvolvido pela Fundação da Criança e Família Cidadã (Funci) em parceria com a Federação de Triathlon do Estado do Ceará (Fetriece), iniciou nesta segunda-feira (13/07), o cadastramento de novas crianças na primeira infância para ações de inclusão e integração social por meio do esporte.

Os interessados devem procurar o núcleo mais próximo e realizar a inscrição. O Projeto teve início em janeiro deste ano e beneficia aproximadamente 800 crianças de 2 a 6 ano,s de todas as Regionais da Cidade, em situação de vulnerabilidade. A iniciativa faz parte do pacote Missão Infância e conta com articulação do Gabinete da Primeira-dama de Fortaleza.

Por meio de atividades esportivas variadas que estimulam o desenvolvimento motor, cognitivo, físico e social, a iniciativa proporciona dignidade e cidadania para crianças de comunidades carentes na fase essencial de seu desenvolvimento, quando são obtidas as primeiras experiências e a interação com a sociedade, contribuindo para a sua formação social, psicológica e psicomotora.

“Continuamos realizando a busca ativa de crianças e realizando novos cadastros. Quem tiver interesse em participar basta procurar o núcleo mais próximo. O retorno será gradual, mas em breve estaremos com todas as turmas completas”, ressalta a coordenadora pedagógica do Projeto, Ana Claudia Brasil.

Equipe preparada para receber os beneficiários
O cadastramento será realizado de 13 a 17 de julho nos sete Núcleos

No próximo dia 20/07, o Projeto Criança Cidadã se prepara para o retorno gradual das atividades presenciais. A retomada seguirá todos os protocolos sanitários para garantir a segurança dos colaboradores e beneficiários. Em todos os sete Núcleos serão disponibilizados totens de álcool em gel 70%, termômetros, além de máscaras infantis e adultas.

Durante a quarentena, psicólogos, assistentes sociais, educadores físicos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas que atuam no Projeto divulgaram vídeos interativos nas redes sociais com atividades recreativas e lúdicas que estimulam o desenvolvimento motor, cognitivo, físico e social das crianças. A ideia foi motivar alunos e o público em geral na manutenção de atividades multidisciplinares durante o período de isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Núcleos de Atendimento:

Regional I – Cristo Redentor
Segunda a sexta, das 8h às 17h
Rua Selene, 265 – Cristo Redentor
Contato: (85) 98916.3391 (professora Tassiany)

Regional II – Morro da Vitória
Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Rua Novo Farol, 44 – Vicente Pinzon
Contato: (85) 99783.9325 (professora Edlane)

Regional III – Antônio Bezerra
Segunda a sexta, das 8h às 17h
Rua Coronel Joaquim Franklin, 733 – Antônio Bezerra
Contato: (85) 98580.9444 (professor Augusto)

Regional IV – Jardim América
Segunda a sexta, das 8h às 17h
Rua Delmiro de Farias, 137 – Jardim América
Contato: (85) 98601.8136 (professor Juvenal)

Regional V – Parque São José
Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Rua Comendador Garcia, 1817 – Parque São José
Contato: (85) 99164.8779 (professor Diones)

Regional V – Conjunto Ceará
Segunda a sexta, das 8h às 17h
Rua F, nº 476 – 2ª Etapa - Conjunto Ceará (Creche Escola Pintando o 7)
Contato: (85) 98730.1515 (professora Lidiane)

Regional VI – Jangurussu
Segunda a sexta, das 8h às 17h
Rua Luciano Alves, 3460 – Santa Filomena/Jangurussu (Instituto Vidas)
Contato: (85) 99141.3673 (professor Yuri)

Publicado em Social
Crianças brincando em frente à Biblioteca Herbênia Gurgel
Crianças e adolescentes do entorno do Conjunto Ceará terão a oportunidade de participar gratuitamente de diversas atividades (Foto: Thiago Matine)

A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel promove intensa programação cultural gratuita neste mês de julho, em alusão ao período das férias escolares. Atividades como Oficina de Slime, Oficina de Culinária Saudável, Curso de Jazz, Projeto Musicalização Infantil, Cineclube e Torneio de Dominó são apenas alguns dos destaques. A Biblioteca Herbênia Gurgel é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Crianças e adolescentes do entorno do Conjunto Ceará terão a oportunidade de se inscrever gratuitamente em cursos com aulas semanais que acontecerão ao longo do mês. Até os dias 3 e 4 de julho, os interessados poderão se matricular no Projeto de Musicalização Infantil e na modalidade Jazz do Curso de Dança, respectivamente. Aulas de musicalização terão início já nesta quinta-feira (04/07), enquanto as de dança começam na sexta-feira (05/07). Para se inscrever, o responsável pelo aluno deverá apresentar, na sede da Biblioteca, xerox do comprovante de endereço, RG, CPF e uma foto 3x4 da criança ou adolescente.

Oficinas também são destaque na grade de eventos da biblioteca. Na quarta-feira (10/07), às 15h, haverá a Oficina de Slime, famosa massinha de brincar e modelar. O objetivo da atividade é proporcionar uma experiência sensorial que estimula o reconhecimento de formas, cores e texturas. Já na quarta-feira (17/07), às 15h, a biblioteca recebe a Oficina de Culinária Saudável, para crianças de 07 a 10 anos. A ação é uma parceria com o curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Para se inscrever em ambas oficinas, basta comparecer na biblioteca no dia da atividade com uma hora de antecedência.

Para celebrar o fim das férias, a Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel realiza, nos dias 25 e 26 de julho, o Torneio Infantil de Dominó, destinado a crianças de 7 a 12 anos. Para efetuar a inscrição, que pode ser feita até o dia 24 de julho, o procedimento é o mesmo referente aos cursos: o responsável pela criança deverá apresentar, na sede da Biblioteca, xerox do comprovante de endereço, RG, CPF e uma foto 3x4 do menor.

Além das atividades em destaque, a biblioteca ainda conta com uma série de eventos como cineclube com exibição gratuita de filmes, oficina infantil de artesanato, Biblioteca Itinerante da Rede Cuca, Projeto Pequenos Leitores e Circo Escola Bom Jardim. Confira abaixo a programação completa:

Programação

Projeto Musicalização Infantil
A Biblioteca Herbênia Gurgel abre inscrições para nova turma do projeto de musicalização infantil para crianças e adolescentes, de 8 a 14 anos, todas as quintas-feiras na Biblioteca, das 17h às 18h.
Inscrições: Até quarta-feira (03/07), na sede da Biblioteca Herbênia Gurgel
Aulas: Quintas-feiras, a partir do dia 04/07, das 17h às 18h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Aulas de Jazz
A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, em parceria com a Associação do Conjunto Ceará de Cidadania, Esporte, Lazer e Cultura (CELC), abre inscrições para aulas de dança, na modalidade jazz, voltadas para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos.
Inscrições: Até quinta-feira (04/07), na sede da Biblioteca Herbênia Gurgel
Aulas: Sextas-feiras, a partir do dia 05/07, das 16h às 17h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Projeto Pequenos Leitores: o mundo encantado dos contos de fadas
Projeto de incentivo à leitura cujo objetivo é trabalhar os contos de fadas entre o público infantil que frequenta a Biblioteca. No encontro do mês de julho, será abordado o conto infantil “Os 3 Porquinhos”, com rodas de conversa, leitura compartilhada, exibição de filme e a reconstrução do conto de fada.
Quando: Sexta-feira (05/07), às 15h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Oficina de Slime
No mês das férias, a Biblioteca Herbênia Gurgel promove oficina de Slime. O slime, sucesso entre as crianças, proporciona uma experiência sensorial que estimula o reconhecimento de formas, cores e texturas. As inscrições são presenciais e feitas no dia da oficina.
Quando: Quarta-feira (10/07), às 15h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Cine Herbênia Gurgel
No mês das férias escolares, a Biblioteca Herbênia Gurgel realiza cineclube gratuito e aberto ao público, com exibição de grandes animações

Quando: Quarta-feira (03/07), às 15h
Filme: Homem-Aranha 3 (Sam Raimi, 2007)

Quando: Terça-feira (16/07), às 15h
Filme: Vingadores: Guerra Infinita (Anthony Russo e Joe Russo, 2018)

Quando: Terça-feira (30/07), às 15h
Filme: Homem de Ferro (Jon Fraveau, 2008)

Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Biblioteca Itinerante da Rede Cuca
Em uma parceria com a Rede Cuca, a Biblioteca Herbênia Gurgel recebe o projeto Biblioteca Itinerante, oferecendo atividades recreativas, educativas e culturais para a criançada.
Quando: Segunda-feira (15/07), às 15h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Oficina de culinária saudável
Em parceria com o curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), a Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel realiza o projeto de extensão “Gastronomia Social UFC”, oferecendo uma tarde de oficina de culinárias voltada para crianças de 07 a 10 anos.
Quando: Quarta-feira (17/07), às 15h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Vidas Entrelaçadas com Arte
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece uma oficina de artesanato ao público infantil.
Quando: Terça-feira (23/07), às 14h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Circo Escola Bom Jardim na Biblioteca Herbênia Gurgel
A Biblioteca recebe o Circo Escola Bom Jardim, com o objetivo de estimular e divulgar a prática circense entre o público que frequenta o equipamento cultural.
Quando: Quarta-feira (24/07), às 15h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Torneio Infantil de Dominó
A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel promove o Torneio Infantil de Dominó, nos dias 25 e 26 de julho, para crianças de 7 a 12 anos.
Inscrições: Até quarta-feira (24/07), na sede da biblioteca.
Realização do torneio: Quinta e sexta-feira (25 e 26/07)
Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Mais informações: (85) 3259.4370
Gratuito

Roda de Capoeira na Biblioteca Herbênia Gurgel
Na última quarta-feira de todo mês, a Biblioteca Herbênia Gurgel recebe roda de capoeira com o Grupo de Capoeira Luta Brasileira.
Quando: Quarta-feira (31/07), às 16h30
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Brinquedoteca
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece ao público infantil, durante toda a semana, espaço para brincadeiras e jogos pedagógicos, com fantoches, quebra-cabeça, livros em 3D, jogo de damas,
xadrez, entre outros.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Parquinho Infantil
Durante toda a semana, as crianças do Conjunto Ceará podem brincar no parquinho, com escorregadores, balanços e gangorras infantis.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Telecentro
Espaço da Biblioteca Herbênia Gurgel que disponibiliza acesso gratuito à internet, direcionado para pesquisa escolar.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Desenho e Pintura Livre
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece ao público infantil, durante toda a semana, espaço para desenho e pintura.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Publicado em Cultura
Criança com curativo no braço se recupera no IJF.
Pais e responsáveis devem ter atenção redobrada aos riscos de trauma em casa e nas áreas de lazer

O período das férias representa, para muitas crianças, o melhor momento para diversão e lazer. Porém, esta é uma das épocas do ano que mais exige cuidado por parte dos pais que possuem filhos pequenos, devido ao grande número de acidentes que podem ocorrer em casa ou mesmo nas ruas.

Só no primeiro semestre de 2018, aproximadamente 7 mil pacientes com idade entre 0 e 14 anos foram acolhidos na Emergência do Instituto Doutor José Frota (IJF), sendo a queda a principal causa de traumas graves, com 2.151 vítimas. Outras causas frequentes de acidentes com crianças são inserção de objetos em orifícios naturais (boca, nariz e ouvido), com 1.045 casos; ocorrências no trânsito (moto, carro, pedestre e bicicleta), 643 casos; intoxicações agudas (picadas de animais peçonhentos e contato ou ingestão de substâncias químicas), 414 registros; queimadura e choque elétrico, com 361 novos pacientes.

A Dra. Márcia Lima Verde, médica pediatra do IJF, alerta para algumas precauções que todos devem adotar para evitar complicações, como:

- Manter a vigilância constante nas ações das crianças, deixando de lado o apelo ao uso constante dos aparelhos celulares e outras fontes de distração;
- Criar ambientes seguros e estimulantes para a diversão, com atenção aos riscos de choques elétricos, quedas e queimaduras;
- Evitar brinquedos com peças muito pequenas ou com fácil acesso às pilhas e baterias do tipo moeda, que podem ser inaladas ou ingeridas, causando engasgos, sufocação ou lesões graves no aparelho digestivo;
- Manter longe do acesso de crianças os produtos químicos e de limpeza, medicamentos, inseticidas, raticidas e ferramentas de corte;
- Controlar e acompanhar o acesso de crianças à cozinha (risco de queimadura), ao banheiro e à lavanderia (risco de queda e afogamento), às escadas e janelas (risco de queda);
- Manter a atenção constante em ambientes externos, principalmente em locais com grande fluxo de automóveis;
- Respeitar o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), principalmente no que diz respeito ao transporte de crianças em carros e motocicletas, que deve atender aos critérios de limite de idade e de uso adequado dos itens de segurança, como capacete e cadeirinha.

A pediatra chama atenção para os malefícios do uso exagerado do telefone celular por alguns pais, que, além de enfraquecer o vínculo afetivo com os filhos, causa a distração nas atividades das crianças. Márcia Lima Verde aconselha o aumento da interação e das atividades em família. “Inventem brincadeiras, saiam para os parques e praças, vão à praia, para evitar que se distraiam em redes sociais e que as crianças sofram danos físicos e psicológicos, que podem ser, muitas vezes, irreversíveis”, destaca.

Publicado em Saúde
Peça gráfica

A Escola Pública de Teatro da Vila das Artes lança o segundo módulo da oficina “Jogo Teatral e Improviso no Palco”, com o facilitador Renato Rodrigues. Voltada ao público infantil, o curso recebe inscrições até o dia 12 de julho, por meio deste link. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Ficha de inscrição

Os interessados precisam ter entre 7 e 11 anos de idade e ter disponibilidade para participar do curso no turno da tarde. As aulas ocorrerão entre os dias 16 de julho e 20 de agosto, às segundas e quartas-feiras, das 14h às 16h. O primeiro módulo da oficina “Jogo Teatral e Improviso no Palco” teve início em junho de 2018, contendo duas turmas. Porém, crianças que não participaram do primeiro módulo da oficina podem se inscrever no segundo módulo.

A proposta da oficina é trabalhar o jogo teatral a partir da pedagogia proposta por Viola Spolin, além do improviso em caráter de vivência lúdica, relacionando proposições que surgirem nas aulas com os trabalhos realizados pelas crianças. Os participantes realizarão exercícios e experimentações que geram noções sobre a corporalidade, espacialidade e percepção cênico-interpretativa.

Facilitador da oficina, Renato Rodrigues é ator e diretor, com Licenciatura Plena em Teatro pelo Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará (ICA-UFC).

Serviço
Oficina “Jogo Teatral e Improviso no Palco”
Período de Inscrição: até 12/07
Resultado: 13/07, após as 12h
Realização: 16/07 a 20/08, nas segundas e quartas-feiras, das 14h às 16h
Link para inscrição aqui

Publicado em Cultura
Vacinação de criança em posto de saúde
Entre as mudanças está a oferta de uma segunda dose da vacina varicela para as crianças de 4 a 6 anos de idade

Conforme orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) adota, neste ano, mudanças para o Calendário Nacional de Imunização. As alterações, direcionadas para a ampliação da faixa etária para algumas vacinas, entraram em vigor nos postos de saúde de Fortaleza no último dia 3 de janeiro.

Entre as mudanças do calendário, está a oferta de uma segunda dose da vacina varicela para as crianças de 4 a 6 anos de idade (até 6 anos, 11 meses e 29 dias), garantindo dessa forma uma maior proteção ao público alvo. A primeira dose é ofertada aos 15 meses de vida com a vacina tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). As crianças que não receberam nenhuma dose nessa faixa etária devem procurar o posto de saúde para a atualização da caderneta de vacina. A meningocócica C (conjugada) agora passa a ser disponibilizada também para adolescentes de 11 a 14 anos de idade (14 anos, 11 meses e 29 dias).

A outra mudança refere-se a pessoas que irão viajar para fora do Estado do Ceará com a inserção de novas áreas de recomendação para a vacina da febre amarela. Foram inseridos territórios dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia. Em caso de viagem para às áreas endêmicas, a população, na idade de 9 a 59 anos, deve apresentar o comprovante da passagem de destino na unidade de saúde. A lista das áreas com recomendação de vacinação, pelo Ministério da Saúde, pode ser conferida aqui.

Para a coordenadora de imunização de SMS, Vanessa Soldatelli, as mudanças impactam positivamente na proteção de crianças e adolescentes. “As orientações do Ministério da Saúde tem como base conhecimentos técnico-científicos com o propósito de ampliar o acesso e a proteção dos grupos etários contemplados. A segunda dose da varicela vem reforçar o esquema já praticado, enquanto que na meningocócica teremos uma ampliação do público alvo”, informou Vanessa.

Fortaleza conta com 109 postos de saúde e um anexo. Todos funcionam de segunda a sexta-feira, no horário de 7h às 19h. A sala de imunização inicia suas atividades às 7h30 e encerra às 18h30, com o tempo necessário de 30 minutos para estabilizar a temperatura da geladeira antes da aplicação e/ou armazenamento das vacinas.

Publicado em Saúde
Foram prestadas informações para crianças de 10 a 12 anos com esclarecimentos sobre Direito do Consumidor

Cerca de 100 alunos da Escola de Ensino Fundamental José Moreira Leitão, localizada no bairro de Santa Maria, participaram, hoje, do Projeto “Procon Fortaleza nas Escolas”. A iniciativa, que chegou à quarta edição, tem por objetivo promover palestras e ações educativas sobre Direitos do Consumidor. O próximo evento acontecerá no dia 12 de dezembro de 2013, na Escola de Ensino Fundamental José de Alencar, na Rua Alberto Ferreira, 248, Jardim Iracema.


No encontro de hoje, que teve como palestrante o conciliador do Procon Fortaleza Ronaldo Peixoto, foram prestadas informações para crianças, na faixa etária de 10 a 12 anos. Os esclarecimentos constaram de  conhecimentos básicos sobre Direito do Consumidor.


O coordenador geral do Procon Fortaleza, George Valentim, explicou que, por se tratar de um serviço essencial para a população, é necessário que o processo de cidadania, onde se inclui a conscientização sobre os direitos, seja firmado muito cedo entre os jovens.


Durante as palestas, cujos temas envolvem a economia familiar, adequação de orçamento e compras pela internet, os alunos, pais e moradores contam ainda com o Procon Móvel, uma Unidade de Apoio que disponibiliza todos os serviços já realizados na sede da Coordenadoria, no Centro.


Qualquer pessoa pode entrar em contato com o Procon Fortaleza para solicitar o Projeto, e ainda realizar denúncias e solicitações de vistoria, que podem ser feitas pelos seguintes canais de atendimento: site (clique aqui); por meio da central 151 (ligação gratuita) e do telefone 3105.1174 e na sede da Instituição, que fica na Rua Major Facundo, 869, Centro.


 

Publicado em Social
Página 1 de 2